CONECTE CONOSCO

confusão

Thammy Miranda é processada por calote em banco

O Bradesco decidiu entrar com uma ação por conta de uma dívida feita em 2011.

Publicado em

© Reprodução / RedeTV!


Thammy Miranda acabou se envolvendo em uma confusão e está sendo processada por um banco por conta de uma dívida de empréstimo. Segundo a colunista Fábia Oliveira, do jornal ‘O Dia’, o Bradesco decidiu entrar com uma ação contra Thammy por conta de uma dívida feita em 2011.

De acordo com as informações do processo, que tramita no Foro Central Civil de São Paulo, sob o número 1066095-98.2014.8.26.0100, Thammy teria feito um empréstimo de de R$ 13 mil e não conseguiu sanar a dívida que, hoje, subiu para quase R$ 40 mil por conta de juros e outras taxas bancárias.

O banco alega que tentou localiza-la para comunicar sobre o processo mas não conseguiu encontrar Thammy. Depois, os advogados pediram bloqueio judicial nas contas bancárias dela, mas não deu certo. Recentemente, como não foi citada formalmente, solicitaram o aviso por edital.

Deixe sua opinião

Fonte:
Anunciante

POLÍTICA

Namorada de Lula: salário de R$ 17 mil e visita em horário de expediente

Filiada ao PT desde a década de 80, a socióloga Rosângela da Silva ganhou emprego em estatal e já esteve sete vezes na sede da Polícia Federal

Publicado em

Rosângela, a “Janja Lula da Silva”, ao sair da sede da PF em Curitiba (Jefferson Coppola/VEJA)

A socióloga “Janja Lula da Silva”, como Rosângela da Silva é conhecida e se identifica nas redes sociais, tem 52 anos, mora em Curitiba, é filiada ao PT desde a década de 80 e foi apresentada ao público por aliados do ex­-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como sua nova namorada.

Os dois já se conhecem há mais de duas décadas. Construíram, pode-se dizer assim, uma carreira bem próxima, como mostra uma reportagem de VEJA desta semana.

Janja foi contratada sem processo seletivo para trabalhar no escritório da Itaipu Binacional, em Curitiba, depois da eleição do petista. Na época, a estatal tinha como diretora financeira Gleisi Hoffmann, a atual presidente do PT. A relação dos dois, porém, sempre foi muito discreta. Poucas vezes foram vistos juntos.

Um dos raros registros ocorreu em novembro de 2009. Lula estava no seu segundo mandato. Janja foi a Brasília oficialmente para participar de um seminário sobre questões de gênero. Coordenadora de programas sociais da empresa, ela aproveitou a viagem para entregar um presente a Lula. Dias antes, o ex-presidente havia completado 64 anos. Lula adorou o presente.

Quando o ex-presidente deixou o Planalto, em 2011, Janja também mudou de emprego. Em 2012, ela foi cedida à Eletrobras, no Rio de Janeiro, onde trabalhou como assessora de comunicação e relações institucionais. Voltou para a Itaipu, em Curitiba, em fevereiro de 2017 (com salário de 17 537 reais) — um ano e dois meses antes de Lula ser preso. Continua na empresa até hoje (expediente das 8 às 17h30). Uma das visitas aconteceu às 15h20 de 9 de maio, uma quinta-feira.

O ex-presidente ficou viúvo em fevereiro de 2017, quando a ex-primeira-­dama Marisa Letícia morreu, aos 66 anos.

A socióloga visitou Lula na cadeia pela primeira vez em junho de 2018. O casal, relata um amigo, comemorou o Dia dos Namorados. Desde então, Rosângela já esteve na sede da Polícia Federal outras seis vezes. Lula estaria apaixonado e pensando em se casar depois de cumprir a pena por corrupção e lavagem de dinheiro.

O ex-presidente, inclusive, brinca com a própria situação, dizendo que, desta vez, vai se “casar virgem”, já que as normas de segurança da Polícia Federal não autorizam visitas íntimas.

Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

POLÊMICA

Gérson de Souza, repórter da Record é acusado de assédio sexual

A RecordTV já está dando assistência jurídica para as mulheres que acusaram Gérson de Souza

Publicado em

© Reprodução / RecordTV

O repórter Gérson de Souza está sendo acusado de assédio sexual por 12 mulheres, sendo que a maioria delas são colegas de redação do ‘Domingo Espetacular’. Sete denúncias foram feitas nesta semana ao departamento de Recursos Humanos da emissora da Barra Funda.

Segundo informações do site ‘Notícias da TV’, a RecordTV já está dando assistência jurídica para as profissionais e duas mulheres registraram um Boletim de Ocorrência por assédio sexual e difamação. As outras cinco mulheres prestaram queixa contra o profissional no RH da emissora.

