Oi, o que você está procurando?

oportunidade

Escola Municipal de Dança de Birigui está com matrículas abertas para mais de 200 vagas gratuitas

Com a proposta de atender com qualidade e de forma gratuita todo o público que vem manifestando o desejo de praticar a arte da dança, a Prefeitura de Birigui, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secultur), abre a primeira Escola Municipal de Dança e homenageia a bailarina biriguiense Aládia Centenaro.

A escola terá a sua sede no CEU das Artes (Centro de Artes e Esportes Unificados) e, futuramente, contará com núcleos expandidos em demais territórios da cidade.

“Quando inauguramos o CEU, já tínhamos em mente esse projeto de dança. É um pedido antigo dos praticantes, que agora conseguimos colocar em andamento”, comentou o prefeito de Birigui, Cristiano Salmeirão.

Com responsabilidade técnica do diretor municipal de Cultura, Paulo Bernardes, e da coordenadora de dança, Jaqueline Pinheiro Balera, o projeto estima atender mais de 200 alunos nos cursos permanentes, além de promover workshops e mostras para o público livre, e a criação da Cia. Experimental de Dança Contemporânea.

As modalidades de dança oferecidas serão: Balé Clássico, Jazz, Contemporâneo, Dança Sênior, Dança Livre e Hip Hop, podendo participar crianças com idade igual ou superior a cinco anos, homens e mulheres de qualquer idade.

A Escola Municipal de Dança tem a possibilidade de proporcionar o desenvolvimento artístico e físico de forma prazerosa e também auxiliar na qualidade de vida, valores culturais, morais e sociais não só dos praticantes, mas também de toda sociedade envolvida.

De acordo com o diretor Paulo Bernardes, esta é uma iniciativa de grande importância para o cenário cultural da cidade, pois viabiliza e democratiza a dança em suas diferentes formas artísticas para a comunidade biriguiense.

“A Escola Municipal de Dança tem como principal objetivo a democratização do acesso à dança com ênfase primeiramente no resultado artístico, e, por conseguinte, despertar ao praticante novos estímulos e favorecer o desenvolvimento humano”, explicou a coordenadora Jaqueline Pinheiro Balera.

CONHEÇA – Nascida em Birigui no dia 01 de maio de 1934, Aládia Centenaro foi uma bailarina e coreógrafa brasileira que precisou ousar para realizar seu grande sonho: tornar-se bailarina.

Isso tudo por causa de seu pai, que por ignorância, achava que toda bailarina não se casava, mas Aladia tornou-se uma das maiores coreógrafa do Brasil, e casou-se antes mesmo de seu grande sucesso com o alemão Arnold Meschmark.

A bailarina teve uma trajetória excepcional com diversos prêmios, trabalhos realizados em várias emissoras da televisão brasileira e também em muitos desfiles. Aládia sempre esteve à frente do seu tempo e levou o nome de Birigui para o mundo no segmento da dança, por isso recebe essa homenagem.

Matrículas

As matrículas para as primeiras turmas da Escola Municipal de Dança “Aládia Centenaro” ocorrerão no período de 20 à 24 de maio das 08 às 17 horas, no CEU das Artes, localizado na rua das Tulipas – Cidade Jardim.

Para efetivar a matrícula o participante deve apresentar apenas um documento de identificação e, no caso de menor de idade, ir acompanhado de seu responsável.

Turmas e horários:

Jazz Kids (08 à 14 anos) – Segunda e Quarta – 10:30 às 11:30

Jazz Juvenil (acima de 14 anos) – Segunda e Quarta – 13:30 às 14:30

Contemporâneo Juvenil (acima de 14 anos) – Segunda e Quarta – 14:30 às 15:30

Dança Sênior (adulto/idoso) – Segunda e Quarta – 15:30 às 16:30

Balé Infantil 1 (05 à 08 anos) – Terça e Quinta – 09:30 às 10:30

Balé Infanto-Juvenil (08 à 14 anos) – Terça e Quinta – 10:30 às 11:30

Balé Juvenil (acima de 14 anos) – Terça e Quinta 13:30 às 14:30

Balé Infantil 2 (05 à 08 anos) – Terça e Quinta 15:30 às 16:30

Dança Livre (adulto/idoso) – Sexta – 09:30 às 10:30

Dança Livre (adulto/idoso) – Sexta – 18:00 às 19:00

Hip-hip (acima de 14 anos) – Sexta – 19:00 às 22:00

Outras informações: entrar em contato com a equipa da Escola, no CEU das Artes, localizado na Rua das Tulipas, Cidade Jardim. Telefone: (18) 3638-2109 (email [email protected]).

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
67