Connect with us

EXCLUSIVO

Regional Press entrevista mulher que acusa marido de estuprar filha adolescente, horas antes da família fugir da cidade. Ele não ficou detido

da Redação

Publicado

em



O aposentado S.F.C., de 45 anos, detido na tarde deste sábado sob acusação de estupro, cárcere privado, ameaça, injúria e violência doméstica vai aguardar o processo em prisão domiciliar. A reportagem do Regional Press entrevistou a mulher que fez as acusações, inclusive com apresentação de vídeo à polícia, horas antes dela fugir de Araçatuba com as duas filhas, neste domingo. O acusado, que já sofreu dois AVCs (Acidente Vascular Cerebral), faz tratamento de fisioterapia e toma muitos medicamentos. Ele é padrasto da menina a qual a mãe diz ser vítima de estupro.

A equipe do Regional Press encontrou a mulher, uma diarista de 41 anos, na casa de uma amiga dela. As duas filhas ficaram em um dos quartos, para não ouvir detalhes do relato. A adolescente abusada é filha dela e enteada do acusado. Já a menina mais nova, de 13 anos, é filha do casal, que mora junto há 14 anos.

A diarista contou que tinha um casal de filhos, o jovem hoje com 20 anos e a menina de 16, quando em 2004 conheceu o acusado, no litoral sul paulista, onde ele morava e trabalhava com mecânico. A família do acusado é de Araçatuba e na mudou para o litoral por conta do serviço da mãe dele, funcionária pública.

Na época o homem assumiu o casal de filhos da diarista, e ambos tiveram mais uma filha. Ela conta que o marido tinha envolvimento com o tráfico e era usuário de drogas. No entanto, nunca conseguiu se separar, porque toda vez que tentava ir embora de casa ele ia atrás e forçava a volta no relacionamento.

A mulher disse que há quatro anos não se relacionava mais sexualmente com o marido. De acordo com ela, alguns parentes chegaram a suspeitar que ele poderia estar abusando da enteada, mas ela nunca desconfiou, mesmo porque a menina não falava nada.

No primeiro semestre deste ano o homem teve dois AVCs em menos de um mês, e ficou com graves sequelas. A mulher, já não aguentando mais cuidar dele sozinha, inclusive por conta das grosserias, mesmo estando acamado, pediu ajuda para a sogra e ambos vieram do litoral para Araçatuba, onde há quatro meses estavam morando em uma chácara.

Segundo ela, quando o marido saia ele trancava tudo na chácara e ela era proibida de sair sozinha. “Eu só saia com a mãe dele. O estranho é que ele sempre queria sair levando minha filha, até para ir na fisioterapia”, relatou.

Já desconfiada, ela colocou um telefone celular escondido no banheiro, e para sua surpresas, acabou gravando parte dos abusos. No celular, ficou registrada imagem do acusado tentando beijar a enteada no banheiro, além de esfregar as mãos nas partes íntimas da menina. Temendo que as imagens fossem apagadas, ela enviou para o filho. O telefone, quando ela mostrou ao marido as gravações, foi quebrado. Como ela teve a precaução de enviar o vídeo ao filho, a gravação ficou registrada no aplicativo e no celular do rapaz. Em conversa com a menina, ela relatou e partes os abusos sofridos e disse que isso acontecia desde os 12 anos de idade.

Diante dos fatos, a mulher decidiu planejar a fuga de Araçatuba. Para isso contou com a ajuda de uma conhecida da família, que se prontificou a dar um apoio. Combinara de sair e levar as crianças para passear, mas essa seria uma saída sem volta.

Quando o homem saiu da chácara, ela pegou os pertences, as duas filhas e saiu com a amiga da família. O destino já estava planejado. No entanto, quando ele retornou a chácara, viu que os pertences da mulher não estavam mais no local, como escovas de cabelo, roupas e pertences das crianças.

