Connect with us

MEIO AMBIENTE

Com conceito inovador e sustentável, condomínio reduzirá em aproximadamente 9% o déficit arbóreo de Araçatuba

Fabio Shiz

Publicado

em



Na contramão da realidade de Araçatuba, que vive atualmente um déficit de cerca de 38 mil árvores, o empreendedor Jamil Buchalla lançou em dezembro de 2017 um loteamento com um projeto florestal ambiental ousado e único no Estado de São Paulo. Trata-se do Residencial Vila Madalena, localizado na via Olegário Ferraz, na região norte da cidade de Araçatuba.

O empreendimento é um sucesso, com mais de 80% dos lotes vendidos e é um dos destaques da 59ª Exposição Agropecuária de Araçatuba, popularmente conhecida como Expô Araçatuba. No estande, os visitantes podem conferir a maquete que apresenta todos os detalhes do empreendimento e ao se cadastrarem podem concorrer a um IPhone 8.

Conheça o projeto

Segundo a consultoria responsável pelo projeto de distribuição e implantação da arborização e do reflorestamento no condomínio, o conceito é inovador, vinculado às necessidades, demandas, lazer e deleite da população. Um dos grandes destaques é a questão da arquitetura florestal, que pode ser exemplificado como, dentre alamedas floridas, matas e bosques nativos que climatizam o ambiente e são visitados por pássaros, além de tudo contribuem com a ecologia regional, juntos com pomares urbanos, que são árvores frutíferas e não necessitam dos mesmos cuidados que um pomar produtivo, mais adaptado à região e ao clima, permitirá aos moradores o prazer de apreciar frutas.

Para isso, está previsto o plantio de espécies nativas como o araçá-roxo, pitangueiras, e também amoreiras, goiabeiras, mangueiras, jabuticabeiras, cajá-manga, caju e acerola.

SEMPRE FLORIDO

Outra característica do projeto é o efeito paisagístico diferenciado, explica o empreendedor responsável Jamil Buchalla. “Serão organizadas alamedas específicas, com determinadas espécies florestais e que trarão um efeito único na época de florada. Será possível encontrar espécies florestais de cerrado e mata atlântica, algumas delas com grande apelo de beleza. Numa determinada época florescerá uma espécie do cerrado, em outra, a de mata atlântica, etc. Dessa maneira, o ano inteiro terá uma árvore florida, proporcionando um aspecto paisagístico contínuo”, detalha Buchalla.

Também haverá um maciço florestal, onde os moradores terão uma verdadeira mata, que atrairá várias espécies de aves, mas com a segurança de não se deparar com uma onça, por exemplo, uma vez que os limites da área do condomínio serão cercados. Nessa mata terá trilhas para caminhadas e algumas das espécies de árvores que serão apreciadas durante o passeio, tais como: cedros, seringueiras, catiguás, guarirobas, aldragos, angicos-vermelhos, jacarandás-do-campo, oitis, jerivás, capixingui e diversas espécies de ipês. A expectativa de plantio é de quase 3.426 árvores, de aproximadamente 80 espécies diferentes.

VIVER MELHOR

Com 44% dos lotes agrupados em vilas, proporcionará baixa circulação de veículos e ruas tranquilas. Também terá áreas verdes com praças temáticas espalhadas por todo o condomínio, oferecendo o contato constante com a natureza. Buchalla também detalha que os benefícios ultrapassam a estética do residencial. “Quando a pessoa entrar no Vila Madalena, ela já perceberá que existe um diferencial, que os moradores têm o privilégio de abrir a porta da casa e se depararem com uma área verde. Depois vem um ambiente favorável ao lazer das crianças, com árvores frutíferas e espaços para fazer piquenique. Há um apelo ao esporte para todas as idades, onde as trilhas que atravessarão toda a mata e ligarão aos trechos de acesso de outras áreas, estimulam à caminhadas leves e plenas, em ambientes florestais”, explica o empreendedor.

O verde em abundância trará benefícios que ultrapassam a estética e trazem alívio ao araçatubense que deseja viver com mais qualidade de vida com menos calor e melhor ambiente. “Vários estudos comprovam que regiões próximas de maciços florestais usufruem de um efeito de ‘ar-condicionado natural’, pois as árvores formam um sistema de melhoria na temperatura. Então, as pessoas poderão ter até 10ºC a menos que regiões vizinhas; a tendência é a diminuição no uso de ar-condicionado e ventiladores dos moradores. Os benefícios ambientais para a cidade são imensuráveis, já que vivemos um déficit arbóreo urbano de quase 50%”, salienta.

Deixe sua opinião

Fonte:
Anunciante

Últimas Notícias

Mulher bate o carro em rodovia de Araçatuba após ser ‘fechada’ por carreta

Alex Mesmer

Publicado

em

Acidente ocorreu no final da noite desta terça-feira (19) na rodovia Elyeser Montenegro Magalhães, em Araçatuba

Uma mulher de 38 anos ficou ferida após bater o carro que dirigia em uma defensa de concreto na rodovia Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463), em Araçatuba.

O acidente ocorreu no final da noite de ontem (19) na pista sentido Santo Antônio do Aracanguá a Araçatuba. A vítima, que sofreu ferimentos na cabeça e na perna, passaria a noite internada na Santa Casa de Araçatuba. O estado de saúde é considerado estável.

De acordo com as primeiras informações, a mulher teria perdido o controle da direção ao ser fechada por uma carreta, ainda não identificada.

Descontrolado, o carro bateu na mureta de concreto que separa as pistas da rodovia, na altura do quilômetro 46.

