Fique Conectado

FUTEBOL

Conmebol nega pedido do Boca e confirma final da Libertadores

O presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici, não se pronunciou sobre a decisão da Conmebol

Publicado

em

© REUTERS / Marcos Brindicci (Foto de arquivo)

O Tribunal de Disciplina da Conmebol publicou nesta quinta (29) as sanções para o River Plate pelo adiamento da final da Libertadores, que deveria ter sido realizada no último sábado (24).

O clube terá de fazer os dois próximos jogos como mandante, em torneios da confederação sul-americanas, sem a presença de público. Terá de pagar também uma multa de US$ 400 mil (cerca de R$ 1,5 milhão).

A decisão significa que o pedido do Boca Juniors foi recusado pelo comitê disciplinar. A equipe pedia os pontos da partida e, com isso, ser declarado campeão da Libertadores.

O adiamento aconteceu porque o ônibus que levava a delegação da equipe foi alvo de pedras e garrafadas próximo ao estádio Monumental de Nuñez, casa do River. As janelas foram quebradas e jogadores se feriram. Eles também passaram mal por causa do gás de pimenta atirado pela polícia e que entrou no veículo. O volante Pablo Pérez foi levado para um hospital.

Nesta quinta, a Conmebol definiu que a segunda partida da decisão será disputada em 9 de dezembro, no estádio Santiago Bernabéu, em Madri. Será a primeira vez que a Copa Libertadores será definida fora da América do Sul.

A Conmebol queria levar a partida para Doha, no Qatar. O governo do país aceitou pagar as viagens das duas equipes, dar US$ 7 milhões de premiação (cerca de R$ 28 milhões) e dar ao River Plate o dinheiro para reembolsar os torcedores que comparam o ingresso.

Por sugestão do presidente da Fifa, Gianni Infantino, a final foi para a Europa. Seria em Paris, no estádio do PSG, que pertence à empresa ligada à família real do Qatar. Domínguez preferiu levar a partida para Madri por causa da atenção da mídia e pela quantidade de argentinos que vivem na região. Pelo bom relacionamento (a Qatar Airways, que também tem ligação com a família real da nação árabe, assinou contrato de patrocínio com a Conmebol), o governo do Qatar manteve a oferta do pagamento para o jogo acontecer na Espanha.

O presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici, não se pronunciou sobre a decisão da Conmebol. Mas ele havia prometido recorrer. Mesmo assim, o clube não vê outra alternativa que não seja entrar em campo no dia 9, em Madri. Com informações da Folhapress.

Deixe sua opinião

Fonte: Noticias ao Minuto

Luto

Filho do jornalista Chico Lang morre ao cair de prédio

Publicado

em

filho do jornalista esportivo Chico Lang, Paulo Lang, de 23 anos, morreu na noite de domingo (09) após cair do sexto andar de um prédio localizado na Zona Oeste de São Paulo. O óbito foi caracterizado pelos Bombeiros como suicídio.

Via Instagram, Chico Lang comentou o ocorrido. “Meus amigos. Paulinho morreu. A ordem natural das coisas se inverteram. Um pai enterrar um filho é antinatural e dói demais no corpo e na alma. Gostaria sinceramente que fosse ao contrário. Deu um fim à própria vida com 23 anos. Dia 16 próximo faria 24. O dia mais feliz da minha existência foi quando ele nasceu, 16 de dezembro de 1994. O mais triste, quando faleceu, 9 de dezembro de 2018”, publicou.

“Ficam os bons momentos, os beijos carinhosos, o sorriso alegre e espontâneo, o abraço amigo, os cigarros cubanos, os bons vinhos, os debates políticos, filosóficos e psicológicos. E uma saudade imensa. Todo o resto é bobagem. Poder, dinheiro, inveja, ciúme, vaidade e cobiça. Que Deus o tenha. Amém.”

Deixe sua opinião

Continue Lendo

LUCAS PRATTO

River campeão da Libertadores fará São Paulo receber quase R$ 4,5 mi

Publicado

em

© Sergio Perez/Reuters

O River Plate bateu o arquirrival Boca Juniors por 3 a 1 neste domingo (9) e conquistou a Copa Libertadores da América pela quarta vez em sua história. O resultado ainda fará com que o São Paulo ganhe um milhão de euros (quase R$ 4,5 milhões).

Isso acontecerá graças ao contrato de venda feito pelo Tricolor para que o River tivesse o atacante Lucas Pratto, no início de janeiro deste ano. Um bônus em caso de conquista da Libertadores foi estipulado, fazendo com que a transação agora totalize 12,5 milhões de euros (mais de R$ 55 milhões).

As negociações para a inclusão dessa cláusula foram feitas pelo gerente-executivo Alexandre Pássaro, figura que normalmente assume as tratativas com clubes e empresários no mercado. O valor conseguido por Pratto ajudou a diretora a montar o elenco que em 2018 chegou a sonhar com o título do Campeonato Brasileiro, mas terminou apenas no quinto lugar, necessitando enfrentar a fase preliminar da Libertadores em 2019.

Este rendimento financeiro, de certa forma, alivia o peso da saída de Pratto apenas 11 meses após sua contratação, em 2017, tida como marcante para a reconstrução do clube. Com informações da Folhapress.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Libertadores

É campeão! River vence o Boca e conquista a América… na Europa

Publicado

em

River Plate é o campeão da Taça Libertadores da América de 2018. Os Millonarios venceram o Boca Juniors por 3 a 1, de virada e na prorrogação, e conquistaram pela quarta vez o mais importante título do futebol sul-americano, em uma decisão disputada neste domingo (9), no estádio Santiago Bernabéu, casa do Real Madrid, na Espanha.

