CONECTE CONOSCO

Alerta

Maio Amarelo: motociclistas são principais vítimas do trânsito

Publicado em



O Estado de São Paulo registrou neste primeiro trimestre de 2019 o menor número de mortes no trânsito desde 2015, de acordo com dados do Infosiga-SP. No entanto, o número de óbitos de motociclistas, principais vítimas no trânsito paulista, teve aumento de quase 6%.

Neste Maio Amarelo, movimento internacional de conscientização para reduzir acidentes de trânsito, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) faz um alerta: esse cenário pode ser  revertido com a adoção de comportamentos simples por quem anda sobre duas rodas.

Em 2019, foram 439 mortes de motociclistas no Estado contra 415 nos três primeiros meses de 2018 (aumento de 5,8%). Somente em março ocorreram 160 fatalidades contra 139 no ano passado (+15,1%).

Confira 12 dicas do Detran.SP para melhorar a segurança dos motociclistas:

Ø  Capacete – Obrigatório para piloto e garupa. Minimiza as chances de ferimentos graves em um acidente. Deve estar devidamente fixado à cabeça, preso ao queixo por meio da cinta, sem folgas, e com a viseira totalmente abaixada. Na ausência dela, será necessário usar óculos protetor específico (não vale óculos com lentes corretivas ou de sol, beleza?). Precisa ter o certificado pelo Inmetro e deve ser aposentado sempre que receber forte impacto ou estiver com a altura da espessura da espuma do forro interno diminuída, o que compromete a proteção.

Ø  Calçados e roupas resistentes – Por andar mais exposto, usar vestuário com tecido mais grosso protege melhor o motociclista. Nada de chinelos ou sandálias. Há botas, jaquetas e calças específicas, com material mais resistente para evitar lesões. Existem também coletes refletivos para sobrepor às roupas comuns e tornar o motociclista mais visível na via, principalmente à noite. Não esqueça, uma das principais regras de segurança do trânsito é ver e ser visto. O uso de luvas nas mãos também é indicado.

Ø  Uso do celular – O celular pode ser utilizado como GPS acoplado por meio de suporte no guidão da moto. Contudo, só pode ser manuseado quando o veículo estiver estacionado e com o motor desligado. Nada de colocar o celular dentro do capacete para atender ligação nem mesmo utilizar fones de ouvidos para ouvir músicas no deslocamento, pois isso eleva o risco de acidentes ao tirar a atenção do motorista da via e diminuir a audição. Não deve ser utilizado em movimento em nenhuma hipótese nem mesmo em breves paradas em semáforos ou pedágios.

Ø  Trafegar no corredor – A legislação federal de trânsito não proíbe a circulação de motos nos chamados corredores. Porém, o piloto precisa guardar distância segura lateral e frontal entre os demais veículos, considerando a velocidade e as condições do local, da circulação, do veículo e climáticas. Vale o alerta: o motociclista corre o risco de não ser visto pelos demais motoristas, principalmente se estiver entre veículos grandes, e se envolver em acidentes.

Ø  Ultrapassagem à direita – Nunca! Os motoristas de carros não esperam essa atitude e isso aumenta o risco de colisão. A ultrapassagem deve ser feita em locais permitidos pela sinalização e pela esquerda, exceto quando o veículo a ser ultrapassado estiver na faixa apropriada e sinalizando o propósito de entrar à esquerda.

Ø  Excesso de velocidade – É fundamental respeitar os limites, ainda mais estando sobre um veículo de duas rodas que deixa o condutor mais vulnerável e, em caso de acidente, projeta o corpo do piloto contra outro veículo ou o asfalto. O impacto é maior conforme aumenta a velocidades. 

