Oi, o que você está procurando?

LUTA

Araçatubense é campeão internacional de MMA ao vencer coreano no Japão

O araçatubense Tom Santos, 34 anos, é o mais novo campeão internacional de MMA, ao conquistar o cinturão da luta neste fim de semana, no tradicional Heat, na cidade japonesa de Nagoya,

O evento reúne lutadores do mundo todo, no Japão, como o ídolo francês Jérôme Le Banner, mundialmente conhecido por sua capacidade de nocautear adversários.

Santos entrou na disputa como desafiante do coreano Rae Yoon Ok, que detinha o título desde 2017. Foram cinco rounds de luta, com cinco minutos cada, que determinaram a vitória brasileira por decisão unânime do júri.

“Foi a primeira vez que lutei cinco de cinco, foi uma grande experiência, treinei demais. Os dois últimos rounds eu senti demais, o adversário era muito forte, mas eu superei com o coração na ponta da luva. A gente pode tudo com Deus no coração e tá aí o resultado”, afirmou, logo após vencer a luta.

Tom Santos venceu o coreano Rae Yoon Ok por decisão unânime do júri, após lutar 5 rounds de 5 minutos cada

TÍTULOS

Com a conquista, o atleta araçatubense passa a ser o único brasileiro a ter os títulos de campeão internacional de MMA e de kickboxing, este último conquistado em 2016, no Japão, e mantido desde então com as vitórias nos tatames em que disputou.

Além dos títulos internacionais, o lutador faz questão de mencionar o campeonato Fight Dragoon Brasil, disputado em 2015, em Assis (SP), que o consagrou campeão e abriu as portas para que ele fosse para o Japão.

Santos começou a treinar em 24 anos, Ele se considera um atleta tardio, mas acredita estar em sua melhor forma física e mental, hoje, dez anos depois.

Antes de ingressar nas artes marciais, trabalhava como vigilante no Ministério Público e fazia atletismo com José dos Santos Primo, treinador de Araçatuba famoso por revelar talentos para as pistas. Mas foi no tatame que Tom Santos se encontrou.

Hoje, treina boxe, kickboxing, muay thai, jiu-jtsu e judô e participa de grandes campeonatos na Ásia, sobretudo no Japão e Coreia do Sul. Chega a treinar entre seis e sete horas por dia para alcançar seus objetivos, já que a luta é seu ganha-pão.

O araçatubense Tom Santos detém, hoje, os títulos de campeão internacional de MMA e de kickboxing

PRÓXIMO PASSO

O próximo passo, agora, é conquistar o cinturão do Pancrazy, em Tóquio, competição que reúne grandes lutadores na capital japonesa. A data da edição 2019, porém, ainda não foi divulgada.

Tom Santos vive em Araçatuba com a esposa, Evelyn, e o filho Arthur, de quatro anos. Na cidade, faz parte da equipe de jiu-jitsu New York Fight Club. Já o seu treinador de fundamentos de boxe e muai thay é o mineiro Wagner Chohfi.

Por força de sua profissão, passa temporadas na Ásia, para lutar. Desta vez, chegou ao Japão há duas semanas e deverá ficar por lá até 14 de maio, na cidade de Kane, a 400 quilômetros da capital japonesa.

A ideia é mudar de vez para o Japão, onde acredita que sua família terá mais oportunidades de estudo e trabalho.

 

 

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!