Fique Conectado

Saiba Mais

Curso online de turismo tem inscrições abertas até 31 de outubro

Qualquer pessoa maior de 15 anos pode se inscrever e acompanhar as aulas em equipamentos com acesso à internet

Publicado

em

Conclusão dos estudos online termina dia 15 de janeiro de 2019 (Foto: Agência Brasil/Divulgação)
Anunciante

A plataforma de ensino a distância Brasil Braços Abertos (BBA), do Ministério do Turismo, continua com inscrições abertas para o curso de Atendimento ao Turista.

Até o dia 31 de outubro os interessados terão a chance de se qualificar profissionalmente em atividades ligadas ao turismo.

AnuncianteCirco Mágico

Além de ajudar quem já atua na área, o BBA também é uma oportunidade para aquelas pessoas que pretendem ampliar seus conhecimentos profissionais em turismo.

Para os universitários, a atividade pode ser inserida no currículo como uma atividade complementar, já que o curso é considerado de extensão e tem carga horária de 80 horas.

Segundo o Ministério do Turismo, qualquer pessoa maior de 15 anos pode se inscrever e acompanhar as aulas em equipamentos com acesso à internet, como smartphone, tablet ou computador.

O curso tem linguagem simples e conteúdo abrangente sobre temas que interessam para o prestador de serviços turísticos.

Entre as matérias que integram os módulos do curso estão noções básicas de inglês, dicas para elaboração de planos de negócios e formação de preços, gestão, higiene no trabalho, manipulação de alimentos, ética, segurança, marketing, entre outros.

Para concluir o curso o aluno precisa ter acumulado 696 pontos e o prazo final para conclusão dos estudos online é dia 15 de janeiro de 2019.

Deixe sua opinião


Portal Brasil
Anunciante

SORTE

Mega-Sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado

Publicado

em


O concurso 2.087 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 27 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) deste sábado (13) no município de Joaçaba (SC).

Para apostar na Mega-Sena
As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50.

AnuncianteCirco Mágico

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

inovação

Samsung lança o primeiro smartphone com câmera quádrupla do mundo

Publicado

em


A Samsung lançou nesta quinta-feira (11/10) na Malásia o mais novo smartphone da linha A, o Galaxy A9. O modelo confirma os rumores e traz nada menos que quatro câmeras fotográficas na parte traseira. Sim, quatro! A inovação promete proporcionar diferentes maneiras de capturar as fotos. Nada mal para um modelo posicionado na categoria de celulares intermediários.

O primeiro celular com câmera quádrupla do mundo promete capturar imagens nítidas e claras, com a lente principal de 24 MP; registrar detalhes de perto ou de longe, por meio da lente teleobjetiva, que conta com um zoom óptico de 2x; colocar toda a cena dentro da imagem, com a lente ultra grande angular; e gerenciar manualmente a profundidade de campo e foco, com a lente de profundidade.

AnuncianteCirco Mágico

Trazemos tecnologia de última geração em todo o nosso portfólio Galaxy para oferecer a mais consumidores a oportunidade de experimentar inovações de ponta. ”

DJ Koh, Presidente e CEO da Divisão de TI e Comunicações Móveis da Samsung Electronics
Por dentro, o smartphone conta com um processador octa-core Quad 2,2GHz, em versões com 6 GB ou 8 GB de RAM e armazenamento interno de 128GB, com possibilidade de expansão para 512 GB. A bateria com 3.800 mAh também se destaca para um modelo intermediário, pois garante aos usuários uma maior autonomia.

O design chama a atenção e remete a um modelo premium com a traseira em vidro 3D curvado. O display infinito de 6,3 polegadas com tela Super Amoled promete proporcionar imagens mais reais. O A9 estará disponível a partir de novembro nas cores Caviar Black, Lemonade Blue e Bubblegum Pink. O preço não foi divulgado.

Galaxy A9

Tela: 6.3” Full HD+ Super Amoled
Câmeras: Traseira – quádrupla: câmera principal (24MP e f/1.7); teleobjetiva (zoom óptico de 2x, 10MP e f/2.4); ultra grande angular (120º, 8MP e f/2.4); e profundidade (5MP e f/2.2)
Frontal – 24MP e f/2.0
Memória: 6 ou 8GB de RAM e 128GB interna (expansível até 512 GB)
Processador: Octa Core 2,2 GHz Quad + 1,8 GHz Quad
Sistema operacional: Android Oreo 8.0
Bateria: 3.800 mAh

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Obesidade

Conheça ações para frear o avanço do excesso de peso no País

Publicado

em


Cinco anos de luta e persistência levaram o secretário de escritório imobiliário Daniel Lana a sair de uma estatística que aflige cada dia mais brasileiros.