A motorista foi socorrida pela equipe de resgate do Corpo de Bombeiros. O carro ficou bastante danificado. A Polícia Militar Rodoviária isolou parte da pista até a remoção do veículo. O acidente será apurado pela Polícia Civil.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Câmara

Regulamentação de veículos de tração animal será votada nesta terça, em Birigui

Alex Mesmer

Publicado

em

Vereadora Carla Bianchi indicou projeto ao prefeito Cristiano Salmeirão/ Arquivo Folha da Região

A Câmara de Birigui votará na noite desta terça-feira, 19, um projeto de autoria do prefeito Cristiano Salmeirão (PTB), após indicação da vereadora Carla Bianchi (PSD) que regulamenta os veículos de tração animal no município. A proposta apresenta algumas modificações em relação à primeira, protocolizada no ano passado, que foi retirada de tramitação.

Uma das alterações foi em relação ao período em que o proprietário tem que levar seu animal para passar por exames, feitos por veterinário da prefeitura, para verificar se ele está em boas condições de saúde e se não está sendo levado a esforço físico inadequado. Anteriormente, o dono do animal teria que levá-lo a cada quatro meses.

Na nova propositura, esse prazo foi estendido para seis meses.

Também foi acrescentado a esse artigo a proibição de uso de chicote ou qualquer tipo de objeto que maltrate o animal.

Permanecem na lei a obrigação de o proprietário realizar o tratamento do animal, caso fique constatado que ele não está em boas condições de saúde; e a exigência de o proprietário cuidar do animal quando ele não puder mais servir ao trabalho, com alimento, medicação e manutenção em local apropriado e limpo.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

apuração

OS abre sindicância para investigar médica que negou atendimento a menino de oito anos no PSM

Alex Mesmer

Publicado

em

A Organização Social Irmandade Santa Casa de Birigui, que administra os serviços de urgência e emergência de Araçatuba, informou que abriu uma sindicância para investigar o caso de uma médica que teria se negado a atender uma criança de oito anos de idade no pronto-socorro municipal.

A denúncia foi feita pela mãe do menino, que é autista. Ela procurou a polícia na noite desta segunda-feira (18) para registrar um boletim de ocorrência. À polícia, ela disse que a médica não estava em atendimento e jogava no celular no momento em que pediu para que a profissional atendesse seu filho.

“A Organização Social de Saúde lamenta o fato ocorrido. A direção da OS, juntamente com a coordenação pediátrica, tomará medidas administrativas relacionadas aos fatos, após apuração de uma sindicância interna que já foi instaurada”, informou a Irmandade, por meio de nota.

A entidade admitiu que a médica estava no consultório pediátrico e ressaltou que a orientação aos profissionais é para que as crianças maiores de seis anos sejam atendidas, caso não haja consulta na faixa etária estabelecida no contrato de gestão firmado entre a OS e a Prefeitura.

Pelo contrato, os médicos devem atender, prioritariamente, as crianças de zero a seis anos de idade. Quanto ao uso do celular, os fatos já estão sendo apurados, informou a Organização Social.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

TRANSPORTES

Araçatuba mobiliza região na tentativa de atrair empresa aérea

Fabio Shiz

Publicado

em

A Prefeitura de Araçatuba iniciou movimento regional junto a
prefeitos, empresários e setores interessados da região com objetivo de
atrair a Gol Linhas Aéreas a operar no Aeroporto Internacional Dario
Guarita. A reunião dessas lideranças de setor está programada para
sexta-feira (22), no Salão Azul do Paço Municipal, às 15h.

O prefeito Dilador Borges desenvolve, até sexta-feira, contato direto com
43 municípios da região de Araçatuba e o secretário municipal Marcelo
Astolphi Mazzei, que comanda as pastas de Turismo, de Desenvolvimento
Agroindustrial e de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho,
articula a manifestação do empresariado local e regional, dos diversos
setores de produção, comércio e serviços.

Na semana passada, o prefeito e equipe estiveram em São Paulo em
encontro com membros da empresa Gol Linhas Aéreas e outras autoridades,
apresentando Araçatuba e região para a companhia. Segundo Mazzei, a empresa
ficou bastante impressionada e as tratativas estão em ritmo acelerado.

Participaram da reunião na capital o presidente da Gol, Paulo Sérgio
Kakinoff; o vice-presidente de Vendas e Marketing, Eduardo Bernardes Neto;
o diretor executivo de Relações Institucionais e Sustentabilidade, Claudio
Neves Borges; o especialista em Relações Institucionais, Marcos Tognato da
Silva; o diretor adjunto da FIESP, José Vitor Mamede; o presidente do
SIRAN, Fabio Brancato; o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico
e Relações do Trabalho, Marcelo Mazzei, e os diretores da secretaria de
Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho de Araçatuba, Arnaldo
Vieira Filho e Celso Gatto.

“Prefeitura, empresários, população em geral, temos que mostrar que
queremos mais, que temos demanda para esse crescimento. A hora de nos
engajarmos é agora. A sociedade clama por esta oportunidade há muitos anos
e tem que se envolver efetivamente, mostrando a força socioeconômica da
região”, convoca o prefeito.

“O Nosso empenho é mostrar, mais uma vez, que Araçatuba pode centralizar e,
ao mesmo tempo, contribuir para o desenvolvimento da região. Empresas do
porte da Gol representam o reconhecimento da nossa região como pólo de
investimento e expansão de negócios e isso nós precisamos mostrar, porque
temos essa força”, concorda o secretário Mazzei.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS