CONECTE CONOSCO

Impasse

Apoiador da Lava Jato, Thiago Lacerda adere ao “Lula Livre”

Publicado em



Thiago Lacerda causou alvoroço nas redes sociais após desabafar sobre a situação política do País. O ator, que já tinha feito duras críticas ao Partido dos Trabalhadores (PT) e apoiado a operação Lava Jato, criticou o ex-juiz e ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e aderiu ao movimento “Lula Livre”. Muitos internautas criticaram a atitude do artista.

“Reconheço aqui meus equívocos! Venho aprendendo muito com tudo isso nos últimos anos… Insistir em não entender, não aceitar que as coisas nem sempre são o que parecem ser, insistir em não resistir a tudo isso que aí está, explícito, é no mínimo antidemocrático!!! As máscaras caem por terra! Tudo Isso é MUITO grave! Que sejam apurados os fatos e julgados, todos, dentro do Ritual Democrático de Direito!”, escreveu o ator.

 

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
IstoÉ
Anunciante

SEU CORPO

Mãos suadas? Saiba como disfarçar e tratar a hiperidrose palmar

A condição acontece pelo hiperfuncionamento das glândulas sudoríparas e, normalmente, está associada a situações de estresse ou embaraço

Publicado em

MILADA VIGEROVA/UNSPLASH

O suor excessivo nas mãos, também chamado de hiperidrose palmar, acontece devido ao hiperfuncionamento das glândulas sudoríparas. Essa situação é mais comum em mulheres e, normalmente, começa na adolescência. Na maioria das vezes, o problema é apenas temporário, mas, em alguns casos, pode permanecer por toda a vida.

Existem algumas formas de disfarçar o suor acima do normal, com o uso de sais de alumínio, talco ou lenços, mas há também tratamentos definitivos e mais eficazes que podem ser indicados por um dermatologista ou um cirurgião plástico. A hiperidrose, que também aparece em outros locais do corpo, como pés ou axilas, deve ser tratada para evitar constrangimentos ou situações de isolamento social. As principais opções de tratamento são:

1. Produtos antitranspirantes
O uso de talcos ou lenços ajuda a disfarçar e melhorar a aderência das mãos, mas uma boa alternativa é o uso de desodorantes antitranspirantes à base de sais de alumínio. Esses produtos diminuem ou inibem a saída de suor pelas glândulas durante o dia inteiro. É importante não cobrir as mãos para disfarçar a umidade, porque o aumento da temperatura faz com que a produção de suor aumente ainda mais.

2. Iontoforese
É uma técnica de aplicação de agentes ionizados na pele, utilizando uma corrente elétrica para facilitar a absorção. Esses íons, quando absorvidos, vão diminuindo gradualmente a transpiração no local onde foram aplicados. O tratamento deve ser feito diariamente, por cerca de 10 a 15 minutos, e, posteriormente, alterado para sessões quinzenais ou mensais. A iontoforese não é um tratamento definitivo, por isso precisa ser feita regularmente para gerar resultados.

3. Toxina botulínica
Essa substância, também chamada de botox, pode ser aplicada na pele para bloquear a produção de suor pelas glândulas sudoríparas. O tratamento, no entanto, possui efeito temporário, devendo ser feito com frequência, o que pode ser bastante desconfortável.

4. Remédios
O uso de medicamentos anticolinérgicos reduz o suor. Apesar de apresentarem bons resultados, os remédios podem causar efeitos colaterais, como boca seca, dificuldade para urinar ou tonturas.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

Saúde

Gosta de comer fruta em jejum? Nunca mais

Publicado em

O suco de laranja é uma das formas mais simples de adicionar um pouco de fruta e de energia ao pequeno-almoço, assim como os batidos ou a banana. Porém, talvez não seja uma boa ideia.

A ação pode até parecer nutritiva e benéfica para a saúde, mas na hora de calcular a quantidade de açúcar ingerida num dia é obrigatório incluir a fruta que comeu.

Uma pesquisa publicada no periódico científico Cell Metabolism, que realizou testes em ratos de laboratório, chegou a duas conclusões surpreendentes sobre a ação da frutose no organismo.

Primeiro, e ao contrário do que se pensava, os cientistas perceberam que não é o fígado o agente processador da frutose no organismo.

Segundo investigadores da Universidade de Princeton, nos Estados Unidos, o açúcar é principalmente processado pelo intestino delgado (90%), passando pelo cólon e entrando em contacto com o microbioma quando o intestino está saturado.

Adicionalmente, as experiências realizadas permitiram ainda concluir que a capacidade do intestino delgado processar a frutose é menor quando a pessoa está em jejum. Essa condição faz com que o açúcar natural do alimento se converta em glucose e se aloje diretamente no fígado.

Por exemplo um copo de sumo de laranja é o suficiente para sobrecarregar o intestino delgado e levar a glucose em excesso para o fígado. Níveis elevados de açúcar no fígado podem causar doença hepática gordurosa não alcoólica ou até cancro.

Se ainda assim não conseguir abrir mão de comer uma peça de fruta ao pequeno-almoço certifique-se que ingere primeiro uma fonte de proteína (ovos ou leite por exemplo) ou de hidratos de carbono (pão ou cereais) e só depois inclua a fruta.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
80