CONECTE CONOSCO

ELEIÇÕES

Resultados parciais dão vitória apertada a Netanyahu em Israel

Publicado em

O premiê israelense, Binyamin Netanyahu, e sua mulher, Sara, comemoram anúncio de bocas de urna, em Tel Aviv - Thomas Coex/AFP


O partido de direita Likud, do premiê Binyamin Netanyahu, apareceu com com 37 das 120 cadeiras do Knesset, o Parlamento em Jerusalém, após apuração de 93% das urnas na madrugada desta quarta-feira (10).
Já o centrista Azul e Branco, do ex-chefe do Exército Benny Gantz, obtinha 36 assentos.

Ambos os candidatos declararam vitória após a divulgação dos resultados das pesquisas de boca de urna.
“É uma noite de grande vitória”, comemorou Netanyahu, 69. “O bloco direitista liderado pelo Likud obteve uma vitória clara, e agradeço aos cidadãos de Israel por sua confiança.”

“É um dia histórico em Israel. Mais de 1 milhão de pessoas votaram Azul e Branco”, celebrou Gantz, 59. “Queremos agradecer a Netanyahu por seu serviço em prol do país e vamos honrar a palavra do eleitor. O maior partido é o que deve montar o governo. Nós somos os vencedores!”.

No entanto, há mais chances de que Netanyahu seja reconduzido à cadeira de premiê para seu quinto mandato.
Isso porque o bloco de partidos de direita parece ter conquistado mais votos do que os da esquerda.
De acordo com os resultados preliminares divulgados pelo jornal Haaretz, a direita ficou com 67 cadeiras, contra 53 da esquerda.

“É difícil pensar em um cenário em que Gantz consiga montar o próximo governo”, disse o analista Yoav Vardi.
Os israelenses terão de esperar que os resultados oficiais finais sejam divulgados, o que pode acontecer entre esta quarta (10) e sexta (12). Então, caberá ao presidente de Israel, Reuven Rivlin, convocar os líderes dos partidos que conseguiram cadeiras no Parlamento para o tradicional processo democrático do país.

Por esse sistema, os líderes indicam quem gostariam de ver como próximo premiê.
A partir das indicações, o presidente chama o líder e dá um prazo de 60 dias para ele costurar uma coalizão com pelo menos 61 cadeiras.

Caso mais partidos indiquem Netanyahu, pode ser que Rivlin dê a ele o direito de tentar formar uma coalizão primeiro. Segundo dados da Central Eleitoral de Israel, 67,9% dos 6,3 milhões de eleitores israelenses votaram, percentual menor do que 2015 (71,8%).


Deixe sua opinião

Fonte:
Anunciante

revista

Bolsonaro é escolhido como um dos 100 mais influentes do mundo pela Time

Publicado em

© Adriano Machado/Reuters

A revista norte-americana Time incluiu o presidente Jair Bolsonaro entre as 100 pessoas mais influentes do mundo em 2019. A lista foi divulgada nesta quarta-feira (17).

No texto sobre a escolha, Bolsonaro é apresentado como “um personagem complexo”. “Ele representa uma forte quebra de uma década de corrupção de alto nível, e a melhor chance do Brasil em uma geração para realizar reformas econômicas que podem domar o aumento do déficit [fiscal]”, aponta a revista.

“O ex-militar também é garoto propaganda da masculinidade tóxica e [representa] uma intenção homofóbica e ultraconservadora de travar uma guerra cultural e, talvez, reverter o avanço do Brasil no combate às mudanças climáticas”, pondera o texto da revista.

Entre os líderes, a lista da Time inclui ao todo 26 nomes, como o do opositor venezuelano Juan Guaidó, a congressista americana Alexandria Ocasio-Cortez, nome em ascensão no Partido Democrata, e a premiê da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, que ganhou reconhecimento internacional pela forma como lidou com o massacre em mesquitas de seu país.

O presidente dos EUA, Donald Trump, o papa Francisco, o premiê israelense, Binyamin Netanyahu, e o ministro italiano, Matteo Salvini, também foram incluídos na relação de 2019.