O homem, que não pode dirigir devido a dificuldade física que tem como sequela do AVC, pegou um Uber e foi até a casa da amiga da família. Impedido de entrar, começou a fazer ameaças em frente à casa, no Jardim Brasil.

A Polícia militar foi acionada e a mulher acabou contando toda a história. Todos foram ao plantão policial. O mecânico foi detido e encaminhado a audiência de custódia, onde, na manhã deste domingo, a Justiça determinou que ele cumpra prisão domiciliar enquanto aguarda julgamento do processo.

A diarista contou que teve acesso ao depoimento da filha e ficou chocada com os relatos da menina, que nunca contou nada temendo as ameaças e também por vergonha da mãe. A menina, segundo a mulher, sofria vários tipos de abuso, incluindo relações sexuais de todas as formas.

“Eu me sinto muito culpada. Me sinto culpada por não ter percebido nada disso antes. Por não ter me atentado quando parentes me falaram que ela poderia estar sofrendo abuso. Eu sou culpada”, lamentou a diarista, aos prantos. Ainda neste domingo, após a entrevista, ela iria deixar a cidade com as filhas, temendo pela vida de ambas, já que o homem não está na cadeia. A menina passou por exame no IML e também por atendimento médico no pronto-socorro. Agora a mulher quer recomeçar a vida longe do, agora, ex-companheiro.

Deixe sua opinião

Fonte:

Últimas Notícias

Mulher bate o carro em rodovia de Araçatuba após ser ‘fechada’ por carreta

Alex Mesmer

Publicado

em

Acidente ocorreu no final da noite desta terça-feira (19) na rodovia Elyeser Montenegro Magalhães, em Araçatuba

Uma mulher de 38 anos ficou ferida após bater o carro que dirigia em uma defensa de concreto na rodovia Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463), em Araçatuba.

O acidente ocorreu no final da noite de ontem (19) na pista sentido Santo Antônio do Aracanguá a Araçatuba. A vítima, que sofreu ferimentos na cabeça e na perna, passaria a noite internada na Santa Casa de Araçatuba. O estado de saúde é considerado estável.

De acordo com as primeiras informações, a mulher teria perdido o controle da direção ao ser fechada por uma carreta, ainda não identificada.

Descontrolado, o carro bateu na mureta de concreto que separa as pistas da rodovia, na altura do quilômetro 46.

A motorista foi socorrida pela equipe de resgate do Corpo de Bombeiros. O carro ficou bastante danificado. A Polícia Militar Rodoviária isolou parte da pista até a remoção do veículo. O acidente será apurado pela Polícia Civil.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Câmara

Regulamentação de veículos de tração animal será votada nesta terça, em Birigui

Alex Mesmer

Publicado

em

Vereadora Carla Bianchi indicou projeto ao prefeito Cristiano Salmeirão/ Arquivo Folha da Região

A Câmara de Birigui votará na noite desta terça-feira, 19, um projeto de autoria do prefeito Cristiano Salmeirão (PTB), após indicação da vereadora Carla Bianchi (PSD) que regulamenta os veículos de tração animal no município. A proposta apresenta algumas modificações em relação à primeira, protocolizada no ano passado, que foi retirada de tramitação.

Uma das alterações foi em relação ao período em que o proprietário tem que levar seu animal para passar por exames, feitos por veterinário da prefeitura, para verificar se ele está em boas condições de saúde e se não está sendo levado a esforço físico inadequado. Anteriormente, o dono do animal teria que levá-lo a cada quatro meses.

Na nova propositura, esse prazo foi estendido para seis meses.

Também foi acrescentado a esse artigo a proibição de uso de chicote ou qualquer tipo de objeto que maltrate o animal.

