Fique Conectado

bárbarie

Adolescente de 14 anos é morto a pedradas após sair de festa no DF

O corpo de Gabryel Bezerra Pereira foi encontrado em uma rua próxima do local onde ocorria um evento com adolescentes, em Santa Maria

Publicado

em

FACEBOOK/REPRODUÇÃO
Anunciante

Mais um caso bárbaro de violência que terminou em morte no Distrito Federal. Depois de Victor Martins Melo, de 16 anos, e do estudante da Universidade de Brasília Jiwago Henrique de Jesus Miranda, 33, a vítima desta vez é um adolescente de 14 anos, morto por apedrejamento na saída de uma festa em Santa Maria (Distrito Federal).

O corpo de Gabryel Bezerra Pereira foi encontrado na quarta-feira (4/7), em uma rua próxima do local onde ocorria um evento com adolescentes da comunidade. A Polícia Civil identificou outros dois menores como autores do homicídio. Agentes da Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) apreenderam um dos suspeitos.

De acordo com familiares do menino, Gabryel saiu de casa naquela noite e seguiu até uma distribuidora de bebidas. No local, foi convidado por duas amigas para ir a uma festa, em uma residência próxima. Já na casa, o adolescente teria dançado com uma mulher, supostamente namorada de um homem preso na Papuda.

Segundo uma parente do garoto, que preferiu não se identificar, Gabryel foi jogado no chão por um rapaz e ameaçado. “Esse cara disse que o namorado da mulher estava preso, mas ele estava lá para afastar outros homens que se aproximassem dela”, contou a familiar de Gabryel. Após a confusão, a vítima deixou o local, mas foi cercada do lado de fora do evento.

Filipe Fornari

Deixe sua opinião

NOTÍCIAS AO MINUTO
Anunciante

rio de janeiro

Dr. Bumbum e mãe são presos no Rio após quatro dias foragidos

Publicado

em

Denis César, o Dr. Bumbum, e sua mãe, Maria de Fátima, foram presos após informações enviadas ao Disque Denúncia (Foto: Divulgação/Disque Denúncia)

O médico Denis Cesar Barros Furtado, o Dr. Bumbum, e mãe dele, Maria de Fátima Furtado, foram presos na tarde desta quinta-feira (19).

Os dois estavam foragidos desde domingo (15), quando a bancária Lilian Calixto morreu após se submeter a procedimento estético na casa de Denis, uma cobertura na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

Eles foram encontrados por policiais do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes) em um centro empresarial na Barra. Segundo a delegada Adriana Belém, da 16ª DP, os dois estavam no escritório de um advogado, com quem ela negociava a rendição.

Às 16h13, Denis e a mãe chegaram à 16ª DP acompanhados do advogado. Nenhum dos dois conversou com a imprensa na chegada. Pouco antes das 18h, no entanto, ele concedeu entrevista coletiva na delegacia.

Filipe Fornari

Dr.Bumbum chega na 16ª DP (Foto: Marcos Serra Lima/G1)

Falou também que fugiu da abordagem policial porque achou que seria atacado e que foi alvo de tiros de fuzil.

“Fui abordado por um carro cinza e, na hora que ele me fechou, saiu um homem com um fuzil e eu saí fugido. Ele disparou, houve um disparo. Saí correndo, houve uma perseguição policial pelas ruas da Barra… Como se fosse da polícia. Hoje em dia disseram que era da polícia. Eram policiais? Achei que fosse um certo revanchismo da família, ou então bandido, assalto, sequestro (…) Deram dois tiros em mim. Não em mim, mas no carro. Eu tive que evadir”, disse.

Recompensa de R$ 1 mil

Para chegar até eles, o setor de inteligência do batalhão da PM contou com informações do Disque Denúncia, que oferecia recompensa de R$ 1 mil por informações do paradeiro do médico e da mãe.

No registro do Disque Denúncia, o contato com o batalhão aconteceu às 13h12 (veja na reprodução abaixo) e cerca de duas horas depois eles foram presos. O informante receberá o prêmio nos próximos dias.

Em seu perfil em uma rede social, Dr. Bumbum postou cinco vídeos em que fala sobre que a morte da bancária é um “mistério” e se diz injustiçado.

“Boa tarde. Como todo mundo sabe, aconteceu uma fatalidade. Mas uma fatalidade que acontece com qualquer médico. Uma paciente minha, após um procedimento de bioplastia de glúteo que eu já realizei 9 mil, ela saiu do consultório muito bem, e umas 6 horas após, ela chegou ao óbito algumas horas após, com parada cardíaca. É um mistério ainda a causa da morte, mas é uma injustiça o que estão falando de mim na televisão. É uma injustiça me acusarem de não ser médico. Eu tenho CRM antigo. É uma injustiça dizerem que o procedimento não é habilitado.”

A declaração foi publicada às 16h, quando ele já estava preso, no carro, a caminho da delegacia. Na imagem, Denis veste a mesma roupa com a qual chegou na delegacia, o que indica que o vídeo foi gravado nesta quinta.

Prisão no escritório do advogado

“Na realidade, nós estávamos aguardando a prisão dele para as 16h. Tanto da mãe como do filho. A Polícia Militar conseguiu encontrar ele no escritório do advogado”, explicou a delegada Adriana Belém.

“Eles vão ficar aqui na delegacia. Tem muita coisa para esclarecer. São muitas perguntas para fazer. Como se dava aquela atividade. Se havia autorização. Como se deu a morte da paciente. Porque que ele não ficou no hospital. Ou seja, as perguntas que todo mundo se faz nesse momento”, acrescentou.

