Fique Conectado

ACIDENTE

Avião com 164 passageiros pega fogo em pouso na Rússia. Veja vídeo

Pelo menos 18 pessoas ficaram feridas no acidente. Um funcionário do aeroporto morreu de infarto quando tentava resgatar as vítimas

Publicado

em

Anunciante

Pelo menos 18 pessoas ficaram feridas em um acidente com um Boeing 737, da companhia aérea russa Utair. A aeronave transportava 164 passageiros, seis tripulantes e pegou fogo após pousar no aeroporto de Sochi vindo de Moscou, neste sábado (1º/9).

Entre os feridos, segundo as agências internacionais, estão três crianças. Um funcionário do aeroporto morreu de ataque cardíaco no local durante as operações de resgate. A informação foi confirmada pelo Ministério do Transporte da Rússia.

AnuncianteClínica Fornari

Durante o pouso, chovia e ventava muito. O avião patinou e, desgovernado, começou a perder partes da fuselagem até pegar fogo. Alguns dos feridos tiveram queimaduras e outros sofreram intoxicação por conta da fumaça.

Deixe sua opinião

METRÓPOLES
Anunciante

RADICAL

Confira como foi o Mega Encontro de Paramotor 2018 em Araçatuba

Publicado

em

O evento reuniu 461 pilotos de 14 estados, além do Paraguai, Uruguai, Argentina e Bolívia. O vento não ajudou e não foi possível quebrar o recorde mundial, que continua com a Argentina, com 224 pilotos que voaram ao mesmo tempo. Foi uma grande festa para os pilotos e público de toda a região que lotou as dependências do Clube de Paramotor. Assista:

AnuncianteClínica Fornari

Deixe sua opinião

Continue Lendo

EXCLUSIVO

Regional Press entrevista mulher que acusa marido de estuprar filha adolescente, horas antes da família fugir da cidade. Ele não ficou detido

Publicado

em

MEDO: Mulher e as duas filhas iriam embora de Araçatuba ainda neste domingo, após a entrevista. Foto: Regional Press

O aposentado S.F.C., de 45 anos, detido na tarde deste sábado sob acusação de estupro, cárcere privado, ameaça, injúria e violência doméstica vai aguardar o processo em prisão domiciliar. A reportagem do Regional Press entrevistou a mulher que fez as acusações, inclusive com apresentação de vídeo à polícia, horas antes dela fugir de Araçatuba com as duas filhas, neste domingo. O acusado, que já sofreu dois AVCs (Acidente Vascular Cerebral), faz tratamento de fisioterapia e toma muitos medicamentos. Ele é padrasto da menina a qual a mãe diz ser vítima de estupro.

A equipe do Regional Press encontrou a mulher, uma diarista de 41 anos, na casa de uma amiga dela. As duas filhas ficaram em um dos quartos, para não ouvir detalhes do relato. A adolescente abusada é filha dela e enteada do acusado. Já a menina mais nova, de 13 anos, é filha do casal, que mora junto há 14 anos.

AnuncianteClínica Fornari

A diarista contou que tinha um casal de filhos, o jovem hoje com 20 anos e a menina de 16, quando em 2004 conheceu o acusado, no litoral sul paulista, onde ele morava e trabalhava com mecânico. A família do acusado é de Araçatuba e na mudou para o litoral por conta do serviço da mãe dele, funcionária pública.

Na época o homem assumiu o casal de filhos da diarista, e ambos tiveram mais uma filha. Ela conta que o marido tinha envolvimento com o tráfico e era usuário de drogas. No entanto, nunca conseguiu se separar, porque toda vez que tentava ir embora de casa ele ia atrás e forçava a volta no relacionamento.

A mulher disse que há quatro anos não se relacionava mais sexualmente com o marido. De acordo com ela, alguns parentes chegaram a suspeitar que ele poderia estar abusando da enteada, mas ela nunca desconfiou, mesmo porque a menina não falava nada.

No primeiro semestre deste ano o homem teve dois AVCs em menos de um mês, e ficou com graves sequelas. A mulher, já não aguentando mais cuidar dele sozinha, inclusive por conta das grosserias, mesmo estando acamado, pediu ajuda para a sogra e ambos vieram do litoral para Araçatuba, onde há quatro meses estavam morando em uma chácara.

Segundo ela, quando o marido saia ele trancava tudo na chácara e ela era proibida de sair sozinha. “Eu só saia com a mãe dele. O estranho é que ele sempre queria sair levando minha filha, até para ir na fisioterapia”, relatou.

