CONECTE CONOSCO

estatística

Região de Araçatuba reduz latrocínios e estupros em abril

Publicado em



A região de Araçatuba registrou redução nos casos e vítimas de latrocínio, além de diminuição nas ocorrências de estupros e furtos em geral e de veículo no mês de abril deste ano em comparação com igual período de 2018.

No quarto mês, não houve nenhum caso de roubo seguido de morte. Em abril do ano passado foi contabilizada uma ocorrência.

Os estupros apresentaram queda de 45% no mês. O número passou de 20 para 11 – nove ocorrências a menos.

Os furtos em geral caíram 9,8% em abril, com 64 casos a menos. No quarto mês do ano passado, foram contabilizadas 652 ocorrências, ante 588 em igual mês de 2019. É o menor número da série histórica.

Os furtos de veículo tiveram recuo de 42,9%. A quantidade de ocorrências caiu de 42 para 24 em abril deste ano – 18 a menos que em igual mês de 2018. É o menor número da série histórica.

Não houve roubo a banco em abril, assim como em igual mês do ano passado. As extorsões mediante sequestro também permaneceram zeradas no período.

Homicídios e outros indicadores

A região registrou um caso de homicídio doloso a mais em abril. O número passou de nove para 10. O indicador de vítimas de mortes intencionais teve alta, com dois casos a mais no mês – de nove para 11.

As taxas dos últimos 12 meses (de maio de 2018 a abril de 2019) foram de 7,21 casos e 7,33 vítimas de homicídios a cada grupo de 100 mil habitantes.

Os roubos em geral tiveram aumento de 10% – passando de 60 para 66 ocorrências no mês. Houve sete roubos de veículos a mais em abril deste ano (passou de um para oito) e um roubo de carga a mais (de 0 para um), se comparado com o quarto mês do ano anterior.

Produtividade policial

O trabalho realizado pelas três polícias resultou em 420 prisões realizadas ao longo do mês. No mesmo período, 22 armas de fogos foram retiradas das ruas e 133 flagrantes de tráfico de drogas foram registrados.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte: SSP-SP
Anunciante

acompanhamento policial

VÍDEO: Motoqueiro sem CNH tenta fugir da PM e acaba detido pela Rocam em Araçatuba; assista

Publicado em

Casal de moto foi interceptado pela Rocam na Rua Vasco da Gama (Reprodução de Vídeo)

Um motoqueiro tentou fugir da Polícia Militar, mas acabou com a moto apreendida após ser interceptado pela Rocam, na noite desta segunda-feira (17), em Araçatuba. A motocicleta foi apreendida e encaminhada ao pátio de um guincho da cidade.

O condutor, que não tem carteira de habilitação, participava de um ‘rolezinho’ (quando motoqueiros se reúnem para andar juntos executando manobras radicais). Ele estava com a esposa na garupa.

Durante patrulhamento, uma viatura do policiamento identificou a moto passando por sinal vermelho. O início do acompanhamento ocorreu nas proximidades da Avenida Brasília.

Durante a tentativa de fuga, o motoqueiro passou por moto-viaturas da Rocam. Ao notar que o condutor estava sendo seguido por um carro da PM, os patrulheiros da Rocam passaram a acompanhar a moto. A ação foi filmada e o vídeo pode ser visto logo abaixo.

Pelas imagens, é possível notar que o condutor da moto passa em outro semáforo vermelho e atravessa vias preferenciais, colocando pedestres e outros condutores em risco.

A abordagem ocorreu na Rua Vasco da Gama, bairro Jussara. O condutor da moto disse que fugiu por estar sem habilitação.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

DEPOIMENTO

Advogado: Najila perdeu o celular após o último depoimento

Publicado em

Najila Trindade, modelo que acusa Neymar de estupro e agressão, prestou depoimento nesta terça-feira (18) na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), em São Paulo. O depoimento, de acordo com o G1, durou cerca de quatro horas.

Na segunda-feira (17), a Justiça determinou que ela entregasse o celular para a polícia. De acordo com Cosme Araújo, novo advogado da modelo, o aparelho não está mais com Najila.

“Ela não disse onde ficou o celular, ou no carro do ex-advogado ou na casa onde ela estava depois no dia que esteve aqui. Ela saiu para vir aqui prestar depoimento e quando saiu daqui ela foi levada para um hospital. Quando ela voltou, não teve mais acesso ao celular”, declarou.

Ao sair da delegacia, o advogado afirmou que “há um manancial de provas” contra Neymar. Ele é o terceiro defensor da modelo no caso e esteve na delegacia pela primeira vez. “Nós queremos buscar a verdade. Não é a verdade real, porque não existe a verdade irreal,  apenas a verdade”, afirmou Cosme.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

RIO PRETO (SP)

Engenheiro diz ter recebido saco de arroz ao comprar eletrônico pela internet

Vítima efetuou a compra no valor de R$ 2.100 no dia 10 deste mês, mas não recebeu o produto. Mercado Livre afirmou que vai devolver o dinheiro.

Publicado em

Homem recebe saco de arroz ao invés de relógio em Rio Preto — Foto: Arquivo Pessoal

Um engenheiro agrônomo de 36 anos registrou um boletim de ocorrência por estelionato nesta segunda-feira (17), depois de receber um saco de arroz no lugar de um smartwatch que comprou pela internet.

Em entrevista ao G1 nesta terça-feira (18), o homem disse que efetuou a compra no dia 10 deste mês, no Mercado Livre, e entrou em contato com o vendedor por um aplicativo de mensagens. Pelo aplicativo, ele recebeu fotos do relógio, um Apple Watch, e negociou a compra por R$ 2.100.

“Eu vi o anúncio, vi a reputação do vendedor e conversei com ele por mensagem. Pensei que não tinha como ser um golpe”, afirma o engenheiro, que não quis ser identificado.

A encomenda chegou neste domingo (16) a São José do Rio Preto (SP), mas, no lugar do relógio, o consumidor recebeu um saco com arroz. Depois de constatar a fraude, a vítima entrou no site para encontrar o anúncio, mas ele já tinha sido apagado.

Em nota à redação, o Mercado Livre disse que lamenta o ocorrido e que já solicitou a devolução do dinheiro. O site também informou que o vendedor que aplicou o golpe foi banido da plataforma por violar os termos do site.

Com informações G1/TV Tem

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
88