Fique Conectado

Araçatuba

UniSalesiano conquista prefixo editorial e abre espaço para publicações de livros

Primeira obra se remete a uma viagem na Amazônia, em 2015

Publicado

em

Professora doutora Eliane Patrícia Cervelatti (Foto: Divulgação)
Anunciante

O UniSALESIANO acaba de conquistar o prefixo editorial, emitido pela Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, órgão responsável pelo controle de obtenção do prefixo editorial e gerações de ISBN (International Standard Book Number) para obras literárias.

Com isso, a Instituição abre espaços para docentes e acadêmicos produzirem até 100 volumes, sejam eles publicados de forma digital ou impressa.

AnuncianteCirco Mágico

“Há uma complexidade de informações e exigências feitas pela Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. O processo todo demorou mais de 30 dias até a aprovação final conquistada no dia 11 de junho”, explicou o chefe do Departamento de Comunicação e Marketing do UniSALESIANO, Maikon Malaquias.

Ele ressalta que, agora, há uma ponte entre autores dentro da instituição, onde se pode compartilhar conhecimento de forma organizada, seguindo os padrões internacionais de publicações.

AMAZÔNIA

“Conhecimento popular e ciência: uma parceria de sucesso no interior da Amazônia” é o título da primeira obra recém-lançada com o prefixo editorial do UniSALESIANO, que tem como organizadora responsável a professora doutora Eliane Patrícia Cervelatti.

A docente foi convidada pelo Reitor do UniSALESIANO, Pe. Luigi Favero, e pelo Pró-Reitor Acadêmico, Profº. André Ornellas, a conhecer os trabalhos realizados no projeto “Farmácia Verde”, na cidade ribeirinha Maricoré, na Amazônia.

Eliane ficou em Maricoré por cinco dias, no final do ano de 2015. Lá, ela pode acompanhar diariamente o atendimento de saúde feito pelas irmãs franciscanas e voluntárias. “O trabalho que elas desenvolvem é muito sério, com produtos 100% naturais e, além do uso exclusivo de ervas, o grande diferencial é o atendimento humanizado. Os pacientes não saem da farmácia sem antes tomar chá, café ou comer pão”, lembrou.

O livro traz a rotina do projeto e ainda os trabalhos científicos realizados com as ervas, de autoria de professores e pesquisadores do UniSALESIANO: Denise Junqueira Matos, Rossana Abud Cabrera Rosa, Vivian Aline Preto, Vilma Clemi Colli, Casimiro Cabrera Peralta, Juliane Cristina Trevisan Sanches, Natalia Felix Negreiros e Eliane Cervelatti.

Primeira obra recém-lançada com o prefixo editorial do UniSALESIANO

Dentre as pesquisas feitas no UniSALESIANO, com o intuito de comprovar as propriedades medicinais das ervas, estão: análise da ação antimicrobiana; eficácia da insulina vegetal como controle da glicemia; estabilidade do extrato; análise da toxicidade, entre outras.

“Esse livro é fruto do trabalho de uma equipe e mostra o quanto podemos ir mais longe quando entendemos que temos que somar forças”, frisou Eliane, ao completar que se sente honrada e feliz por participar da primeira obra. “Sou grata ao Pe. Luigi e ao André Ornellas pela confiança que em mim depositaram. Ter um livro depois de três anos dessa experiência superou todas as expectativas que eu tinha no coração.”

O pró-reitor acadêmico, Profº André Ornellas, afirma que as portas para novas publicações estão abertas a todos os professores e alunos interessados. “É uma oportunidade para alavancar a carreira e expandir os conhecimentos”, destacou Ornellas, ao comentar que o UniSALESIANO não mede esforços para oferecer condições diversas na formação de seus integrantes.

ISBN

O ISBN é um sistema internacional padronizado que identifica numericamente os livros segundo o título, o autor, o país, a editora, individualizando-os inclusive por edição.