Dados de 2017 mostram que 18,9% da população é obesa e 54% apresenta excesso de peso no País. Aos 30 anos de idade, ele atualmente está com 84 quilos, ao contrário dos 130 quilos de 2013.

AnuncianteCirco Mágico

Além de parar de fumar, Lana aliou os dois grandes pilares do combate ao excesso de peso na sua luta: alimentação saudável e prática regular de atividades físicas.

“Não adianta nada você começar a fazer uma atividade física, se privar disso ou daquilo, se você não fizer um exercício mental antes e enfiar na cabeça que precisa fazer aquilo e que é capaz de conseguir, disse.

No Brasil, uma das principais medidas no combate à obesidade e ao excesso de peso é a elaboração do Guia Alimentar para a População Brasileira, disponível gratuitamente no site do Ministério da Saúde.

Publicada em 2014, a segunda edição do guia apresenta um vasto conteúdo com dicas e informações sobre a alimentação saudável. Além disso, o material serve como um importante subsídio para o desenvolvimento de ações que busquem promover a saúde e a segurança alimentar e nutricional da população.

Exercícios

Outro destaque é o programa Academia da Saúde, que desde 2011 incentiva a prática de atividades físicas em cidades espalhadas por todo o País. Com a ação, espaços públicos são transformados em polos equipados para a prática das atividades. A iniciativa promove a saúde e o lazer, a cultura e a integração social.

Ao mesmo tempo, campanhas do governo junto a associações do setor produtivo ajudam a reduzir os níveis de substâncias como o sódio, açúcar e gordura trans dos alimentos processados. E uma chamada pública selecionará 27 universidades públicas e privadas para desenvolverem ações de prevenção, diagnóstico e tratamento da doença no Sistema Único de Saúde (SUS).

Crescimento

As informações disponíveis revelam que o excesso de peso avança no Brasil. Há 10 anos, esses índices de obesos e pessoas com excesso de peso estavam em patamares inferiores: 12,9% e 43,4%, respectivamente. Por isto, cresce a importância do Dia de Combate à Obesidade: lembrar a importância da luta contra um distúrbio que afeta as vidas de um número cada vez maior de pessoas.

Para saber a situação de cada pessoa, um especialista calcula o Índice de Massa Corporal, que leva em conta o peso e a altura, além da idade. Assim, é possível saber se ela possui excesso de peso ou se está obesa e em qual grau.

No mundo, a situação também preocupa: já são 672 milhões de adultos obesos (um a cada oito indivíduos), segundo relatório divulgado neste ano pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). Diante deste quadro, são essenciais as políticas públicas que busquem frear o avanço da obesidade e do sobrepeso.

Mudança de hábitos

Sozinhas, as iniciativas do poder público não são capazes de reduzir as taxas de obesidade e sobrepeso. Elas devem ser acompanhadas por uma mudança nos hábitos da população, fenômeno que já pode ser visto no Brasil. “Se você prepara sua cabeça para aquilo antes de começar, você não deixa aquilo te derrubar”, afirmou Lana.

De acordo com dados da a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), o consumo de refrigerantes e bebidas açucaradas caiu 52,8% entre 2007 e 2017. Além disso, a prática de atividade física no tempo livre cresceu 24,1% desde 2009.

Mesmo assim há um caminho considerável a se percorrer. E a falta de informações é uma delas. “Eu vejo, hoje, pacientes que têm acesso à informação, mas que não sabem a diferença de um carboidrato para uma proteína, coisas básicas. E aí acabam fazendo a escolha errada não porque eles não querem mudar, mas porque não sabem”, disse a terapeuta ortomolecular e especialista em disfunções metabólicas Ana Carolina Candia.

Prioridade

O público infantil é prioridade das ações de combate à obesidade no Brasil. As medidas de maior destaque para essa parcela da população são o programa Crescer Saudável, voltado à prevenção e controle da obesidade infantil nos municípios com maior prevalência de excesso de peso em crianças de dois a dez anos de idade, e o Programa Saúde na Escola, que estimula a alimentação saudável e as atividades físicas em mais de 85 mil escolas do País.

