CONECTE CONOSCO

A Mulher no Teatro é tema da Roda de Conversa com atriz e dramaturga Ângela Ribeiro

Publicado em



O Grupo Empodera de Teatro convida todos os artistas do meio teatral e demais pessoas interessadas a participarem da Roda de Conversa “Teatro e Empoderamento – A Construção da Mulher no Teatro Brasileiro”, que acontecerá nesta quinta-feira (16), a partir das 19h, no Senac Araçatuba.

Para este encontro, que pretende refletir a presença da mulher no teatro brasileiro, o grupo traz como artista convidada, a atriz e dramaturga Ângela Ribeiro, um dos principais nomes da nova geração de dramaturgas da capital paulista. A roda de conversa é gratuita e as inscrições devem ser feitas antecipadamente, pois as vagas são limitadas.

De acordo com o Grupo Empodera, o intuito de realizar este encontro é discutir de que maneira o teatro pode contribuir com as questões sociais do nosso tempo e também refletir sobre como a figura feminina é retratada na produção teatral brasileira.

As atrizes do grupo, Brunna Lima, Geovanna Leite e Larissa Lacava, contam que, durante os estudos, observaram que na história do teatro brasileiro há uma visão estereotipada e até mesmo machista da mulher em cena.

“Durante este encontro, queremos discutir de que maneira podemos fazer teatro no interior paulista, de modo a não reproduzir determinadas visões clichês, preconceituosas, que visam colocar a mulher como mero objeto ou subordinada ao homem”.

Para elas, isso ainda acontece muito, não somente com personagens femininas, mas também na participação das mulheres em outras funções do teatro.

PREMIADA

Para contribuir com o bate-papo, estará presente a artista Ângela Ribeiro, que é atriz, diretora, mãe e dramaturga contemplada como autora pelo Prêmio Shell 2018 com o texto “Refluxo”.

Ela é formada pela Escola de Arte Dramática da USP e pelo CPT – Centro de Pesquisa Teatral, do recém-falecido Antunes Filho, e em dramaturgia pelo Sesi British Council.

A atriz e dramaturga Ângela Ribeiro (ao centro)

Segundo explicou o diretor do Empodera, Heitor Gomes, a indicação de Ângela Ribeiro para essa atividade foi criteriosa. “Além de atriz, Ângela é dramaturga, teve sua peça selecionada e encenada no Teatro Sesi/Fiesp, foi indicada e ganhou o Prêmio Shell de melhor dramaturgia. Isso é algo muito significativo: mulheres assumindo a dramaturgia e tendo seus trabalhos reconhecidos, premiados”, ressaltou Gomes que também é dramaturgo.

Leia também:   Mega-Sena pode pagar R$ 25 milhões nesta quarta

“Dessa forma, decidimos trazer a Ângela Ribeiro não só pela amizade que cultivamos, mas também como uma relação de representatividade. Essa mulher que empreende nas artes, não se relega somente à posição de uma atriz que reproduz, mas de uma artista que pensa o seu tempo, cria, recria e se insere cada vez mais no cenário teatral brasileiro, estimulando outras mulheres, outras pessoas a investirem na sua arte, produzir e refletir o seu próprio tempo”, concluiu.

EMPODERAMENTO

A Roda de Conversa “Teatro e Empoderamento – A Construção da Mulher no Teatro Brasileiro” é mais uma ação de contrapartida à sociedade que compõe o projeto “EU, MULHER! Teatro e Empoderamento no noroeste paulista”, idealizado pelo Grupo Empodera de Teatro.

Em março, o grupo promoveu a oficina “EU, MULHER! – Dramaturgias Femininas”; e nos próximos meses, o espetáculo “EU, MULHER!” circulará por cinco cidades da região, a começar por Araçatuba, com total de 12 apresentações em datas a serem confirmadas.

O projeto é realizado com recursos do Programa de Ação Cultural – ProAc, do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa. O grupo ainda conta com apoio da Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, e do Senac Araçatuba.

Serviço:

Roda de Conversa “Teatro e Empoderamento – A Construção da Mulher no Teatro Brasileiro”

Dia 16 de maio; das 19h às 22h

Local: Senac Araçatuba (Av: João Arruda Brasil, 500)

Atividade Gratuita (50 vagas)

*Inscrições por e-mail [email protected] (até dia 15/05 ou até o preenchimento das vagas)

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998