Souza nega todas as acusações, alegando ‘revanchismo’: “Eu reclamei com a chefia da qualidade das pautas dela, era roteiro que não tinha o nome do entrevistado, que não tinha informações”, diz ele. “Estou vendo isso como revanchismo. Tenho certeza de que ela está reagindo a uma observação que fiz sobre a qualidade do serviço dela”, declarou.

Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

MÚSICA

“Batucando Araçatuba” reúne 200 músicos tocando juntos em uma grande orquestra de rock and roll

Publicado em

Evento será neste sábado (25), na Praça Rui Barbosa, das 18h às 19h30; no ano passado, cem músicos tocaram juntos (foto)

A sétima edição do Batucando Araçatuba: Orquestra do Rock irá reunir cerca de 200 músicos tocando juntos, neste sábado, às 18h, na Praça Rui Barbosa. O número é o dobro dos participantes no ano passado, quando cem músicos executaram seus instrumentos ao mesmo tempo.

Este ano, a expectativa é de ter dez músicos no vocal; 15 no contrabaixo; 50 na guitarra; 90 na bateria e 30 no cajón, conforme o idealizador e organizador do evento, músico Daniel Freitas.

O repertório foi escolhido por votação. Serão interpretadas 14 músicas conhecidas do grande público, dos gêneros pop e rock and roll, em uma hora e meia de apresentação.

Dentre elas, “Na Moral”, de J. Quest; “Te levar daqui”, de Charlie Brown Júnior; “Radio Gaga (Queen); “Vou deixar” (Skank); “Beat It” (Michael Jackson) e “Breaking all the rules” (Peter Frampton).

Os músicos que desejarem tocar no evento devem chegar com duas horas de antecedência do início do show para montar os instrumentos e “sentir o som”, segundo Freitas.

Para participar do evento, é preciso entrar em contato com o organizador (997720792). A orientação é que se conheça o repertório para que a execução das músicas não seja prejudicada.

CELEBRAÇÃO DOS TAMBORES

A primeira edição do Batucando Araçatuba foi em 2013. Até 2017, o evento foi um grande encontro de bateristas e cajoneiros, que eram acompanhados de uma banda de apoio no palco.

No ano passado, o formato mudou, abrindo espaço também para guitarristas, baixistas e cantores, formando uma grande orquestra de rock. O evento é considerado pioneiro no Brasil.

“Aqui são comuns os encontros de baterias”, diz Freitas, destacando que a inspiração para formar uma grande orquestra de rock and roll veio da Europa.

FORMAÇÃO

Além de proporcionar uma grande celebração entre os músicos, o Batucando Araçatuba também é voltado para a formação, com a realização de workshops e cursos. Este ano, as atividades foram realizadas em Birigui, Buritama, Penápolis e Guararapes.

Em Araçatuba, o baterista Cuca Teixeira (que toca com Fábio Jr. e Maria Rita, entre outros artistas) realizou workshop no Teatro Alcides Jorge para dezenas de participantes. Nesta sexta-feira, Cuca dará um show em O Quintal Cultural, a partir das 21h, com os músicos Marcelo Santiago e Fernando Barbosa.

GUITARRA

Neste sábado (25), pela manhã, o guitarrista Mauro Hector, que acompanhou o cantor Guilherme Arantes e tem participação em discos de vários artistas, ministrará aulas individuais na escola de música DTune, em Araçatuba. À tarde, ele estará no Batucando Araçatuba, na Rui Barbosa.

No domingo (26), haverá um workshop com Mauro Hector, a partir das 16h, com participação gratuita, em O Quintal Cultural. Não é preciso se inscrever. No mesmo dia e local, às 21h, o músico se apresenta com a Banda Fast Fusion (formada pelos araçatubenses Daniel e Cristian Freitas e Henrique Pereira), para interpretar standards do jazz.

O Batucando Araçatuba: Orquestra de Rock tem o apoio da Poiesis Oficinas Culturais, Escola de Música DTune e Prefeitura de Araçatuba.

SERVIÇO

Batucando Araçatuba: Orquestra do Rock

Neste sábado (25), das 18h às 19h30, na Praça Rui Barbosa, em Araçatuba (SP)

Gratuito

Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

Bastidores da TV

Repórter que acusou Datena de assédio sexual é diagnosticada com estresse pós-traumático

Publicado em

A jornalista Bruna Drews, que acusou o apresentador José Luiz Datena de assédio sexual em janeiro deste ano, informou nas redes sociais que foi diagnosticada com estresse pós-traumático grave.

Segundo o site Notícias da TV, do UOL, a suposta tentativa do apresentador teria provocado na repórter uma profunda crise de depressão e ataques de pânico.

“Hoje, depois de muitos meses, eu me olhei no espelho e disse: ‘Chega! Vou lutar como nunca porque tudo passa e não vão conseguir me derrubar! Chega de dor e chega de medo!”, disse.

Bruna entrou com um processo trabalhista contra a Band, acusando a emissora de conivência com as atitudes do apresentador.

Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

©2018 Regional Press- Direitos Reservados | Vamos fazer um site? Logo RC Criativa