CONECTE CONOSCO

Araçatuba

UniSalesiano conquista prefixo editorial e abre espaço para publicações de livros

Primeira obra se remete a uma viagem na Amazônia, em 2015

Publicado em

Professora doutora Eliane Patrícia Cervelatti (Foto: Divulgação)


O UniSALESIANO acaba de conquistar o prefixo editorial, emitido pela Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, órgão responsável pelo controle de obtenção do prefixo editorial e gerações de ISBN (International Standard Book Number) para obras literárias.

Com isso, a Instituição abre espaços para docentes e acadêmicos produzirem até 100 volumes, sejam eles publicados de forma digital ou impressa.

“Há uma complexidade de informações e exigências feitas pela Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. O processo todo demorou mais de 30 dias até a aprovação final conquistada no dia 11 de junho”, explicou o chefe do Departamento de Comunicação e Marketing do UniSALESIANO, Maikon Malaquias.

Ele ressalta que, agora, há uma ponte entre autores dentro da instituição, onde se pode compartilhar conhecimento de forma organizada, seguindo os padrões internacionais de publicações.

AMAZÔNIA

“Conhecimento popular e ciência: uma parceria de sucesso no interior da Amazônia” é o título da primeira obra recém-lançada com o prefixo editorial do UniSALESIANO, que tem como organizadora responsável a professora doutora Eliane Patrícia Cervelatti.

A docente foi convidada pelo Reitor do UniSALESIANO, Pe. Luigi Favero, e pelo Pró-Reitor Acadêmico, Profº. André Ornellas, a conhecer os trabalhos realizados no projeto “Farmácia Verde”, na cidade ribeirinha Maricoré, na Amazônia.

Eliane ficou em Maricoré por cinco dias, no final do ano de 2015. Lá, ela pode acompanhar diariamente o atendimento de saúde feito pelas irmãs franciscanas e voluntárias. “O trabalho que elas desenvolvem é muito sério, com produtos 100% naturais e, além do uso exclusivo de ervas, o grande diferencial é o atendimento humanizado. Os pacientes não saem da farmácia sem antes tomar chá, café ou comer pão”, lembrou.

O livro traz a rotina do projeto e ainda os trabalhos científicos realizados com as ervas, de autoria de professores e pesquisadores do UniSALESIANO: Denise Junqueira Matos, Rossana Abud Cabrera Rosa, Vivian Aline Preto, Vilma Clemi Colli, Casimiro Cabrera Peralta, Juliane Cristina Trevisan Sanches, Natalia Felix Negreiros e Eliane Cervelatti.

Primeira obra recém-lançada com o prefixo editorial do UniSALESIANO

Dentre as pesquisas feitas no UniSALESIANO, com o intuito de comprovar as propriedades medicinais das ervas, estão: análise da ação antimicrobiana; eficácia da insulina vegetal como controle da glicemia; estabilidade do extrato; análise da toxicidade, entre outras.

“Esse livro é fruto do trabalho de uma equipe e mostra o quanto podemos ir mais longe quando entendemos que temos que somar forças”, frisou Eliane, ao completar que se sente honrada e feliz por participar da primeira obra. “Sou grata ao Pe. Luigi e ao André Ornellas pela confiança que em mim depositaram. Ter um livro depois de três anos dessa experiência superou todas as expectativas que eu tinha no coração.”

O pró-reitor acadêmico, Profº André Ornellas, afirma que as portas para novas publicações estão abertas a todos os professores e alunos interessados. “É uma oportunidade para alavancar a carreira e expandir os conhecimentos”, destacou Ornellas, ao comentar que o UniSALESIANO não mede esforços para oferecer condições diversas na formação de seus integrantes.

ISBN

O ISBN é um sistema internacional padronizado que identifica numericamente os livros segundo o título, o autor, o país, a editora, individualizando-os inclusive por edição.

Utilizado também para identificar software, seu sistema numérico é convertido em código de barras, o que elimina barreiras linguísticas e facilita a circulação e comercialização das obras. Além disso, simplifica a busca e a atualização bibliográfica, concorrendo para a integração cultural entre os povos.

Deixe sua opinião

Fonte:
Anunciante

saúde

UBS do Umuarama atende até às 22h

Publicado em

A UBS (Unidade Básica de Saúde) Dr. Alfredo Dantas de Souza, do bairro Umuarama, estpá realizando atendimento todos os dias até às 22h.

Durante o dia seguirão os atendimentos normais, que são agendados. E, agora, das 18h às 22h ficará à disposição para a livre demanda, que é o pronto atendimento. Até a semana passada, a unidade já funcionava com um horário diferenciado, permanecendo aberta até às 20h, porém, era somente para atender aos casos de sintomas de dengue.

