Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CONECTE CONOSCO

A Mulher no Teatro é tema da Roda de Conversa com atriz e dramaturga Ângela Ribeiro

Publicado em



O Grupo Empodera de Teatro convida todos os artistas do meio teatral e demais pessoas interessadas a participarem da Roda de Conversa “Teatro e Empoderamento – A Construção da Mulher no Teatro Brasileiro”, que acontecerá nesta quinta-feira (16), a partir das 19h, no Senac Araçatuba.

Para este encontro, que pretende refletir a presença da mulher no teatro brasileiro, o grupo traz como artista convidada, a atriz e dramaturga Ângela Ribeiro, um dos principais nomes da nova geração de dramaturgas da capital paulista. A roda de conversa é gratuita e as inscrições devem ser feitas antecipadamente, pois as vagas são limitadas.

De acordo com o Grupo Empodera, o intuito de realizar este encontro é discutir de que maneira o teatro pode contribuir com as questões sociais do nosso tempo e também refletir sobre como a figura feminina é retratada na produção teatral brasileira.

As atrizes do grupo, Brunna Lima, Geovanna Leite e Larissa Lacava, contam que, durante os estudos, observaram que na história do teatro brasileiro há uma visão estereotipada e até mesmo machista da mulher em cena.

“Durante este encontro, queremos discutir de que maneira podemos fazer teatro no interior paulista, de modo a não reproduzir determinadas visões clichês, preconceituosas, que visam colocar a mulher como mero objeto ou subordinada ao homem”.

Para elas, isso ainda acontece muito, não somente com personagens femininas, mas também na participação das mulheres em outras funções do teatro.

PREMIADA

Para contribuir com o bate-papo, estará presente a artista Ângela Ribeiro, que é atriz, diretora, mãe e dramaturga contemplada como autora pelo Prêmio Shell 2018 com o texto “Refluxo”.

Ela é formada pela Escola de Arte Dramática da USP e pelo CPT – Centro de Pesquisa Teatral, do recém-falecido Antunes Filho, e em dramaturgia pelo Sesi British Council.

A atriz e dramaturga Ângela Ribeiro (ao centro)

Segundo explicou o diretor do Empodera, Heitor Gomes, a indicação de Ângela Ribeiro para essa atividade foi criteriosa. “Além de atriz, Ângela é dramaturga, teve sua peça selecionada e encenada no Teatro Sesi/Fiesp, foi indicada e ganhou o Prêmio Shell de melhor dramaturgia. Isso é algo muito significativo: mulheres assumindo a dramaturgia e tendo seus trabalhos reconhecidos, premiados”, ressaltou Gomes que também é dramaturgo.

“Dessa forma, decidimos trazer a Ângela Ribeiro não só pela amizade que cultivamos, mas também como uma relação de representatividade. Essa mulher que empreende nas artes, não se relega somente à posição de uma atriz que reproduz, mas de uma artista que pensa o seu tempo, cria, recria e se insere cada vez mais no cenário teatral brasileiro, estimulando outras mulheres, outras pessoas a investirem na sua arte, produzir e refletir o seu próprio tempo”, concluiu.

EMPODERAMENTO

A Roda de Conversa “Teatro e Empoderamento – A Construção da Mulher no Teatro Brasileiro” é mais uma ação de contrapartida à sociedade que compõe o projeto “EU, MULHER! Teatro e Empoderamento no noroeste paulista”, idealizado pelo Grupo Empodera de Teatro.

Em março, o grupo promoveu a oficina “EU, MULHER! – Dramaturgias Femininas”; e nos próximos meses, o espetáculo “EU, MULHER!” circulará por cinco cidades da região, a começar por Araçatuba, com total de 12 apresentações em datas a serem confirmadas.

O projeto é realizado com recursos do Programa de Ação Cultural – ProAc, do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa. O grupo ainda conta com apoio da Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, e do Senac Araçatuba.

Serviço:

Roda de Conversa “Teatro e Empoderamento – A Construção da Mulher no Teatro Brasileiro”

Dia 16 de maio; das 19h às 22h

Local: Senac Araçatuba (Av: João Arruda Brasil, 500)

Atividade Gratuita (50 vagas)

*Inscrições por e-mail contatogrupoempoderadeteatro@gmail.com (até dia 15/05 ou até o preenchimento das vagas)

 


Deixe sua opinião

Fonte:
Anunciante

© iStock (Foto ilustrativa)

Cuidado: hastes flexíveis colocam seus ouvidos em risco

Faz parte da rotina de muita gente passar esse objeto nos ouvidos com o intuito de limpá-los... mal sabem que estão correndo sério risco

Publicado em

Pra começo de conversa, ao contrário do que se imagina, o hábito de limpar os ouvidos com uma haste flexível, aquelas que têm um algodão em cada ponta, não retira os fragmentos de cera que supostamente estariam em excesso. Ele na verdade costuma empurrá-los para a região mais profunda do condutor auditivo, formando uma espécie de rolha que pode provocar incômodo e causar a diminuição da acuidade auditiva.

