Oi, o que você está procurando?

Limpeza

Dengue: cuidados com mosquito devem continuar no Outono

Você sabia que a dengue pode atacar durante todo o ano? Apesar de ser mais associada ao Verão, o cuidado deve ser constante, inclusive em estações mais frias como o Outono. Pesquisas apontam que o mosquito sofre alterações e modificações em curto prazo, mudando tanto de tamanho como o formato da asa de acordo com as diferentes estações do ano.

“Percebemos que o patrimônio genético do mosquito é bem rico e dinâmico, ou seja, a espécie tem grande potencial para sofrer alterações. Isso sugere que eles são muito versáteis em explorar novos ambientes e, possivelmente, contornar as nossas tentativas de eliminá-los”, explica o pesquisador Lincoln Suesdek.

É importante lembrar que muitos cuidados são deixados de lado nessa época do ano. A preocupação com vasos e bacias acaba diminuindo por causa da diminuição nas chuvas e as piscinas ficam sem manutenção.

O apoio da população é fundamental para evitar focos de transmissão da dengue, pois cerca de 80% dos criadouros estão em residências. Assim, armazenar água de forma incorreta, deixar algum vão na caixa d’água ou esquecer recipiente no quintal são os principais motivos que fazem das casas os principais criadouros do Aedes aegypti, que prefere água parada e limpa.

Os especialistas alertam para que o cuidado seja mantido. “A contaminação é mais rara, mas pode acontecer sim”, adverte o médico Moisés Goldbaum.

Segundo o Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo, nos primeiros meses de 2019 foram confirmados 40.721 casos e 29 óbitos. Devido a circulação do sorotipo 2 de dengue, mesmo os pacientes que já tiveram dengue tipo 1, por exemplo, estão suscetíveis a infecções, o que contribui para o aumento de casos e até mesmo para a ocorrência de quadros clínicos mais graves.

Confira as orientações para evitar que as casas e apartamentos se transformem em criadouros:

– Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre fechada;

– Folhas e tudo o que possa impedir a água de correr pelas calhas também precisam ser removidos;

– Encha os pratos dos vasos de plantas com areia até a borda;

– Troque a água e lave o vaso das plantas aquáticas com escova, água e sabão pelo menos uma vez por semana;

– Garrafas e recipientes que acumulam água devem ser sempre virados para baixo;

– Caixas d’água também devem permanecer fechadas e todos os objetos que acumulam água, como embalagens usadas, devem ser jogados no lixo.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!