CONECTE CONOSCO

Após três meses de demissões, indústrias da região voltam a contratar

Publicado em

Foto: Divulgação


Após três meses consecutivos de demissões, a indústria da região de Araçatuba voltou a contratar, segundo pesquisa divulgada nesta terça-feira (16) pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp). O setor gerou 300 vagas de emprego no mês de março nos 34 municípios que compõem a diretoria regional da entidade, uma variação positiva de 0,59%.

O setor que mais influenciou na abertura de postos de trabalho na região foi o sucroenergético, que produz açúcar e etanol, com 6,79% de variação. Outro segmento que contribuiu para o desempenho positivo foi o de produtos alimentos, com 0,57%.

Em comparação com o mesmo período no ano passado, no entanto, a geração de emprego no mês anterior ficou aquém das expectativas. Em março de 2018 a indústria contratou 450 trabalhadores, variação de 1,50%.

CLIMA CHUVOSO

O ritmo mais lento de contratações, de acordo com o segundo vice-presidente do Ciesp, José Ricardo Roriz Coelho, deve-se ao clima mais chuvoso para esta época do ano, o que influenciou na baixa contratação de pessoal nas usinas de cana-de-açúcar.

“No ano passado, a gente não tinha mais chuvas nessa época. Tínhamos um clima mais favorável para moagem”, observou.

De outro lado, o clima é a esperança de melhorar as vendas de calçados e confecções, principais artigos produzidos na região, segundo o diretor regional do Ciesp e presidente do Sindicato das Indústrias do Calçado e Vestuário de Birigui (Sinbi), Samir Nakad.

CALÇADOS E CONFECÇÕES

“A indústria está sofrendo bastante. Se o clima continuar como está, deve esfriar um pouco e isso ajuda na venda de confecções e calçados. Isso ajuda o lojista, que passa a ter condições de comprar a próxima coleção, a indústria produz mais e a economia gira”, afirmou.

Em março deste ano, o setor de artefatos de couro, calçados e artigos de viagem teve uma variação negativa de 0,19% no emprego; no mesmo período do ano passado, o desempenho foi positivo em 2,07%.

Nakad está otimista em relação às contratações nos próximos meses em razão da safra da cana-de-açúcar, que vai de março/abril a outubro/novembro.

“Temos uma certa certeza de que haverá mais empregos, pois é uma época de contratação natural, ainda que sazonal”, disse.

NO ANO

Nos três primeiros meses de 2019, o saldo de empregos é negativo na indústria da região de Araçatuba. O acumulado é de -1,40%, o que representa queda de aproximadamente 750 postos de trabalho. Nos últimos 12 meses, o acumulado é de -5,59%, representando 3.050 demissões.

“No ano todo estamos com menos emprego do que a gente deveria estar gerando. Tem muita gente que precisa voltar a ser empregada, mas temos esperança de que a situação econômica mude e a indústria tenha condições de empregar mais”, finalizou Nakad.

 

EMPREGO NA INDÚSTRIA NA REGIÃO DE ARAÇATUBA

DEZEMBRO/2018 – 2.600 DEMISSÕES

JANEIRO/2019 – 200 DEMISSÕES

FEVEREIRO/2019 – 800 DEMISSÕES

MARÇO/2019 – 300 CONTRATAÇÕES

Fonte: Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp)

 

Deixe sua opinião

Fonte:
Anunciante

SUSTO

Motorista perde controle e para com carro no canteiro central da Fundadores

Publicado em

Um veículo Gol foi parar em cima do canteiro central entre as duas pistas da rua dos Fundadores, em frente ao bairro Santa Luzia, em Araçatuba, na manhã desta sexta-feira. Por pouco o carro não caiu na pista contrária, onde há um desnível que poderia provocar a capotagem do veículo.

A reportagem do Regional Press apurou que o condutor do carro teria alegado que perdeu o controle de direção ao desviar de uma motocicleta. O acidente aconteceu na pista sentido centro-bairro, após a rotatória em frente à Casa Diniz.

O aposentado Jaques Pétia, que mora no bairro Santa Luzia, vem alertando as autoridades nas redes sociais quanto aos perigos do excesso de velocidade na via. Recentemente ele fez uma postagem questionando irregularidades em uma faixa de segurança, que acabou sendo removida do local.

Após o acidente, Pétia declarou que a avenida parece uma pista de corrida, porque motoristas passam em alta velocidade, e na pista em que ocorreu o acidente não há nenhum tipo de redutor de velocidade. Apesar do susto, não houve feridos.

Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

ENTRETENIMENTO

Banda The Soundtrackers faz show de graça no Sesc de Birigui

Apresentação está marcada para começar às 20h, desta sexta-feira (24).

Publicado em

Foto: Francis Farago/Divulgação

A banda “The Soundtrackers” faz show de graça nesta sexta-feira (24), às 20h, no Sesc de Birigui (SP).

Com quase 10 anos de estrada, o grupo musical possui atualmente 80 canções no repertório, que vão dos anos 50 até os dias atuais.

Durante a apresentação, a banda traz hits musicais de filmes consagrados como “Caça-fantasmas, “Footloose- Ritmo louco”, os “Goonies”, entre outros.

O show será na área de convivência do clube, que fica rua Manoel Domingos Ventura, número 121, no bairro Vila Xavier.

Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

OBRAS

CEU do Atlântico vira Estação Cidadania e será inaugurada neste sábado

Publicado em

Está programada pela Prefeitura de Araçatuba, para este sábado (25), a inauguração da Estação Cidadania – Cultura, novo nome dado ao antigo CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados) do bairro Jardim Atlântico, também identificado anteriormente como Praça dos Esportes e da Cultura (PEC 3000). Está prevista a presença do Ministro da Cidadania, Osmar Terra.

A nova nomenclatura deve-se à Portaria nº 876, de 15 de maio de 2019, do Ministério de Estado da Cidadania, que dispõe sobre a alteração do nome do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) para “Estação Cidadania – Cultura” e do nome do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) para “Estação Cidadania – Esporte” e dá outras providências.

A OBRA

A obra teve sua primeira ordem de serviço assinada em março de 2012, mas foi interrompida em agosto de 2014, com cerca de 50% do prédio construído e nenhum equipamento havia sido comprado ou instalado. Na época, alegando dificuldades financeiras, a construtora anterior abandou o trabalho, deixando o prédio parcialmente pronto.

Em 31 de março de 2017, a Prefeitura de Araçatuba firmou acordo com a Caixa Econômica Federal para terminar as obras de construção da praça. A nova ordem de serviço foi assinada em 8 de novembro de 2017, para a empresa Kairós Construções e Empreendimentos Fernandópolis, vencedora de licitação, custeada por verba de repasse federal e recursos próprios municipais.

Tadeu Consoni, secretário municipal de Planejamento Urbano e Habitação de Araçatuba, explicou que a Prefeitura escolheu assumir o prejuízo para não perder a obra. “Logo em 2017, quando essa administração assumiu, encontramos aquilo abandonado, onde só se encontravam paredes, dentre as quais havia algumas quebradas. A parte de metais havia sido furtada, louças sanitárias, lavatórios, pias de cozinha, parte elétrica de fiação e quadros de luz todos também furtados. Isso causou um prejuízo ao município, após licitação já ganha por uma empresa e com preço já definido, de R$ 160 mil. Na verdade, o município teve que cobrir este prejuízo para concluir a obra e não ter que devolver R$1,9 milhão, quase R$ 2 milhões”.

“É uma grande obra, que o povo do centro da cidade, de outras, regiões, devia conhecer, porque geralmente a pessoa conhece só aquilo que beneficiou a área dela de atuação. Nós pedimos que a população vá visitar a praça Estação Cidadania, para ver que grandiosa obra está lá, disponível para todos”, incentiva.

SERVIÇOS OFERECIDOS

A Estação Cidadania – Cultura é um equipamento público estruturado para integrar atividades e serviços culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços socioassistenciais, políticas de prevenção à violência e inclusão digital. Idealizado em conjunto pelos Ministérios da Cultura, Esporte, Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Justiça, e Trabalho e Emprego, a praça integra num mesmo espaço físico programas, serviços e ações setoriais destes ministérios, visando à promoção da cidadania e a redução da pobreza nos territórios onde será implantada.

Localizado no cruzamento das ruas José Trevisan Bacelar e Elza Almeida Lemos, Estação Cidadania – Cultura conta com uma quadra coberta, pista de skate, teatro com depósito e camarim, três bicicletários, banheiros, almoxarifado/administrativo, cozinha, mesa de jogos, equipamentos de ginástica, biblioteca e salas que funcionarão como um Ponto de Apoio do Cras TV.

“Será um momento de grande alegria para a Prefeitura e população araçatubense celebrarem juntas a entrega de tão desejado e aguardado complexo de espaços para arte, cultura, esporte e serviços, cravando um marco na história do bairro e da cidade, que passa a contar com mais um destacado atrativo regional de entretenimento e socialização pública”, declarou o prefeito Dilador Borges.

Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

apuração

Câmara instaura CPI sobre suposta compra de votos em eleição da mesa

Publicado em

A Câmara de Buritama instaurou uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para averiguar denúncia envolvendo suposta compra de votos para a eleição da mesa diretora da Casa para o biênio (2019-2020), na qual teriam participação direta o prefeito Rodrigo Zacarias dos Santos (PRB), seu vice, Hebert da Silva Muniz (PRB), e o vereador Carlos Alberto dos Santos (PRB).

Segundo o ato que instituiu a CPI, um munícipe protocolizou no Legislativo uma “notícia de irregularidades de natureza grave” ocorridas durante o processo de eleição da mesa diretora no dia 10 de dezembro do ano passado.

O denunciante disse na representação que Rodrigo, Muniz e Carlos participaram diretamente de um esquema de compra de votos, oferecendo vantagens indevidas e destinadas a satisfazer interesses pessoais de outros vereadores, com a finalidade de eleger o parlamentar do PRB presidente da câmara.

De acordo com a representação, a suposta ilegalidade pode caracterizar ato de improbidade administrativa, crime de responsabilidade e quebra de decoro parlamentar, que merece ser investigada pela Câmara de Buritama.

A CPI é composta pelo vereador José Domingos Martins Filho (PPS), que será presidente; e pelo parlamentar Jélvis Ailton de Souza Scacalossi (PTB), que ficou como relator.

A comissão ainda tem como membros os vereadores: José Antonio Espósito (PSD), Natália Spanazzi Rodrigues Alves (PP) e Osvaldo Sebastião dos Santos (DEM). A comissão terá 90 dias para concluir seus trabalhos. (leia mais na edição de hoje da Folha da Região).

Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

©2018 Regional Press- Direitos Reservados | Vamos fazer um site? Logo RC Criativa