O Boca abriu o placar ainda no primeiro tempo com um belo gol de Benedetto. No minuto 44, num contra-ataque mortal, Nández deu um excelente passe em profundidade para o camisa 18, que limpou o carrinho de Maidana e tocou na saída de Armani: 1 a 0.

O empate do River veio no segundo tempo, com Lucas Pratto. Nacho Fernández tabelou com Palacios e só rolou para o camisa 27 empurrar para as redes: 1 a 1.

A partida foi para a prorrogação e logo no primeiro minuto o Boca perdeu Barrios. O volante foi expulso após receber o segundo cartão amarelo por falta.

Com um a mais, o River pressionou e passou a dominar o jogo, encontrando o gol da virada no minuto 3 do segundo tempo da prorrogação. O autor do gol do título foi Quintero.

No penúltimo minuto antes do apito final, o Boca ainda acertou uma bola na trave. Jara expirimentou, a bola desviou e acertou o pé da trave.

Mas o River ainda conseguiu tempo para ampliar o placar. Em um contra-ataque, Quintero ganhou na intermediária e deu passe profundo no espaço para o camisa 10 disparar sozinho e só empurrar para as redes: 3 a 1.

A decisão entre River e Boca foi transferida de Buenos Aires para Madrid por conta de uma confusão ocorrida momentos antes do início da partida de volta, que acabou não acontecendo. Torcedores do River apedrejaram o ônibus do Boca na porta do estádio Monumental, que já estava lotado à espera do duelo. O tumulto acabou com jogador machucado e o adiamento do confronto por parte da Comnebol.

Com o título da Libertadores, o River Plate garantiu vaga no Mundial de Clubes. Desta forma, a equipe decidiu não retornar a Buenos Aires para celebrar o título junto a sua torcida. Jogadores e comissão técnica seguirão na Europa em preparação para a competição internacional, que começa na próxima semana nos Emirados Árabes.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

RETORNO

Carille terá nove caras novas no elenco em retorno ao Corinthians

Publicado

em

© Daniel Augusto - Corinthians

Recém-contratado pelo Corinthians, o técnico Fábio Carille encontrará nove jogadores que não foram comandados por ele em sua primeira passagem pelo clube. O número corresponde hoje a mais de 25% do elenco corintiano, que conta com 33 atletas depois das saídas de Danilo, Emerson Sheik e Vilson.

Depois da saída de Carille rumo ao Al-Wehda, em maio passado, o Corinthians acertou a contratação de cinco reforços: o lateral-esquerdo Danilo Avelar, o volante Douglas, o meia chileno Angelo Araos, o atacante paraguaio Sergio Díaz e o centroavante Jonathas – desse grupo, apenas Avelar já havia passado pelo radar do treinador, que o indicou à diretoria no começo da temporada.

O Corinthians também já anunciou três nomes para a temporada 2019. Ainda em outubro, o clube acertou com o lateral-direito Michel Macedo e com o atacante Gustavo Mosquito. Nessa quinta-feira (6), o time confirmou a contratação do atacante André Luis, ex-Ponte Preta. Todos os outros 24 jogadores do elenco já trabalharam com Carille. Já o volante Richard, do Fluminense, assinará um contrato de três anos nos próximos dias.

A ideia do Corinthians é reforçar o grupo com jogadores mais experientes a fim de dar mais suporte aos atletas mais novos, que, segundo a própria diretoria, queimaram etapas por causa das vendas após a conquista do Campeonato Paulista. Carille participa do planejamento do time da próxima temporada há alguns dias.

“A gente entende que agora, com as saídas do Danilo, Emerson e Vilson, a gente tem de colocar um pouco mais de experiência para fazer essa mescla com os meninos. O ano que vem, com certeza, eles vão estar muito mais prontos que esse ano”, disse Duílio no último dia 24.

Como mostrou o UOL Esporte, Carille reencontrará um cenário bem diferente no retorno ao clube. Há novos problemas táticos, e a defesa, por exemplo, passou a ser mais vulnerável sob o comando de Osmar Loss e Jair Ventura.

Além de encontrar muitas caras novas, Carille não contará com três campeões paulistas (em 2017 e 2018) e brasileiro (em 2017). O zagueiro Balbuena, o volante Maycon e o meia Rodriguinho foram vendidos pelo clube, assim como o lateral-esquerdo Sidcley, que fez parte do time do Estadual e foi negociado pelo Atlético-PR com o Dínamo de Kiev, da Ucrânia.

No começo do ano, Carille já havia perdido três peças importantes da equipe que ergueu a taça do Brasileirão 2017. Sem o lateral-esquerdo Guilherme Arana, o zagueiro Pablo e o atacante Jô, o treinador demorou a encontrar um time ideal – ele chegou, inclusive, a mudar o esquema tático e atuar sem centroavante, no 4-2-4.

Carille volta ao Corinthians com quatro integrantes da comissão técnica que havia deixado o clube ao lado dele. São eles: o preparador físico Walmir Cruz, o observador técnico Mauro da Silva, o auxiliar técnico Leandro da Silva e o analista de desempenho Denis Luup – dos dois primeiros voltarão ao Brasil na semana que vem, enquanto os outros devem desembarcar em São Paulo no dia 29, assim como o treinador.

A ideia do clube agora é que Walmir e Mauro ajudem a intensificar o planejamento para a temporada 2019. Por isso, eles voltarão antes ao clube paulista. A reapresentação de elenco corintiano está marcada para o dia 3. Com informações da Folhapress.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS

error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998