Fique Conectado

Várias passagens

Adolescente de 14 anos furta 50 cartelas de SP CAP no Jardim das Oliveiras

Os policiais localizaram as cartelas escondidas na casa do adolescente, sob telhas no quintal do imóvel.

Publicado

em

(Sílvio Romeiro/Regional Press)
Anunciante

Um adolescente de 14 anos foi apreendido na manhã desta quinta-feira (09) após furtar 50 cartelas de jogo da SP CAP, avaliadas em R$ 1.250, na Rua Francisco Félix Ferreira Neto, no bairro Jardim das Oliveiras, em Araçatuba.

A vítima, um homem de 35 anos, relatou ao Regional Press que estava em frente sua residência, em contato com um cliente, quando o menor passou de bicicleta e pegou as 50 cartelas que estavam expostas sobre uma mesa e fugiu.

AnuncianteCirco Mágico

O homem tentou correr atrás do acusado mas não conseguiu alcançar.

Minutos depois o adolescente retornou e devolveu parte das cartelas, porém ficaram faltando 11 unidades. Questionado a respeito do restante, o acusado fugiu novamente tomando rumo ignorado.

PM localizou as cartelas escondidas na casa do menor. (Thiago Augusto/Regional Press)

A Polícia Militar foi acionada e compareceu no local os policiais Cb Sônego e Sd Aguiar (equipe Delta). Após tomar ciência dos fatos, os militares realizaram diligências nas imediações e conseguiram localizar o adolescente.

Indagado, o mesmo a princípio negou participação no furto. Em buscas em sua residência, os policiais encontraram as cartelas furtadas escondidas em baixo de telhas no quintal do imóvel.

Diante dos fatos, o adolescente foi encaminhado ao plantão policial e autuado em flagrante por ato infracional de furto.

Adolescente com passagens por furto, lesão corporal e roubo a mão armada foi ouvido e liberado. (Sílvio Romeiro/Regional Press)

O menor com apenas 14 anos já possui diversas passagens pela polícia, entre elas, lesão corporal, furto e roubo a mão armada.

O conselho tutelar foi acionado para acompanhar de perto a apresentação do menor.

Ele foi ouvido pela autoridade de plantão e posteriormente liberado.

Deixe sua opinião


Regional Press

Investigação

Dani Bumbum injetava silicone de carro em clientes

Publicado

em


suspeita de ter realizado preenchimento nos glúteos e nos lábios da microempresária Fernanda do Carmo de Assis, de 29 anos, que morreu no último dia 4, nove dias depois de fazer o procedimento, injetava silicone industrial nas clientes, ao invés de metacril, e cobrava R$ 3,5 mil, segundo ex-cliente.

Ainda de acordo com ela, Danielle Cândido Cardoso, conhecida como Dani Bumbum ou Dani Sereia, não atuava sozinha.

AnuncianteCirco Mágico

A informação foi fornecida por uma das vítimas, que não quis se identificar. A dona de casa, de 39 anos, injetou um litro e meio do produto nos glúteos em 2016.

Outra vítima também confirmou em depoimento que Dani Bumbum atuava com uma auxiliar. Nos dois casos, o procedimento foi feito nas casas das clientes.

“A Danielle foi duas vezes na minha casa, fazer o procedimento. Primeiro, coloquei um litro e, após uma semana, mais meio litro. Numa dessas vezes, uma menina ajudou a Dani. Ela pegava as seringas e puxava o líquido. Passava em seguida para Danielle, que injetava o produto. Em nenhum momento ela falou que era silicone industrial. Dizia que era metacril. Se ela tivesse falado a verdade não faria. Não ia colocar no meu corpo um produto usado no pneu de um carro. A gente fica revoltada. Estou com sequelas. Além da dor, não consigo ficar muito tempo em pé. Espero que ela pague na Justiça pelo que fez. Eu ainda estou viva, mas a Fernanda morreu”, contou a dona de casa.

Após a prisão temporária de Danielle Cândido Cardoso ter sido decretada pela Justiça, ela se apresentou à 31ª DP, na terça-feira (16), acompanhada de um advogado. Pouco depois, Dani Bumbum passou mal e foi encaminhada para a UPA de Ricardo de Albuquerque.

Já nessa quarta-feira (17), ela foi transferida para a Cadeia Pública José Frederico Marques, na Zona Norte do Rio. Nos próximos dias, ela deve ser transferida para outra unidade prisional.

Danielle vai responder por homicídio, por conta da morte de Fernanda, e exercício ilegal da medicina. Se condenada, ela pode pegar até 30 anos de prisão.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

SANTA FÉ

Caminhoneiro de 32 anos morre após levar pedrada em rodovia

Publicado

em


O caminhoneiro Jailson Miranda da Silva, de 32 anos, morreu nesta quarta-feira (17), depois de ser atingido por uma pedra enquanto dirigia. O caso aconteceu na rodovia Euclides da Cunha, em Santa Fé do Sul.

Segundo a polícia, ele estava perto do distrito industrial da cidade, quando a pedra quebrou o vidro e atingiu a cabeça dele.

AnuncianteCirco Mágico

Silva chegou a ser encaminhado para a Santa Casa da cidade, mas não resistiu ao ferimento.

O corpo dele seria levado para a Grande São Paulo, onde morava.

O caso foi registrado na delegacia da cidade e um inquérito foi aberto para apurar o caso. Até agora, ninguém foi detido.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

REGIÃO

Mãe e filha morrem em acidente entre carro e caminhão em rodovia de Olímpia

Publicado

em

Mãe e filha morrem em acidente entre carro e caminhão em rodovia de Olímpia — Foto: Arquivo Pessoal

Mãe e filha morreram em um acidente na Rodovia Assis Chateaubriand, em Olímpia (SP), nesta quarta-feira (17).

De acordo com as informações da Polícia Rodovária Estadual, o carro onde as vítimas estavam trafegava sentido Guapiaçu (SP) quando invadiu a pista contrária e bateu na lateral de um caminhão.

AnuncianteCirco Mágico

Marlene Aparecida Figueiredo Marinho, de 66 anos, morreu no local do acidente. Ana Paulista Figueiredo Marinho, de 39, chegou a ser socorrida mas não resistiu aos ferimentos.

As vítimas são de Altair (SP) e serão enterradas na cidade nesta quinta-feira (18).

Mãe e filha morrem em acidente entre carro e caminhão em rodovia de Olímpia — Foto: Arquivo Pessoal

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MORTE SUSPEITA

Gestante perde bebê e morre após procedimento para indução de parto

Publicado

em


Uma gestante de 30 anos, moradora em Valparaiso, morreu na madrugada desta quinta-feira na Santa Casa de Araçatuba, para onde havia sido transferida após complicações em um procedimento para indução de parto normal, para retirada do feto de 39 semanas que estava sem vida.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher foi até uma unidade de saúde no município onde reside para exames de rotina, quando o médico não constatou as batidas cardíacas do feto, e encaminhou a mulher para a Santa casa de Valparaíso. No hospital, foi constatado que o feto estava sem vida, e a equipe médica realizou procedimento para indução de parto normal.

AnuncianteCirco Mágico

A mulher teve complicações e sofreu uma hemorragia e parada cardiorrespiratória. A mãe dela disse à polícia que sua filha não tinha nenhum problema de saúde e já tinha dois filhos. Por volta de 1h a mulher foi transferida para a Santa Casa de Araçatuba, onde veio a óbito por volta das 3h. O corpo da gestante foi encaminhado para exame no IML. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS

error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998