Utilizado também para identificar software, seu sistema numérico é convertido em código de barras, o que elimina barreiras linguísticas e facilita a circulação e comercialização das obras. Além disso, simplifica a busca e a atualização bibliográfica, concorrendo para a integração cultural entre os povos.

Deixe sua opinião

Anunciante

NA PRAÇA

OAB Mulher promove evento de conscientização sobre câncer de mama e contra violência à mulher

Publicado

em

A OAB Mulher realizou um evento neste sábado, na praça Rui Barbosa, que teve como objetivo a conscientização para erradicação da violência contra a mulher e também para alertar sobre a prevenção do câncer de mama. O evento contou com apoio da iniciativa privada e teve uma série de ações das 9h ao meio-dia.

AnuncianteCirco Mágico

A presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB, Flávia Dias Neves, teve apoio também da diretoria da subseção da OAB em Araçatuba. Durante o evento, além de distribuição de material gráfico, houve aferição de pressão arterial, atividades físicas e orientações gerais sobre saúde e nutrição.

Diversas autoridades discursaram sobre o assunto durante a abertura, que contou com a participação da Orquestra Municipal. O vereador dr. Alceu Batista, que já foi presidente da OAB e hoje é conselheiro estadual do órgão, também participou do evento.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

eleições 2018

Manifestação em apoio a Jair Bolsonaro reúne centenas de pessoas em Araçatuba

Publicado

em

Concentração ocorreu na avenida dos Araçás, no centro de Araçatuba (Fotos: Leitores por WhatsApp)

A uma semana do segundo turno das eleições, araçatubenses se reuniram na avenida dos Araçás, no centro da cidade, para prestar apoio a Jair Bolsonaro, candidato à Presidência da República pelo PSL.

Os manifestantes carregaram faixas, bandeiras, adesivos e vestiram camisas verde e amarelo. O apoio ocorreu em várias cidades brasileiras.

AnuncianteCirco Mágico

A concentração começou por volta das 9h deste domingo (21), em frente ao centro cultural ferroviário.

Os manifestantes andaram por ruas do centro da cidade e postaram fotos em redes sociais.

Até a publicação desta notícia, a organização do evento não havia divulgado o número de participantes.

As manifestações contra e a favor do candidato têm sido constantes nessa reta final da campanha.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

BIRIBOL

Associação cria projeto social em homenagem a policial morto durante assalto contra a Protege

Publicado

em

Arnaldo Silva, Alessandro Coffacci, Fabiano Oliveira e Fernando Caldeira

A Abrab (Associação Brasileira de Biribol) criou o Centro de Treinamento “André Ferro”, em homenagem ao policial civil, que também foi atleta profissional de biribol, e teve sua carreira interrompida durante o mega-assalto contra a empresa de transportes de valores Protege, ocorrido há um ano. A inauguração do espaço, que vai abrigar um projeto social, foi realizada na manhã deste sábado.

 

AnuncianteCirco Mágico

A Abrab utiliza um espaço particular onde já havia um centro de treinamento de biribol, e que cedeu o espaço para a implantação do projeto.

O presidente da entidade é Fabiano de Souza Oliveira, e o proprietário do espaço, Fernando Vilela Caldeira.

O evento de inauguração contou com diversas autoridades da modalidade esportiva, o policial civil e vereador Carlinhos do Terceiro e familiares de André Ferro, que ficaram emocionados com a homenagem.

Na abertura houve participação das bandas da Polícia Militar e da Prefeitura de Araçatuba, além da realização de um festival feminino de biribol.

De acordo com os idealizadores do projeto, que também terá colaboração do técnico da equipe de Araçatuba, Alessandro Coffacci, o grupo pretende fazer um convênio com a prefeitura para atender gratuitamente os menores assistidos em programas assistenciais, além de atividade de biribol adaptado para idosos.

Para tentar manter financeiramente o projeto, Caldeira montou uma loja de comércio de produtos para piscinas e produtos químicos, e toda a renda será revertida a manutenção do projeto. O espaço funciona na rua Saldanha Marinho, 1.140, no bairro Paraíso.