A então presidente brasileira Dilma Rousseff foi incluída nas listas da Time de 2011 e 2012, seus primeiros anos de mandato. O ex-presidente Lula esteve entre os eleitos pela revista em 2004 e em 2010.

O ex-presidente Michel Temer foi citado em uma lista feita pela Time em 2017, como um dos cinco líderes mais impopulares do mundo, ao lado de nomes como o do ditador venezuelano Nicolás Maduro. Na música, a lista de 2019 cita as cantoras Taylor Swift, Lady Gaga e Ariana Grande, além do grupo sul-coreano de k-pop BTS.

Do cinema, entraram os atores Mahersala Ali (do filme “Green Book”), Yalitza Aparício (de “Roma”), Dwayne Johnson (conhecido como The Rock) e a veterana Glenn Close, entre outros.

No esporte, houve destaque para o atacante egípcio Mohamed Salah (do Liverpool), para o jogador de basquete LeBron James (Los Angeles Lakers) e para o golfista Tiger Woods.


Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

Sobrevivente

Cão é resgatado no mar a 220 km da costa da Tailândia

Publicado em

Um cão foi resgatado nadando a mais de 220 quilômetros da costa da Tailândia. O resgate foi feito por uma equipe de uma plataforma de petróleo no Golfo da Tailândia na última sexta-feira (12).

Um dos trabalhadores, Vitisak Payalaw, disse que o cachorrinho foi visto nadando em direção à plataforma, que é da Chevron.

A tripulação conseguiu resgatá-lo amarrando uma corda no seu pescoço e puxando-o para cima.

Os trabalhadores acreditam que o cão deve ter caído de um barco pesqueiro. Ele ganhou o nome de Sobrevivente.

O cão desembarcou na segunda-feira no porto de Songkhla e passou por uma avaliação veterinária, que mostrou que ele está bem. Ele foi encaminhado a uma entidade de proteção de animais e deve ser adotado, segundo informa o G1.


Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

tragédia

Torre da catedral de Notre-Dame desmorona em grande incêndio

Publicado em

A torre da catedral de Notre-Dame, atingida por um vasto fogo, “acabou de desmoronar”, anunciou nesta segunda-feira Emmanuel Grégoire, vice-prefeito de Paris.

“A partir de agora, uma missão especial foi iniciada para tentar salvar todas as obras de arte que for possível”.

“A prioridade foi dada para garantir a área ao redor para proteger os turistas locais do risco de colapso”, acrescentou em entrevista a um canal de notícias, o BFMTV.

“Não restará nada da estrutura (do teto), que data do século XIX de um lado e do XIII do outro”, lamentou pouco antes André Finot, porta-voz da catedral.

O presidente Emmanuel Macron, que cancelou um importante discurso marcado para a noite desta segunda-feira em resposta aos “coletes amarelos”, irá para o pátio da Notre-Dame de Paris, anunciou a presidência francesa.

O Chefe de Estado havia acabado de gravar seu discurso televisionado, adiado para o momento sem nova data anunciada.

O primeiro-ministro Edouard Philippe também visitará o lugar, informou seu gabinete.


Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

FOGO

Catedral de Notre Dame, em Paris, é atingida por incêndio

Publicado em

Foto: Reprodução/Twiter

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Um incêndio de grandes proporções atingiu nesta segunda (15) a catedral de Notre Dame, em Paris, na França. A área próxima ao local já foi interditada pelos bombeiros.

De acordo com uma testemunha ouvida pela agencia de notícias Reuters, fumaça podia ser vista saindo do topo do edifício.

A causa do incêndio ainda não está clara. Segunda a rede de televisão local France 2, a polícia trata o ocorrido como acidente.

A prefeita da cidade, Anne Hidalgo, se manifestou em sua conta pessoal no Twitter. “Um terrível incêndio está acontecendo na catedral de Notre Dame”, disse a política.

A catedral era um dos principais pontos políticos da cidade francesa, atraindo milhões todos os anos. O edifício estava passando por renovações, com andaimes e algumas estátuas sendo removidas nas últimas semanas para restauração.


Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

©2018 Regional Press- Direitos Reservados | Vamos fazer um site? Logo RC Criativa