Oi, o que você está procurando?

RIO PRETO (SP)

Jovem é condenada a 40 anos de prisão por abusar, torturar e matar filha de um ano

Aline de Souza, de 21 anos, foi acusada de torturar, abusar sexualmente e matar a filha de apenas um ano e quatro meses. Em júri popular, jovem foi condenada por homicídio triplamente qualificado em regime fechado.

A jovem Aline de Souza, de 21 anos, acusada de torturar, abusar sexualmente e matar a filha de apenas um ano e quatro meses, foi condenada a 40 anos de prisão em regime fechado.

O júri popular durou mais de cinco horas e foi realizado nesta quinta-feira (4), em São José do Rio Preto (SP).

Aline foi condenada por homicídio triplamente qualificado, por matar a filha por motivo torpe, fútil, sem chance da criança se defender e ainda com requintes de crueldade.

Emanuella Maria de Souza, morreu depois de sofrer maus-tratos e ser abusada pela mãe em Rio Preto — Foto: Reprodução/TV Tem

O crime foi registrado em março de 2017. Na época, a mãe procurou uma Unidade Básica de Saúde dizendo que a filha Emanuella Maria de Souza havia caído, mas os médicos constataram que a criança tinha sido agredida e acionaram a polícia.

Posteriormente, o legista do Instituto Médico Legal (IML) da cidade constatou que a bebê apresentava lesões graves no fígado e sinais de violência sexual. A menina teve hemorragia interna e politraumatismo.

Mulher suspeita de envolvimento em estupro e morte da filha bebê vai a júri popular

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!