Permanecem na lei a obrigação de o proprietário realizar o tratamento do animal, caso fique constatado que ele não está em boas condições de saúde; e a exigência de o proprietário cuidar do animal quando ele não puder mais servir ao trabalho, com alimento, medicação e manutenção em local apropriado e limpo.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

apuração

OS abre sindicância para investigar médica que negou atendimento a menino de oito anos no PSM

Alex Mesmer

Publicado

em

A Organização Social Irmandade Santa Casa de Birigui, que administra os serviços de urgência e emergência de Araçatuba, informou que abriu uma sindicância para investigar o caso de uma médica que teria se negado a atender uma criança de oito anos de idade no pronto-socorro municipal.

A denúncia foi feita pela mãe do menino, que é autista. Ela procurou a polícia na noite desta segunda-feira (18) para registrar um boletim de ocorrência. À polícia, ela disse que a médica não estava em atendimento e jogava no celular no momento em que pediu para que a profissional atendesse seu filho.

“A Organização Social de Saúde lamenta o fato ocorrido. A direção da OS, juntamente com a coordenação pediátrica, tomará medidas administrativas relacionadas aos fatos, após apuração de uma sindicância interna que já foi instaurada”, informou a Irmandade, por meio de nota.

A entidade admitiu que a médica estava no consultório pediátrico e ressaltou que a orientação aos profissionais é para que as crianças maiores de seis anos sejam atendidas, caso não haja consulta na faixa etária estabelecida no contrato de gestão firmado entre a OS e a Prefeitura.

Pelo contrato, os médicos devem atender, prioritariamente, as crianças de zero a seis anos de idade. Quanto ao uso do celular, os fatos já estão sendo apurados, informou a Organização Social.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

TRANSPORTES

Araçatuba mobiliza região na tentativa de atrair empresa aérea

Fabio Shiz

Publicado

em

A Prefeitura de Araçatuba iniciou movimento regional junto a
prefeitos, empresários e setores interessados da região com objetivo de
atrair a Gol Linhas Aéreas a operar no Aeroporto Internacional Dario
Guarita. A reunião dessas lideranças de setor está programada para
sexta-feira (22), no Salão Azul do Paço Municipal, às 15h.

O prefeito Dilador Borges desenvolve, até sexta-feira, contato direto com
43 municípios da região de Araçatuba e o secretário municipal Marcelo
Astolphi Mazzei, que comanda as pastas de Turismo, de Desenvolvimento
Agroindustrial e de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho,
articula a manifestação do empresariado local e regional, dos diversos
setores de produção, comércio e serviços.

Na semana passada, o prefeito e equipe estiveram em São Paulo em
encontro com membros da empresa Gol Linhas Aéreas e outras autoridades,
apresentando Araçatuba e região para a companhia. Segundo Mazzei, a empresa
ficou bastante impressionada e as tratativas estão em ritmo acelerado.

Participaram da reunião na capital o presidente da Gol, Paulo Sérgio
Kakinoff; o vice-presidente de Vendas e Marketing, Eduardo Bernardes Neto;
o diretor executivo de Relações Institucionais e Sustentabilidade, Claudio
Neves Borges; o especialista em Relações Institucionais, Marcos Tognato da
Silva; o diretor adjunto da FIESP, José Vitor Mamede; o presidente do
SIRAN, Fabio Brancato; o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico
e Relações do Trabalho, Marcelo Mazzei, e os diretores da secretaria de
Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho de Araçatuba, Arnaldo
Vieira Filho e Celso Gatto.

“Prefeitura, empresários, população em geral, temos que mostrar que
queremos mais, que temos demanda para esse crescimento. A hora de nos
engajarmos é agora. A sociedade clama por esta oportunidade há muitos anos
e tem que se envolver efetivamente, mostrando a força socioeconômica da
região”, convoca o prefeito.

“O Nosso empenho é mostrar, mais uma vez, que Araçatuba pode centralizar e,
ao mesmo tempo, contribuir para o desenvolvimento da região. Empresas do
porte da Gol representam o reconhecimento da nossa região como pólo de
investimento e expansão de negócios e isso nós precisamos mostrar, porque
temos essa força”, concorda o secretário Mazzei.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS