CONECTE CONOSCO

Araçatuba

Um mês após ser recapeada, Rua Rio de Janeiro recebe obras e tem asfalto danificado

Obra da Samar em asfalto refeito na Rua Rio de Janeiro, bairro Vila Mendonça, em Araçatuba (Fotos: Regional Press)


Um mês após ser recapeada, a Rua Rio de Janeiro, na Vila Mendonça, passa por obras da Soluções Ambientais de Araçatuba (Samar), para a instalação de uma nova rede de distribuição de água. Com a intervenção, o asfalto da via teve de ser quebrado em vários pontos, entre a Avenida dos Estados e a Rua Tiradentes.

A Rio de Janeiro recebeu novo revestimento asfáltico no início de dezembro do ano passado, entre a Avenida dos Estados até a Rua Almirante Barroso.

O recape da rua, uma das mais importantes do bairro, por dar acesso à Santa Casa de Araçatuba, fez parte de um pacote anunciado pelo prefeito Dilador Borges (PSDB) em maio deste ano, no valor de R$ 4,256 milhões, por meio de convênio da Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão.

As obras da Samar tiveram início nesta segunda-feira (7). Funcionários trabalham em quatro pontos da via, entre a Avenida dos Estados e Tabajaras; Tabajaras e José Bonifácio; Afonso Pena e Oscar Rodrigues Alves; e Oscar Rodrigues Alves e Tiradentes.

No trecho entre a Avenida dos Estados e Tabajaras, a obra já foi concluída e o imenso buraco, com aproximadamente dois metros de profundidade, já foi tapado. Uma camada de terra e algumas ondulações são sinais de que o asfalto novo recebeu intervenção.

OUTRO LADO

A Prefeitura informou que casos como estes são demandas que surgem depois da obra. “Há um diálogo entre a concessionária e a administração para sincronizar, da melhor forma, as ações”, afirma a nota enviada pela assessoria de imprensa do município.

PACOTE

Além da Rio de Janeiro, outras vias estavam previstas no pacote de recapeamento do município, como a Bandeirantes, entre a Silva Jardim e Avenida dos Araçás; Humaitá, entre a São Marcos e Avenida dos Araçás; e a Aquidaban, entre a Cussy de Almeida e XV de Novembro, dentre outras.

Samar diz que município tinha
conhecimento do cronograma das obras

Apesar de o município afirmar que a necessidade da obra da Rua Rio de Janeiro surgiu após o recape da via, em dezembro do ano passado, a Samar informou que está executando o cronograma de suas obras que já estavam em andamento e que são de conhecimento do município, para a setorização da distribuição do abastecimento de água.

A via está recebendo uma nova adutora para a setorização da região do reservatório Tiradentes. As obras na Rio de Janeiro deverão ser concluídas até o final deste mês.

Questionada por que a obra de setorização na Rua começou após o recape, a Samar informou que suas obras seguem um cronograma, já de conhecimento do município.

Sobre os tapa-buracos, que muitas vezes deixam ondulações no asfalto, a concessionária afirmou que após o período de compactação do solo, as equipes vão fazer a aplicação asfáltica.

“O objetivo das obras da Samar é trazer melhorias e benefícios para a população de Araçatuba”, afirmou a empresa, por meio de nota enviada pela assessoria de imprensa.

A concessionária afirmou, ainda, que a setorização vai contribuir para a redução de perdas na distribuição da água tratada, redução de rompimentos de tubulações e vazamentos, que provocam a suspensão do fornecimento de água.

“Isso porque as equipes passam a ter maior controle da pressão da água. Com a diminuição dos vazamentos, serão reduzidas também as intervenções no asfalto, que provocam buracos e recapeamentos”, explicou a empresa.
Outra vantagem da setorização é que o conserto dos vazamentos poderá ser feito isolando apenas uma pequena região, sem necessidade de se interromper o abastecimento para vários bairros.

As obras de setorização da distribuição e abastecimento de água serão realizadas em diversos pontos da cidade, para a interligação das novas adutoras com o sistema de setorização dos reservatórios.

A primeira etapa, segundo a empresa, foi encerrada na primeira semana deste ano, com a interligação total da setorização do reservatório Hilda Mandarino. O reservatório atende 14 bairros, que passaram a ser divididos em micros setores.

Na etapa atual, serão realizadas a setorização dos reservatórios Tiradentes, Nova Iorque, João Pessoa, Bom Tempo e Ibirapuera.  A obra será concluída com a setorização do sistema ETA-Tietê.

Deixe sua opinião

Fonte:
Anunciante