Oi, o que você está procurando?

Região

Cai número de vítimas durante a Operação Carnaval na área do 2º Batalhão de Polícia Rodoviária

A Polícia Militar Rodoviária divulgou os dados da Operação Carnaval, realizada no feriadão na região do 2º Batalhão, com sede em Bauru e que abrange a região de Araçatuba.

Conforme os dados da polícia, o número de vítimas caiu de 72 para 54, se comparado ao mesmo período do ano passado.

Veja comunicado distribuído à imprensa:

O Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), órgão de execução da Polícia Militar do Estado de São Paulo, alinhado ao Movimento Paulista de Segurança no Trânsito e ao Programa de Redução de Acidentes de Trânsito e Segurança Viária 2011-2020 (ONU), por meio do Segundo Batalhão de Polícia Rodoviária (2º BPRv), realizou no período compreendido entre 0h de 01 de março de 2019 (sexta-feira) e 23h59min de 05 de março de 2019 (terça-feira), a Operação “Carnaval 2019”, nos mais de 4.500 km de rodovias do interior paulista.

Respeitando-se as demandas peculiares de cada microrregião, a operação foi planejada com base em dados estatísticos de anos anteriores, a previsão do fluxo de veículos nas rodovias e questões meteorológicas.

O foco prioritário está na prevenção criminal, mas, em harmonia à segurança viária, cujo propósito é a manutenção da meta de reduzir as mortes no trânsito até 2020.

Foi intensificada a fiscalização dos limites de velocidade, embriaguez, ultrapassagens proibidas, uso de cinto de segurança, celular ao volante e o uso de capacetes para motociclistas, entre outras infrações de trânsito, a fim de garantir um carnaval repleto de alegria e segurança a todos os cidadãos e usuários das vias.

Durante o citado período foi registrado, uma diminuição significativa no número vítimas de acidentes de trânsito de 72 para 54, em comparação com o período de Carnaval de 2018, reduzindo 25%.

Houve também uma diminuição do número de acidentes com vítimas de 38 para 34, representando mais de 10,5% a menos.

A redução do número de acidentes e, principalmente, do número de vítimas poderia ser ainda maior, se não fosse o comportamento imprudente de alguns condutores, sendo importante ressaltar que, após análise das circunstâncias, observou-se que a maioria desses acidentes poderiam ter sido evitados.

Respeitando-se as demandas peculiares de cada microrregião, a operação foi planejada com base em dados estatísticos de anos anteriores, a previsão do fluxo de veículos nas rodovias e questões meteorológicas.

O foco prioritário está na prevenção criminal, mas, em harmonia à segurança viária, cujo propósito é a manutenção da meta de reduzir as mortes no trânsito até 2020.

Foi intensificada a fiscalização dos limites de velocidade, embriaguez, ultrapassagens proibidas, uso de cinto de segurança, celular ao volante e o uso de capacetes para motociclistas, entre outras infrações de trânsito, a fim de garantir um carnaval repleto de alegria e segurança a todos os cidadãos e usuários das vias.

Durante o citado período foi registrado, uma diminuição significativa no número vítimas de acidentes de trânsito de 72 para 54, em comparação com o período de Carnaval de 2018, reduzindo 25%.

Houve também uma diminuição do número de acidentes com vítimas de 38 para 34, representando mais de 10,5% a menos.

A redução do número de acidentes e, principalmente, do número de vítimas poderia ser ainda maior, se não fosse o comportamento imprudente de alguns condutores, sendo importante ressaltar que, após análise das circunstâncias, observou-se que a maioria desses acidentes poderiam ter sido evitados.

Com o objetivo de coibir condutas nocivas à segurança no trânsito e consequentemente reduzir ocorrências de acidentes, as ações de fiscalização foram intensificadas, resultando em 3.625 autuações lavradas por infrações de trânsito, principalmente por irregularidades cometidas em movimento (infrações dinâmicas) por condutores imprudentes que põem em risco a integridade física de si mesmos e dos outros, além de 4.769 imagens realizadas com radar de veículos que excederam a velocidade.

Vale destacar que incluídas no total de autuações estão 288 por ultrapassagem em local proibido e 786 por não uso do cinto de segurança.

Foram realizados 5.861 testes com etilômetros, sendo autuados por embriaguez 213 condutores, além de 120 que recusaram soprar o aparelho, destacando que 11 condutores foram presos em flagrante delito, pelo crime de Embriaguez ao Volante (artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro).

Dirigir embriagado é uma das condutas mais criminosas no trânsito e traz consequências irreparáveis, como no caso do condutor que, após ingerir bebida alcoólica, resolveu seguir com o seu veículo pela rodovia e se envolveu em um grave acidente de trânsito no dia 04 de março de 2019, por volta das 17 horas, na cidade de Paraguaçu Paulista, do qual resultou 01 vítima fatal, 01 grave e 01 leve.

Já no aspecto da prevenção e repressão criminal, foram presas em flagrante delito 05 pessoas por tráfico de drogas e apreendidos quase 28 kg de cocaína e mais de 1,5 kg de maconha.

Quatro procurados pela Justiça foram capturados, dois veículos que haviam sido roubados/furtados foram recuperados, além de 60.000 maços de cigarros contrabandeados que foram apreendidos, resultados das intensivas ações de combate às diversas modalidades de crimes nas rodovias estaduais.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!