Ø  Manobras – O motociclista deve estar montado ou sentado, com as duas mãos no guidão e os pés sobre os pedais ou assoalho, no caso de motoneta, para pilotar. Esqueça manobras perigosas, como empinar a moto. Além de colocar todos em perigo, gera a suspensão do direito de dirigir. Não é permitido também descer da moto e empurrá-la com o motor ligado para fazer alguma manobra. Então, nada de conversões proibidas, invadindo faixas de pedestres ou ciclovias destinadas às bicicletas.

Ø  Escapamento esportivo – É permitido, desde que atenda o que prevê a legislação federal de trânsito. O motociclista não pode rodar com descarga livre, silenciador defeituoso, sem redutor de temperatura ou com dano que comprometa a eficiência do escapamento, situações que configuram infração de trânsito.

Ø  Alterações na motocicleta – Devem seguir as especificações previstas na legislação de trânsito e muitas devem ser anotadas no documento da moto. Na dúvida do que pode mudar, procure primeiro o Detran.SP. Guidão “seca-suvaco”, com manoplas acima dos ombros, é proibido porque altera a ciclística do veículo. A largura permitida pode variar entre 600mm e 950mm. A altura máxima é o limite da linha dos ombros. Por questão de segurança, espelhos retrovisores devem ter área refletora mínima de 69 cm². Os circulares devem ter diâmetro a partir de 94mm. Retrovisor rebatido (para dentro) no guidão é considerado infração.

Ø  Antena corta-pipa – Apesar de não ser um item obrigatório, é de extrema importância para a vida do motociclista, pois impede o contato direto da linha cortante da pipa com o pescoço do piloto. Todo cuidado é válido!

Ø  Buzina só na hora certa – Não deve ser utilizada de forma prolongada e a qualquer pretexto, apenas em situações necessárias para advertir pedestres e condutores de outros veículos, dando um simples toque.

Ø  Manutenção preventiva – Fazer aquele check-up evitará dor de cabeça e falhas inesperadas. Imagina o perigo de ficar com a moto travada numa curva de avenida ou rodovia? Confira sempre a calibragem e a aderência dos pneus, freios, buzinas, combustível, funcionamento do farol, entre outros itens importantes, e siga em paz.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Anunciante

emoção

Com mensagem, cantor Kevinho emociona fã internada com síndrome rara em Araçatuba

Publicado em

Essa terça-feira foi um dia diferente para a paciente Ediene Vicente dos Santos, uma garota de 13 anos que esteve internada por 4 meses na Unidade de Terapia Intensiva e agora já está em um dos quartos do hospital. Ela nasceu com a Síndrome de Vacterl, um mal que provoca a degeneração dos principais órgãos do corpo e no estágio atual ela depende de equipamentos e tratamento intensivo.

Fã do cantor Kevinho, Ediene foi surpreendida por uma mensagem que o cantor gravou especialmente para ela durante sua passagem pela Expô Araçatuba, onde se apresentou na sexta-feira (12/7). Levinho soube do caso de Edilene dias antes, por meio da assessoria de imprensa Rural Eventos, que foi procurada pelo médico intensivista e responsável pela UTI Geral, Luís Cláudio Lima para saber da possibilidade do cantor visitá-la no hospital.

A produção do artista ficou sensibilizada com o caso, mas não pode confirmar a visita pois na mesma data, após o show na Expô Araçatuba, Kevinho voaria para Belo Horizonte para outra apresentação. Mas, o cantor gravaria uma mensagem para Ediene.

Na manhã desta terça-feira, a equipe da Santa Casa de Araçatuba se reuniu para levar a surpresa para Ediene. Vejam como foi emocionante.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

educação

Matrículas estão abertas para cursos de EJA do 2º semestre

Publicado em

Cidadãos fora da idade escolar que pretendem retomar os estudos ainda podem se inscrever para as aulas do segundo semestre na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) nas escolas da rede estadual de São Paulo.

O ciclo referente ao Ensino Fundamental (6º ao 9º ano), com duração de quatro semestres, é aberto a estudantes com idade mínima de 15 anos. Já o Ensino Médio (1ª a 3ª série) está voltado a candidatos acima de 18 anos e pode ser concluído em três semestres.

