CONECTE CONOSCO

ASSALTO

Após render família ladrões levam dinheiro que seria para pagamento de funcionários de usina

Publicado em



Bandidos armados de revólveres assaltaram um empresário de 46 anos e levaram o dinheiro que seria usado para o pagamento de funcionários de uma usina. O crime ocorreu na noite desta terça-feira (11), em Avanhandava. A quantia não foi divulgada oficialmente pela polícia, mas estima-se que tenha sido mais de R$ 70 mil. Horas depois, foi recuperado os celulares que tinham sido levados pela dupla.

A vítima relatou que chegava a sua residência, na rua Seigo Hirata, no Centro, quando foi abordada por um dos bandidos. Encapuzado e armado, ele anunciou o assalto, ordenando que o empresário deitasse no chão, amarrando suas mãos. Em seguida, o criminoso gritou para que ele se levantasse, quando o comparsa – que também estava armado – entrou na casa.

Familiares do empresário e um funcionário dele estavam no imóvel no momento do assalto e também foram rendidos. Todos foram levados ao banheiro e perguntou a vítima onde tinha dinheiro guardado. Ao entregar a quantia, um dos assaltantes agrediu o empresário com um chute nas costas.

Na fuga, a dupla levou ainda três celulares e a chave de uma caminhonete. A Polícia Militar foi acionada e esteve no local. Após os relatos, com apoio de outras viaturas, os PMs fizeram buscas pela cidade, entretanto, nenhum suspeito foi localizado e preso. Os aparelhos foram localizados na manhã desta quarta-feira (12), por um aposentado, de 73 anos, abandonados próximo de um túnel na vicinal Gentil Moreira, que liga Avanhandava a Promissão.

No local, os celulares estavam jogados na grama, ao lado de uma sacola plástica. Exame pericial seria realizado posteriormente. A vítima não soube informar se houve veículo envolvido no roubo. O caso já está sendo investigado pela Polícia Civil. (Com informações: Ivan Ambrósio / Jornal Interior)

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Jornal Interior
Anunciante

Urgente

Dise de Araçatuba apreende 88 pinos de cocaína escondidos em panela de pressão

Publicado em

Uma ação da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes), na tarde desta segunda-feira (21), resultou na prisão de um homem de 36 anos e na apreensão de 88 pinos de cocaína, em Araçatuba.

A droga estava escondida em uma panela de pressão e foi encontrada pelos investigadores durante cumprimento de mandado de busca expedido pela Justiça.

A abordagem aconteceu na Rua Valdevino Vitro, bairro Beatriz, periferia da cidade, após indícios de envolvimento do morador com a venda de entorpecentes. Inicialmente, o acusado Saulo França da Silva negou que tivesse droga na casa.

Mas, durante a revista, os policiais acharam os pinos na penela de pressão, no fundo da residência. Além da cocaína, os investigadores recolheram R$ 30 em dinheiro e centenas de pinos plásticos vazios.

O morador foi levado para o plantão policial e autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Ele será apresentado, na manhã desta terça-feira (22), para audiência de custódia no Fórum de Araçatuba.

Se condenado, poderá pegar até 15 anos de prisão. Segundo a polícia, o indiciado registra antecedente criminal por homicídio.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

flagrante

Lavrador é detido acusado de furtar celular de rapaz durante rodeio

Publicado em

Um lavrador de 30 anos foi detido, na noite de domingo (20), acusado de furtar um celular de um rapaz, de 26, durante rodeio ocorrido em Queiroz no sábado (19).

Ele confessou o crime após a Polícia Militar descobrir, por meio do rastreamento, que o aparelho estava em Luiziânia.

Conforme o boletim de ocorrência, após informações, os PMs foram até a residência de um jovem, de 20 anos, que teria sido visto com o aparelho. Questionado, ele negou o crime. No local estava o acusado, que confessou o furto.

Ele relatou que quebrou o chip e que tinha repassado o aparelho para uma pessoa em Tupã. O lavrador foi encaminhado ao plantão policial de Penápolis onde, após ser ouvido, liberado. O caso será apurado pela Polícia Civil. (Por: Ivan Ambrósio: Jornal Interior)

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
80