Mas, dependendo de como ele for utilizado, pode ocasionar quadros bem mais sérios, como irritações, inflamações, infecções, cortes no canal auditivo, deslocamento dos ossos da região, chegando até a surdez definitiva. Segundo o Dr. Jamal Azzam, otorrinolaringologista, “pode acontecer até mesmo a perfuração do tímpano, levando a dor e em alguns casos a diminuição ou a perda da audição e pode necessitar de uma cirurgia para reparar o estrago”.

Um estudo realizado no Hospital Henry Ford, nos Estados Unidos, não deixou dúvida de que esse problema é mais comum do que se imagina, pois revelou que metade dos 1540 pacientes analisados que procuraram os otorrinolaringologistas da instituição confessou que usava hastes flexíveis. E é bom que fique claro que o alerta vale para qualquer tipo de objeto. A questão é tão séria que a Academia Americana de Otorrinolaringologia publicou uma recomendação formal para que não se coloque dentro do ouvido nada que seja menor do que um cotovelo.

Para realizar a limpeza dessa parte do corpo, o ideal é utilizar um tecido, que pode ser da toalha ou de um lenço e passá-los com cuidado apenas na região externa da orelha. E não se preocupe achando que deveria retirar a parte remanescente de cera.

“O excesso dessa substância é expelido pelo próprio corpo. Ela é importantíssima para a saúde dos nossos ouvidos, pois os lubrifica e protege de poeira, corpos estranhos, insetos e até microrganismos, como bactérias e fungos.” alerta o médico.

Empurrá-la para dentro do canal na tentativa de dar um fim nas sobras acaba somente piorando a situação. Mas, se mesmo assim você achar que a quantia de cera está exagerada ou sentir qualquer sintoma, procure um médico.


Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

SAÚDE

Saúde dos olhos e relaxamento muscular são alguns dos benefícios da batata-doce

Alimento é fonte de carboidratos e também tem boas doses de cálcio, magnésio, potássio, vitaminas do complexo B, A, E e C, além de fibras.

Publicado em

Foto: Pixabay

Entre os vários benefícios da batata-doce para o organismo humano, a importância para a pele, a saúde dos olhos e o relaxamento muscular são alguns dos itens que se destacam como efeitos da composição desse tubérculo.

O alimento é fonte de carboidratos e também tem boas doses de cálcio, magnésio, potássio, vitaminas do complexo B, vitamina A, vitamina E e vitamina C, além de fibras.

Os nutrientes contidos na batata-doce lhe conferem importância para a nossa pele, saúde dos olhos, relaxamento muscular, melhora da imunidade e combate aos danos causados pelo excesso de radicais livres.

Devido à sua boa quantidade de fibras, a batata-doce auxilia no bom funcionamento intestinal, além de promover saciedade e ainda a liberação gradativa de energia ao organismo, favorecendo, inclusive, os praticantes de atividade física.

O alimento pode ser utilizado como base para pratos doces e salgados, além de ser usado para suco de fruta com algum tipo de vegetal, como, por exemplo, couve e/ou gengibre.

Com informações: G1/Tv Fronteira


Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

LOTERIA

Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões neste sábado

Apostas podem ser feitas até as 19h, em lotéricas ou pela internet.

Publicado em

O concurso 2.152 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 7 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) deste sábado (18) em São Paulo (SP).

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.


Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

Redes Sociais

WhatsApp, Facebook e Instagram enfrentam instabilidade no Brasil

Publicado em

Aplicativos do Facebook apresentaram forte instabilidade nesta quinta-feira, 16. Por volta das 18h (de Brasília), milhares de usuários começaram a reclamar de demora no envio e recebimento de mensagens no WhatsApp e também de dificuldade de acessar o Facebook e o Instagram.

Segundo o site Down Detector, que recebe reclamações de mau funcionamento de redes sociais, as queixas foram reportadas especialmente no Brasil, em sua maioria nas regiões sul e sudeste, e em outros países da América do Sul, como Argentina e Paraguai.

O aplicativo Facebook Messenger não foi afetado, enquanto o WhatsApp Web ficou totalmente indisponível para a maioria dos usuários. Os aplicativos ainda não se pronunciaram sobre as falhas até o momento.


Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

©2018 Regional Press- Direitos Reservados | Vamos fazer um site? Logo RC Criativa