Fique ligado!

DEPOIMENTO

Empresário afirma que atirou porque havia sido desafiado por homem no posto

Publicado

em



O empresário A.B.J., 40 anos, confessou na Polícia que atirou em direção Alessandro de Oliveira Aoki, 34 anos, no pátio de um posto de combustíveis na madrugada desta quinta-feira, porque havia sido desafiado por ele. Com o acusado a polícia encontrou a pistola usada no crime, e no bolso dele, um pente carregado com 20 cartuchos intactos, além do carregador vazio que estava acoplado a arma, de calibre 380.

Conforme o boletim de ocorrência, o empresário alegou que após ser desafiado pela vítima, passou a atirar, mas disse que não sabia se havia acertado o homem.

Câmeras do circuito de segurança do posto, localizado na esquina da avenida Joaquim Pompeu de Toledo com a rua Baguaçu, registraram o momento exato da execução. Foram disparados 15 tiros, dos quais, pelo menos 10 teriam atingido a vítima.

Logo após o crime os policiais prenderam o acusado na rua Dr. Antônio Prudente, a 100 metros do posto, quando ele tentava fugir em seu veículo, uma caminhonete S-10. Ele foi indiciado por homicídio qualificado, por motivo fútil e mediante à traição, dissimulação ou outro recurso. Ele tinha o registro da arma mas não possuía porte para andar armado.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
Anunciante
Band FM 96.9
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998