ANDRÉ FERRO

O pai de André Ferro, Arnaldo Pereira da Silva, 65 anos, estava emocionado com a homenagem e lembra que seu filho atuou profissionalmente no biribol. “Eu procurei a turma do biribol quando ele ainda era adolescente e o incentivei a praticar a esporte, onde ele acabou se destacando”, lembrou.

Arnaldo ainda lembra que seu filho além de determinado, era muito agitado e não gostava de monotomia. Antes de ser policial civil, Ferro foi policial militar temporário, agente penitenciário e atuava em linhas de frente quando era preciso qualquer tipo de intervenção nas celas. Depois passou em concurso da Polícia Civil e atuava como agente de telecomunicações.

Mas como não gostava de ficar parado, acabou conseguindo uma vaga para integrar o GOE (Grupo de Operações Especiais) da Polícia Civil. A mãe sempre foi contra a decisão. No dia do mega-assalto contra a Protege ele recebeu uma ligação de familiar informando que estava havendo tiros na região do bairro Santana, e também havia recebido telefonema para se apresentar na Polícia Civil, que estava agilizando uma operação por causa do mega-assalto.

No entanto, ao verificar o que estava acontecendo, acabou sendo descoberto pelo bando e friamente assassinado na rua Aviação, esquina com a Maurício de Nassau. Ferro foi a única vítima fatal do mega-assalto que aterrorizou e causou pânico em Araçatuba em outubro do ano passado.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Legislativo

Semana de Prevenção do Câncer Bucal está na pauta da Câmara de Araçatuba

Publicado

em

Foto: Angelo Cardoso/ Câmara de Araçatuba

Quatro projetos de lei assinados pelos próprios vereadores formam a pauta da Ordem do Dia da 33ª Sessão Ordinária do ano da Câmara Municipal de Araçatuba. A reunião legislativa será realizada na próxima segunda-feira (22/10), a partir das 19h.

Adiado por uma sessão, retorna à pauta o projeto de autoria do vereador Denilson Pichitelli (PSL), que obriga a Prefeitura a divulgar em seu site a relação dos pacientes que estão na lista de espera por consultas, exames e cirurgias na rede municipal de saúde. Para garantir a privacidade, os pacientes deverão ser identificados por meio de códigos. O informativo também deverá ser atualizado diariamente.

AnuncianteCirco Mágico

Também retorna à pauta outro projeto relacionado à saúde. Trata-se de matéria apresentada pelo vereador Dunga (DEM), que permite aos pacientes idosos ou com deficiência agendar por telefone suas consultas médicas nas unidades de saúde do município em que estiverem cadastrados. De acordo com a proposta, no mínimo um terço das consultas diárias deverão ser disponibilizadas para esse público.

O terceiro item da pauta é um projeto do vereador Gilberto Batata Mantovani (PR), que institui entre os dias 24 e 30 de novembro de cada ano a “Semana Municipal de Prevenção e Combate ao Câncer Bucal”. A data já está instituída nacionalmente no mesmo período pela Lei Federal nº 13.230, de 2015.

Completa a pauta um projeto de lei, assinado pelo vereador Dr. Jaime (PTB), que denomina Paulo Gomes da Rocha a rua 12 do Condomínio Alphaville Araçatuba 2.

O homenageado nasceu em Araçatuba em setembro de 1950, aposentou-se como funcionário público municipal, foi voluntário em Pastoral da Igreja Imaculado Coração de Maria, no bairro Paraíso, e faleceu em novembro de 2017.

Na fase do Pequeno Expediente, poderão ocupar a tribuna para falar sobre assuntos de livre escolha os vereadores Professor Cláudio (PMN), Denilson Pichitelli (PSL), Dr. Flávio Salatino (MDB) e Gilberto Batata Mantovani (PR).

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS

error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998