Segundo a delegada, os dois vão responder por homicídio qualificado e associação criminosa.

“Nós entendemos que a morte não advém de uma imprudência. Quando você se arrisca a atender uma pessoa naquelas condições nós entendemos que era um homicídio doloso e não culposo. E isso seria a forma mais grave de homicídio”, explicou Belém.

Denis Furtado, o Dr. Bumbum, e a mãe, Maria de Fátima, foram presos pela PM nesta quinta-feira (Foto: Reprodução/PMERJ)

Extremamente grave

O boletim médico do Hospital Barra D’Or, em que a bancária Lilian Calixto foi socorrida horas depois do procedimento estético, informou que ela chegou ao local com falta de ar, taquicardia e pele azulada, como mostrou o RJ2 nesta quarta-feira (18).

A polícia montou cerco em um shopping da Barra da Tijuca e chegou a dar voz de prisão a Denis, mas o médico conseguiu fugir – ele destruiu a cancela do estacionamento.

O caso

Lilian seguiu a indicação de uma amiga e entrou em contato com Denis há seis meses. Ela queria retocar o bumbum e marcou o procedimento.

Ao marido e à família, a bancária disse apenas que faria uma viagem para o Rio de Janeiro. Só a amiga que recomendou o Dr. Bumbum sabia do procedimento.

Lilian vivia em Cuiabá e viajou ao Rio para realizar procedimento estético (Foto: Reprodução/ Redes sociais)

Também indicação da amiga, o taxista que levou Lilian ao condomínio de Denis, na Barra da Tijuca, tornou-se a testemunha-chave do caso. Lilian pediu que o motorista esperasse. A bancária já tinha começado a passar mal quando, desconfiado da demora, o taxista ligou para a passageira.

Denis desceu da cobertura, deu R$ 300 ao taxista e disse que ele poderia ir embora, alegando que Lilian ficaria para jantar. Ainda assim, o motorista ficou e viu, tempos depois, quando a SUV do médico deixou a garagem com Lilian, em direção ao hospital.

O taxista também descobriria que a bancária tinha morrido, avisando a polícia.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

POPULINA

Ladrões tentam assaltar agência bancária em Populina e trocam tiros com a polícia

Publicado

em

Dois homens armados tentaram furtar uma agência bancária, na região central de Populina (SP), na madrugada desta quinta-feira (19).

Segundo a Polícia Militar, o alarme foi acionado depois que os suspeitos quebraram a porta de vidro da agência e tentaram arrebentar o caixa eletrônico com um pé de cabra.

Quando os policiais chegaram ao local, os criminosos começaram a atirar. Os policiais revidaram os disparos, mas ninguém ficou ferido.

Os assaltantes conseguiram fugir em dois veículos e, de acordo com a polícia, não levaram dinheiro dos caixas.

Filipe Fornari

A Polícia Civil vai investigar o caso e tentar identificar os suspeitos por meio das imagens do circuito interno de segurança da agência.

Segundo a polícia, esta é a segunda vez que a agência é alvo de ladrões em pouco mais de dois meses. No dia 9 de maio, criminosos explodiram o prédio danificando portas e janelas de vidro, além do teto despencar.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

denúncia

Justiça acata denúncia contra trio acusado de matar Vitória Gabrielly

Publicado

em

A 1ª Vara Criminal de São Roque aceitou a denúncia contra os três acusados de matar a jovem Vitória Gabrielly Guimarães, de 12 anos. O crime ocorreu em Araçariguama, no interior paulista. A garota desapareceu no dia 8 de junho e teve o corpo encontrado somente no dia 16.

Os réus responderão pelos crimes de sequestro, homicídio qualificado por motivo torpe, fútil, meio cruel, recurso que impediu a defesa da vítima e ocultação de cadáver. O juiz Flávio Roberto de Carvalho acatou o pedido do Ministério Público e converteu em prisão preventiva a detenção temporária dos reús: Bruno Marcelo de Oliveira, Mayara Borges de Abrantes e Julio César Lima Ergesse.

O magistrado também manteve o sigilo do processo para preservar as provas obtidas durante o inquérito policial. O trio deverá apresentar a defesa às acusações. O juiz, então, decidirá se os acusados serão levados a júri popular.

Filipe Fornari

Deixe sua opinião

Continue Lendo

juventude perdida

Menino de 14 anos é apreendido pela PM acusado de tráfico no Água Branca

Publicado

em

Imagem ilustrativa

Um menino de 14 anos foi apreendido por policiais militares na noite desta quarta-feira (18) acusado de tráfico de drogas. No local os PMs encontraram 62 pinos contendo cocaína, além de R$ 32 em dinheiro que estava em poder do acusado.

Os policiais faziam patrulhamento pelo bairro Água Branca, zona leste de Araçatuba, quando avistaram dois jovens parados em atitude suspeito na rua Antônio Sampaio. A avistarem a viatura eles correram, e os PMs conseguiram deter apenas um deles, que jogou um saco durante a tentativa de fuga.

O jovem estava em frente à casa de sua irmã. Na embalagem dispensada pelo rapaz havia 62 pinos com a droga. O adolescente contou à polícia que ele já vinha praticando o tráfico de drogas naquele local, e havia adquirido um kit para venda, contendo 65 pinos, sendo que naquela noite já havia vendido três, a R$ 10 cada.

No entanto, o jovem não revelou que entregava o kit a ele e nem disse quem era o outro jovem que conseguiu fugir no momento da abordagem.

Filipe Fornari

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS