Fique ligado!

FALEI E PONTO!

Poucos projetos e muitos aplausos: Câmara exagera nas homenagens em véspera de ano eleitoral

Publicado

em

Os vereadores Arlindo Araújo e Jaime José da Silva conversam durante a sessão que teve muitas homenagens e poucos projetos - Foto: Angelo Cardoso/Câmara Municipal de Araçatuba


Só aplausos

A Câmara Municipal de Araçatuba exagerou nos votos de aplauso na sessão desta segunda-feira (13). Eram 22h e o plenário ainda estava discutindo e apreciando as sucessivas homenagens propostas pelos vereadores. O excesso foi tamanho que o chamado pequeno expediente, em que os vereadores usam a tribuna para falar de assunto de livre escolha, teve de ser adiado para a próxima sessão.

Se vê de tudo

Teve até voto de aplauso para a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, proposto pelo vereador Jaime José da Silva (PTB). A justificativa foi a instalação dos bolsões de motos, criados por lei aprovada pela própria Câmara. A homenagem contou com a presença do titular da pasta, Tadeu Consoni, que acumula a Secretaria de Planejamento e Habitação. A pergunta é: cumprir a lei é obrigação ou motivo de aplauso? Em véspera de ano eleitoral, se vê de tudo na política mesmo.

Medo de água fria

Escaldado, o vereador Almir Fernandes Lima (PSDB), que não conseguiu aprovar um único projeto este ano, adiou por nada menos que 30 sessões (isso mesmo, você não leu errado, são TRINTA sessões!) a apreciação de sua proposta que prevê parcerias entre empresas e a Secretaria Municipal de Educação. Como diz o ditado, “gato escaldado tem medo de água fria”.

Retirou

O vereador Alceu Batista (PV) retirou o projeto de lei que previa o fim da cobrança de ingressos na Exposição Agropecuária de Araçatuba. A justificativa foi que a organização não teria tempo hábil para providenciar entradas separadas para o público que vai ao recinto de exposições assistir aos shows, que pagariam pelas atrações, e para aqueles que quisessem apenas visitar o local, que ficariam isentos do pagamento da entrada.

Despedida

Marlene Mira se despediu da Câmara Municipal de Araçatuba nesta segunda-feira (13). Ela substituiu o vereador Cido Saraiva (MDB), que se licenciou em abril. O que causou estranheza foi o tom da despedida. A vereadora, que iniciou o curto mandato questionando o prefeito Dilador Borges (PSDB) em vários requerimentos de informação, saiu agradecendo o chefe do Executivo, por responder aos seus questionamentos. Como se ele não fosse obrigado por lei a enviar respostas quando questionado pelos parlamentares.

Despedida 2

Mesmo com o adiamento do pequeno expediente, Marlene Mira teve tempo de subir à tribuna, ainda que por poucos minutos, para se despedir da Câmara. Aproveitou para fazer novos agradecimentos a Dilador, aos seus colegas vereadores e a Deus.

Greve

Vários ônibus sairão de Araçatuba nesta terça-feira (14) com professores e munícipes que irão a São Paulo para participar da greve nacional da educação, prevista para esta quarta-feira (15). O movimento é contrário ao corte de verbas na educação básica e superior e à reforma da Previdência. Os vereadores Cláudio Henrique da Silva (PMN) e Denilson Pichitelli (PSL) marcam presença no ato, que será realizado na Avenida Paulista.

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
Anunciante
Band FM 96.9
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998