Já desconfiada, ela colocou um telefone celular escondido no banheiro, e para sua surpresas, acabou gravando parte dos abusos. No celular, ficou registrada imagem do acusado tentando beijar a enteada no banheiro, além de esfregar as mãos nas partes íntimas da menina. Temendo que as imagens fossem apagadas, ela enviou para o filho. O telefone, quando ela mostrou ao marido as gravações, foi quebrado. Como ela teve a precaução de enviar o vídeo ao filho, a gravação ficou registrada no aplicativo e no celular do rapaz. Em conversa com a menina, ela relatou e partes os abusos sofridos e disse que isso acontecia desde os 12 anos de idade.

Diante dos fatos, a mulher decidiu planejar a fuga de Araçatuba. Para isso contou com a ajuda de uma conhecida da família, que se prontificou a dar um apoio. Combinara de sair e levar as crianças para passear, mas essa seria uma saída sem volta.

Quando o homem saiu da chácara, ela pegou os pertences, as duas filhas e saiu com a amiga da família. O destino já estava planejado. No entanto, quando ele retornou a chácara, viu que os pertences da mulher não estavam mais no local, como escovas de cabelo, roupas e pertences das crianças.

O homem, que não pode dirigir devido a dificuldade física que tem como sequela do AVC, pegou um Uber e foi até a casa da amiga da família. Impedido de entrar, começou a fazer ameaças em frente à casa, no Jardim Brasil.

A Polícia militar foi acionada e a mulher acabou contando toda a história. Todos foram ao plantão policial. O mecânico foi detido e encaminhado a audiência de custódia, onde, na manhã deste domingo, a Justiça determinou que ele cumpra prisão domiciliar enquanto aguarda julgamento do processo.

A diarista contou que teve acesso ao depoimento da filha e ficou chocada com os relatos da menina, que nunca contou nada temendo as ameaças e também por vergonha da mãe. A menina, segundo a mulher, sofria vários tipos de abuso, incluindo relações sexuais de todas as formas.

“Eu me sinto muito culpada. Me sinto culpada por não ter percebido nada disso antes. Por não ter me atentado quando parentes me falaram que ela poderia estar sofrendo abuso. Eu sou culpada”, lamentou a diarista, aos prantos. Ainda neste domingo, após a entrevista, ela iria deixar a cidade com as filhas, temendo pela vida de ambas, já que o homem não está na cadeia. A menina passou por exame no IML e também por atendimento médico no pronto-socorro. Agora a mulher quer recomeçar a vida longe do, agora, ex-companheiro.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

VÍDEO

Eduardo Costa diz ganhar menos que mulheres e critica Renata Vasconcellos

Publicado

em

Conhecido apoiador do candidato Jair Bolsonaro, o cantor sertanejo Eduardo Costa gravou um vídeo criticando a jornalista Renata Vasconcellos, que entrevistou o presidenciável pelo PSL na última terça-feira(28), no Jornal Nacional.

Nas imagens ele começa destacando sua origem humilde e diz que sempre ganhou menos que outras mulheres. Ressaltando que “não é machista”, ele lamentou o fato das mulheres estarem dominando o sertanejo atualmente.

AnuncianteClínica Fornari

O cantor também faz questão de frisar que não concorda com tudo que Bolsonaro prega.

Veja o vídeo acima.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

ASSISTA

Mulher prensada por caminhonete deve deixar UTI nesta tarde. Justiça decreta prisão de motorista

Publicado

em

A comerciante Eliane Negrelli, de 44 anos, atropelada e prensada propositalmente pelo motorista de uma caminhonete F-250, na noite de sábado, em frente ao seu estabelecimento comercial em Buritama, deve deixar a UTI da Santa Casa de Araçatuba ainda na tarde desta terça-feira, mesmo dia em que a Justiça decretou a prisão temporária do motorista, identificado como Isac Alexandre Gaspar Pinto.

Eliane foi socorrida em estado grave após ter sido atropelada. Ela sofreu múltiplas fraturas na bacia e esmagamento em um dos joelhos, passou por cirurgias e foi internada na UTI. A reportagem do Regional Press apurou junto a assessoria de imprensa da Santa Casa, que a paciente teve melhora, o quadro clínico já é estável e ainda hoje ela deve ser transferida para um quarto convencional.

AnuncianteClínica Fornari

Nesta segunda-feira a Polícia Civil mudou a qualificação do crime de lesão corporal para tentativa de homicídio qualificado, e pediu a prisão temporária do acusado, deferida nesta terça-feira pela Justiça. Como o motorista não se apresentou, passa a ser procurado.

Segundo a polícia, o crime aconteceu depois que a porta do estabelecimento foi fechada para o suspeito. Antes disso, amigos do suspeito brigaram no local. O homem discutiu com várias pessoas que estavam no local, entrou na caminhonete e atropelou a mulher que estava na frente do prédio. A mulher ficou prensada entre o veículo e a parede do prédio. O motorista fugiu sem prestar socorro. O impacto foi tão forte que destruiu a parede.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS

error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998