Procedimentos

Atualmente, a rede estadual conta com 190 mil alunos de EJA matriculados em 1.100 escolas de todo o Estado. O cadastro pode ser feito em qualquer escola da rede, porém é necessário estar atento, pois a unidade em que ocorrerão as aulas pode ser outra.

Por isso, é indicado que, uma semana antes do início das aulas, o aluno retorne à escola em que foi feito o cadastro para confirmar horário e endereço de onde irá estudar. Para inscrição, o interessado deve apresentar documento de identidade (certidão de nascimento e RG) e comprovante de residência e, se houver, o histórico escolar.

No caso de alunos com menos de 18 anos, o cadastro deve ser feito pelos pais ou responsáveis. Na EJA, o projeto pedagógico prevê, além do currículo oficial, atividades que dialoguem com a vida profissional e cotidiano dos alunos. O início do segundo semestre na rede estadual está marcado para o dia 31 de julho.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

educação

Vestibulinho: Etecs divulgam lista de classificação geral dos candidatos

Publicado em

A lista dos classificados no processo seletivo das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) para o segundo semestre de 2019 já está disponível para consulta na internet a partir desta terça-feira (16). Vale destacar que a informação também será divulgada na unidade em que o candidato pretende estudar.

A relação inclui quem se inscreveu nos cursos técnicos (presencial, semipresencial e on-line), no primeiro termo do Ensino Técnico Integrado ao Médio na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), no processo de avaliação e certificação de competências para acesso direto às vagas remanescentes do segundo módulo e para os cursos de especialização técnica.

Matrículas

As listas dos convocados somente serão divulgadas na unidade onde o candidato deseja estudar. Por isso, cabe a ele acompanhar a convocação. Os convocados devem fazer a matrícula, no horário definido pela unidade de ensino, nos dias especificados a seguir, desde que não seja feriado municipal na cidade onde a Etec está localizada.

Calendário para matrícula:

– 17 e 18 de julho: 1ª lista de convocação e matrícula;
– 19 de julho: Divulgação da 2ª lista de convocação;
– 22 e 23 de julho: Matrícula da 2ª lista dos convocados.

Se as vagas não forem preenchidas após a segunda chamada, outras listas poderão ser divulgadas na Etec. Também caberá ao candidato comparecer na unidade onde quer estudar para acompanhar a convocação.

Documentos

A matrícula dos convocados em todas as modalidades dependerá da apresentação dos seguintes documentos: requerimento de matrícula – será fornecido pela Etec – preenchido e assinado. Se o candidato tiver menos de 16 anos no momento da matrícula, caberá a seu responsável legal assinar o documento; cópia simples com apresentação do original de um dos seguintes documentos:  cédula de identidade (RG) ou da cédula de identidade de estrangeiro (RNE) ou da carteira nacional de habilitação, com foto e dentro da validade, ou do documento expedido por ordem ou conselho profissional, como OAB, Crea, Coren e CRC. Em caso de perda ou roubo, apresentar original e cópia simples de boletim de ocorrência policial ou declaração de extravio e certidão de nascimento ou casamento;

É preciso também levar cópia simples com apresentação do original do CPF, cópia e original da certidão de casamento ou nascimento, e duas fotos 3×4 recentes e iguais.

1º módulo dos cursos técnicos

A matrícula dos convocados dependerá da apresentação de um dos seguintes documentos: cópia simples com apresentação do original do histórico escolar com certificado de conclusão do Ensino Médio ou documento original da declaração de conclusão do Ensino Médio assinada por agente escolar da escola de origem ou ainda original da declaração que está matriculado a partir da segunda série do Ensino Médio.

Quem concluiu ou estiver estudando o Ensino de Educação de Jovens e Adultos – EJA (supletivo) ou o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – Encceja deve levar cópia simples com apresentação do original de um dos seguintes documentos:  histórico escolar com certificado de conclusão do Ensino Médio ou declaração de que está matriculado a partir do segundo termo da EJA, ou dois certificados de aprovação em áreas de estudo na EJA, ou boletim de aprovação do Encceja emitido e enviado pelo MEC, ou certificado de aprovação do Encceja em duas áreas de estudos avaliadas, emitido e enviado pelo MEC, ou documento que comprove a eliminação de no mínimo quatro disciplinas; ou documento original da declaração de conclusão do Ensino Médio, firmada pela direção da escola de origem, contendo a data em que o certificado e o histórico serão emitidos, ou  da declaração que está matriculado a partir do segundo semestre da EJA.

Para o candidato que realizou o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) até 2016 – certificado ou declaração de conclusão do Ensino Médio, expedido pelos Institutos Federais ou pela Secretaria de Educação do Estado.

O candidato que ingressou no Sistema de Pontuação Acrescida pelo item escolaridade pública deverá, obrigatoriamente, levar a cópia simples com apresentação do original da declaração escolar ou do histórico escolar, contendo o detalhamento das séries cursadas e o nome da escola, para comprovar que cursou integralmente da 5ª a 8ª série ou do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental em instituições públicas.

Curso técnico de Enfermagem

Os candidatos do curso técnico de Enfermagem precisam apresentar documentação original e cópia de conclusão do Ensino Fundamental – histórico escolar com certificado de conclusão ou declaração assinada por agente escolar e declaração de matrícula na 2ª série do Ensino Médio ou histórico escolar com certificado de conclusão do ensino médio ou declaração de conclusão do ensino médio.

Vagas remanescentes do 2º módulo

Para efetivar a matrícula, o candidato deverá apresentar: requerimento de matrícula – fornecido pela Etec; duas fotos 3×4 recentes e iguais; cópia simples e apresentação do original de um dos seguintes documentos: cédula de identidade (RG),  cédula de identidade de estrangeiros (RNE), carteira nacional de habilitação dentro da validade com foto ou documento expedido por ordens ou conselhos profissionais (exemplo: OAB, Coren e Crea, entre outros), CPF; cópia simples com apresentação do original da certidão de nascimento ou casamento, cópia simples com apresentação do  original do histórico escolar com certificado de conclusão do Ensino Médio regular ou equivalente (EJA/Encceja) ou documento original da declaração de conclusão do Ensino Médio, assinada por agente escolar da escola de origem.

Para o candidato que fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) – certificado ou declaração de conclusão do Ensino Médio, expedido pelos Institutos Federais ou pela Secretaria de Educação do Estado correspondente.

1º termo do Ensino Técnico Integrado ao Ensino Médio na modalidade EJA

O candidato deverá apresentar também uma cópia simples, acompanhada do original, do histórico escolar com certificado de conclusão do Ensino Fundamental, ou o original da declaração de conclusão do Ensino Fundamental, assinada por agente escolar da escola de origem, com data de entrega do histórico escolar com certificado de conclusão.

Cursos de especialização

Para efetivar a matrícula, o candidato deverá apresentar: requerimento de matrícula – fornecido pela Etec; duas fotos 3×4 recentes e iguais; fotocópia e original de documento de identidade (RG) ou cédula de identidade de estrangeiros (RNE), dentro da validade, ou carteira nacional de habilitação dentro da validade com foto ou documento expedido por ordens ou conselhos profissionais (exemplo: OAB, Coren e Crea, entre outros); fotocópia e apresentação do original do CPF; cópia simples com apresentação do original da certidão de nascimento ou casamento, histórico escolar com certificado de conclusão do Ensino Técnico regular ou equivalente conforme lista disponível na internet, fotocópia simples com apresentação do original ou declaração de conclusão do Ensino Técnico equivalente, documento original, assinado por agente escolar da escola de origem.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
87