“Quando uma criança é acostumada, antes dos dois anos, a consumir alimentos com muito sal, gordura e açúcar, as papilas gustativas ficam acostumadas com hiperpalatabilidade, com um sabor muito forte”, afirmou a coordenadora geral de Alimentação e Nutrição do departamento de atenção básica do Ministério da Saúde, Michele Lessa.

Por isso, a adoção de hábitos saudáveis durante os primeiros anos de vida é fundamental para a diminuição dos índices de obesidade e sobrepeso. Sem os cuidados, segundo a coordenadora, a probabilidade de uma criança virar um adulto obeso é de 50% – no caso dos adolescentes, o índice sobe para 80%.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Saúde

Dor de cabeça pode ser causada por abuso de analgésico, alerta médico

Publicado

em


Um tipo de cefaleia desconhecida pela população, mas cada vez mais frequente nos consultórios médicos, é a dor de cabeça provocada por uso excessivo de analgésicos. O caso foi apresentado nesta semana no Congresso Brasileiro e Panamericano de Neurologia, na capital paulista.

Segundo Márcio Nattan Portes Souza, neurologista do Hospital das Clínicas de São Paulo, o paciente que sofre constantemente com dores de cabeça e passa a abusar da medicação pode desenvolver ainda mais cefaleia.

AnuncianteCirco Mágico

“A gente observa que o paciente sabe disso, que começa a diminuir o efeito do analgésico. Então, antes [a dor de cabeça] melhorava completamente, agora não melhora tanto. Antes, ele [o paciente] ficava três dias sem dor depois que tomava um analgésico, agora ele fica meio dia e a dor volta”, disse o médico.

O especialista lembra que, por ser um desconforto comum entre a população, poucas pessoas procuram ajuda médica, o que só piora o problema. “A Sociedade Brasileira de Neurologia recomenda que em casos de mais de três dias com dor de cabeça por mês ou de mais de três meses de dores de cabeça frequentes, é preciso procurar a ajuda de um neurologista”.

Tratamento

Além da conscientização do paciente para eliminar os abusos, existe o tratamento contínuo que evita o surgimento das dores. “Quando você está fazendo o tratamento profilático, você toma uma medicação todos os dias. Em quatro semanas, começa a diminuir a frequência da dor de cabeça. Sem esse tratamento, principalmente para quem tem dor muito frequente, não há como melhorar”, esclarece o médico.

Ele recomenda também uma reflexão sobre os hábitos. Nattan sugere que o paciente invista em atividade física, na redução do peso (para obesos), melhora do sono, no combate ao estresse e tratamento dos sintomas de depressão e ansiedade. A meditação também pode ser uma boa aliada.

Enxaqueca

O especialista explica que a enxaqueca tem influência genética e que o gatilho nem sempre é a causa do problema. Gatilhos são fatores desencadeadores das dores, sendo os mais comuns a ingestão de chocolate, alimentos embutidos, enlatados e bebidas alcóolicas, especialmente o vinho tinto com alto teor de tanino. A cafeina (presente no café, refrigerante de cola e energético) é contraditória, pois pode tanto auxiliar no tratamento, quanto servir como gatilho na piora da dor.

Quando a cefaelia dura mais de 15 dias (com oito dias de características típicas da doença), em um mês já pode ser considerada crônica. Essa forma mais grave de cefaleia afeta 15% da população mundial e é responsável por 20% dos dias perdidos no trabalho nos Estados Unidos. Entre os que sofrem de enxaqueca, o abuso de analgésicos também é presente – de 25% a 50% dos pacientes fazem uso excessivo desses medicamentos.

Sinais de perigo

Dor de cabeça pode ser sintoma de uma doença mais grave. “A dor de cabeça ser forte, em si, não significa sinal de alarme. Mas quando a dor de cabeça começa subitamente e, em poucos segundo já está extremamente intensa, é chamada de trovoada. Parece que está explodindo a cabeça. A pessoa não deve marcar consulta e sim ir para o Pronto-Socorro”, alerta o médico.

Ouros sinais citados por Nattan são desmaio, dor de cabeça diferente do habitual e associada a febre. Além disso, pessoas com mais de 50 anos, sem histórico de dores, devem se preocupar se apresentar os sintomas. Pacientes transplantados ou com doenças imunodepressoras também devem ficar atentos.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS

error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998