Para oferecer o serviço estendido foi contratada uma equipe completa, com médico, enfermeira e auxiliar de enfermagem.

Ao anunciar a ampliação dos serviços, a Secretaria Municipal de Saúde afirmou que o objetivo é oferecer mais acesso e garantir melhoria no atendimento. O prefeito Dilador Borges lembra que Araçatuba já conta com atendimento ampliado na UBS do Pedro Perri.

“Aos poucos estamos implantando um novo jeito de gerir o sistema público de saúde. Meu compromisso é melhorar não somente a estrutura física, mas oferecer um serviço que realmente atenda à demanda das famílias. Já inauguramos 03 novas Unidades Básicas e a mudança da unidade do Centro para um local maior e transferimos o pronto-socorro para um prédio novo, com toda infraestrutura e serviços como farmácia e pediatria 24 horas”, destacou o prefeito.

Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

serviço

CNH: indicação de condutor infrator pode ser feita online em SP

Proprietário deve registrar ocorrência sempre que o veículo for conduzido por terceiros que cometam alguma infração na ocasião

Publicado em

Divulgação

Quem recebeu uma multa por uma infração que foi cometida por outra pessoa que dirigia seu veículo não precisa enviar cartas ou procurar uma unidade do Detran.SP para informar o condutor. O serviço pode ser feito pela internet, desde junho de 2016.

A indicação de condutor deve ser feita pelo proprietário sempre que o veículo for conduzido por outra pessoa e for registrada alguma infração na ocasião. Isso permite que a pontuação seja atribuída na habilitação correta.

Do contrário, o dono do veículo será considerado o responsável e receberá os pontos. Cabe ressaltar que a multa é sempre vinculada ao cadastro do veículo e cobrada do proprietário legal.

O Detran.SP verifica se a assinatura e a imagem da foto que constam na CNH do condutor indicado pelo proprietário correspondem às registradas no sistema de coleta biométrica, realizada em todo cadastro para primeira habilitação, renovação, mudança e adição de categoria.

O órgão autuador varia de acordo com o tipo de infração e a localidade em que foi cometida. Infrações mais comuns, como, por exemplo, avanço de sinal vermelho, estacionamento irregular, excesso de velocidade, circulação em faixa exclusiva e desrespeito ao rodízio, são registradas por órgãos de trânsito das prefeituras.

Nas estradas, as multas, em geral, são aplicadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Conforme estabelece a legislação federal, cada órgão de trânsito é responsável pelas autuações que realiza. Por isso, só quem registrou a infração pode receber a indicação de condutor e processar os pontos.

Como fazer

Para enviar a indicação de condutor pela Internet ao Detran.SP, basta ir em “Acesse os Serviços Online”, no topo da página e clicar em “Indicação de condutor”.

Depois de fazer um rápido cadastro para criar login e senha de uso pessoal, é só digitalizar o formulário de indicação de condutor (por meio de scanner ou foto) e fazer o upload no portal. O dono do veículo deve preencher todos os campos, assinar no local apropriado e coletar a assinatura do motorista infrator.

O envio deve ser feito dentro do prazo informado na notificação, que é, no mínimo, de 15 dias. O passo a passo para fazer a indicação de condutor de autuações feitas pelo Detran.SP pode ser acessado aqui.

Não é possível indicar condutor para infrações de exclusiva responsabilidade do proprietário do veículo, como, por exemplo, licenciamento em atraso, placas ilegíveis e falta de equipamento obrigatório.

Além disso, nenhum cidadão deve aceitar receber a pontuação de uma infração que não foi cometida por ele, pois isso pode caracterizar crime de falsidade ideológica. Nesse caso, os envolvidos respondem na Justiça e podem ser presos por um período que varia de um a cinco anos. Qualquer suspeita de irregularidade deve ser denunciada à polícia.

Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

oportunidade

Concurso para o Ministério Público/SP oferece 28 vagas para auxiliar de promotoria

Publicado em

Inscrições vão até esta quarta-feira (22), no site da Fundação Vunesp; salário é de R$ 2.789,00

O Ministério Público de São Paulo (MP/SP) recebe inscrições para seu concurso público com 28 vagas para auxiliar de promotoria. A oferta é para as seguintes especialidades: eletricista (8 vagas), encanador (8), marceneiro (2), pedreiro (4), pintor (4) e serralheiro (2), todas com salários de R$ 2.789. O MP oferece ainda auxílio-alimentação de R$ 920 por mês e auxílio-transporte de R$ 14,96 por dia.

