CONECTE CONOSCO

LUTO

Morre o comerciante Paulo da Praça, da extinta lanchonete Café da Praça



O comerciante Paulo Sérgio Barbosa será velado a partir das 18h30 na Funerária Cardassi da avenida Saudade e o enterro será às 14h deste sábado no cemitério Recanto de Paz, no Jardim Rosele. Ele morreu na manhã desta sexta-feira na praça João Pessoa, quando passava pelo local de bicicleta e passou mal. A fatalidade aconteceu na mesma praça onde manteve a lanchonete Café da Praça desde 2002, quando vendeu uma locadora de fitas de video e DVD e comprou o ponto comercial onde ficou até o início de 2017.

A lanchonete de Barbosa foi muito movimentada na época do então prefeito Jorge Maluly Netto, que após a revitalização do local, realizada por meio da iniciativa privada, passou a realizar muitos eventos culturais no local. A lanchonete, Café da Praça, era um ponto de encontro que funcionava durante a semana a noite e aos finais de semana abria já no período do final da tarde.

Paulo passou a ter problemas com o espaço devido a uma ação motivada pelo Ministério Público para regulamentar e disciplinar espaços públicos, com a remoção de pontos fixos. Apesar da ação ser antiga, ainda hoje muitos pontos continuam funcionando normalmente, enquanto a prefeitura não regulamenta a questão, e ao contrário de muitos, Paulo teve de fechar sua lanchonete no final de 2016. Conseguiu reabrir meses depois mas não manteve o negócio porque o movimento já não era mais o mesmo e a praça passou a ser ocupada por outro tipo de público.

No início deste ano Paulo chegou a confidenciar a amigos que estava com problemas para arrumar emprego, que havia distribuído muitos currículos mas estava difícil. Ele trabalha como porteiro e estava a caminho do trabalho, de bicicleta, quando passou mal, parou para descansar, pediu ajuda mas morreu no local.

 

Deixe sua opinião

Fonte:
Anunciante