As inscrições serão feitas até quarta-feira, 22 de maio, pelo site da Fundação Vunesp, responsável pela seleção. O endereço éwww.vunesp.com.br. A taxa é de R$ 80.

As carreiras oferecem vagas distribuídas pelas seguintes regiões: capital, Grande São Paulo, Santos, Vale do Ribeira, Campinas, Piracicaba, Taubaté, Sorocaba, Araçatuba, Presidente Prudente, Bauru, Franca, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto.

A aplicação da prova objetiva, com questões de múltipla escolha, está prevista para 6 de agosto de 2019, um domingo, nas cidades de São Paulo, Bauru, Campinas, Piracicaba e Ribeirão Preto.

MAIS INFORMAÇÕES:

Disque Vunesp – (11) 3874-6300 (de segunda a sábado, das 8 às 18 horas)

Site – www.vunesp.com.br

Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

DRAMA

Após lutar contra câncer raro, morre o pequeno Dudu, de um ano e 11 meses

Publicado em

O pequeno Eduardo Ibanez Rodrigues, o Dudu, de um ano e 11 meses, faleceu na tarde desta segunda-feira (20), após lutar bravamente contra um tipo raro de câncer. Ele, que completaria dois aninhos no dia quatro de junho, estava internado no Hospital de Câncer de Barretos, onde fazia tratamento de quimioterapia desde março deste ano.

Dudu chegou a ter o bracinho esquerdo amputado, por causa de uma hemorragia, no mês passado. Após a amputação, acreditava-se que a doença havia sido eliminada de vez. Mas um exame de tomografia constatou o reaparecimento do câncer de forma ainda mais agressiva, tomando todo o tórax do bebê, o que levou à paralisação de seus órgãos.

O óbito de Dudu foi registrado às 16h30 desta segunda-feira. O corpo do garotinho deve chegar a Araçatuba por volta das 6h desta terça-feira (21). O velório será na capela da Funerária Cardassi da Avenida da Saudade. O sepultamento será no Cemitério Jardim da Luz, às 17h.

CASO RARO

O caso do menininho era tão raro que a equipe do Hospital de Câncer de Barretos chegou a enviar os seus exames para análise nos Estados Unidos.

Seu drama teve início logo após o parto, quando os médicos constataram a presença de um caroço próximo ao cotovelo. A suspeita inicial era de que o bebê tinha sofrido uma “fratura” durante o nascimento, por parto normal. Ele foi encaminhado a um ortopedista, que pediu uma ressonância magnética.

Com dificuldades para realizar o exame na rede pública de saúde, a família do garotinho se mobilizou para arrecadar recursos e só conseguiu fazer a ressonância quando o bebê completou um ano, sendo diagnosticado com câncer.

Dudu começou a fazer tratamento no Centro de Tratamento Oncológico (CTO) da Santa Casa de Araçatuba, após a realização de uma biópsia. No entanto, o tratamento não surtiu o efeito desejado.

Em fevereiro, o garotinho fez nova biópsia, na tentativa de descobrir qual era exatamente o tipo de tumor que ele tinha, mas o resultado foi inconclusivo.

Ele ficou 33 dias internado na Santa Casa de Araçatuba e, no dia 20 de março, foi encaminhado para Barretos. Lá, o tumor apresentou hemorragia e os médicos fizeram uma cirurgia de emergência, amputando o bracinho dele.

ARRAIÁ

A história de Dudu chamou a atenção do grupo Amparo Social Araçatuba, que decidiu fazer o Arraiá Solidário deste ano em prol do bebê. Segundo os organizadores, o evento será mantido e parte dos recursos obtidos será revertida para os custos do funeral. O restante irá para outro garotinho que vive um drama semelhante ao de Dudu.

O Arraiá Solidário será no Clube da Acerma, no dia 15 de junho, a partir das 20h. O endereço é Rua Álvares de Azevedo, 1.553, Ipanema. O ingresso custa R$ 10 com direito a quentão, pipoca e algodão doce. Haverá rodada de bingos também.

No Arraiá Solidário de 2018 o grupo conseguiu comprar e doar uma cadeira de rodas especial para uma menina de 10 anos, com investimento de R$ 7 mil.

Mais informações sobre o Arraiá Solidário de 2019 com Alex Carvalho Santos, pelo telefone (18) 99712-4776.

SERVIÇO:
Arraiá Solidário
Dia 15 de junho às 20h
Local: Acerma (Rua Álvares de Azevedo, 1553, Ipanema)

INFORMAÇÕES: (18) 99712-4776

 

Deixe sua opinião

CONTINUE LENDO

©2018 Regional Press- Direitos Reservados | Vamos fazer um site? Logo RC Criativa