Connect with us
Banner Samar Eco

Conhecimento

Em clima de Copa, conheça mais sobre a cultura russa

Professor do CPS e doutor em literatura e cultura russa, Valteir Vaz revela curiosidades sobre o país sede e suas semelhanças com o Brasil

Publicado

em

Ambos são países continentais, com históricos e temperaturas distintas, separados por milhares de quilômetros e supostamente muitas diferenças culturais. Mas se engana quem pensa que não existem semelhanças entre Brasil e Rússia, o país que nos próximos dias sedia pela primeira vez a Copa do Mundo de Futebol.

É isso que revela o professor de línguas do Centro Paula Souza (CPS), Valteir Vaz, doutor em literatura e cultura russa.

“Quando a situação complica, dizemos que a ‘coisa tá russa’, mas a verdade é que nas práticas cotidianas, extremamente burocráticas por sinal, eles apresentam um comportamento muito parecido com o famoso ‘jeitinho brasileiro’, contornando os obstáculos nas formas mais criativas possíveis mas nem sempre politicamente corretas”, afirma.

Um exemplo “politicamente incorreto” citado por Vaz é o caso noticiado recentemente, em que um milionário foi flagrado dirigindo uma ambulância falsa em Moscou. “Quando a polícia vistoriou o carro, ficou surpresa: nada de equipamentos médicos. Lá dentro havia sofás luxuosos e até uma televisão. Ao ser indagado sobre o porquê daquilo, o motorista disse apenas que era uma maneira de furar o trânsito”, conta.

Literatura

Vaz destaca o interesse dos brasileiros pela literatura russa, intensificada nos últimos dez anos. “Nunca se vendeu e traduziu tantas obras no Brasil”, ressalta. “O curioso é que as publicações mais apreciadas são do século 19 e em menor grau as obras do início do século 20 ou os livros modernos”, fala o professor, lembrando que os autores mais populares entre os brasileiros são Fiódor Dostoiévski e Liev Tolstói.

Para ele, o brasileiro gosta de temas profundos da condição humana e de experimentar emoções a partir dos dramas contidos na literatura russa, envolvendo casos de amor, ódio, assassinato, vingança, traição, sofrimentos e conflitos ideológicos.

“Já as obras do século 20 são mais inventivas no que diz respeito à linguagem, o tema às vezes fica soterrado pelo burilamento formal e nem todo leitor está disposto a enfrentar textos assim”, diz. Em contrapartida, o educador conta que os russos são apaixonados por Paulo Coelho. “O escritor já teve cinco de seus livros na lista dos dez mais vendidos na Rússia”, lembra.

O professor destaca ainda o gosto dos russos pelas novelas brasileiras. “No início dos anos 1990, Escrava Isaura se tornou um grande sucesso no país inteiro. Diante de tantos problemas com as transformações políticas e econômicas, as pessoas encontraram uma distração ao acompanhar o drama da pobre moça brasileira.” No ano passado, Haja Coração também virou um fenômeno na internet e formou um fã-clube com mais de 35 mil pessoas na Rússia.

Copa do Mundo

Quando o assunto é a paixão pelo futebol, Vaz explica que os russos ainda são iniciantes no tema. “Embora estejam animados com a realização do mundial, o futebol não é o esporte mais famoso na Rússia”, conta. “Como se trata de um país frio, eles preferem as modalidades mais adequadas a esse tipo de clima, como o hóquei no gelo. Por isso, acho que teremos uma certa vantagem sobre eles durante a Copa”, brinca.

Confira outras curiosidades listadas pelo especialista em Rússia:

– O café sempre foi um dos produtos brasileiros mais notáveis nas prateleiras de supermercados, principalmente durante a União Soviética. Hoje, os russos importam carnes, açúcar, café, soja e outros itens primários.

– Os brasileiros são grandes importadores de produtos químicos russos, especialmente fertilizantes, além de materiais siderúrgicos.

– Há projetos de colaboração entre os dois países nas áreas de tecnologia nuclear e pesquisas aeroespaciais.

– O Brasil foi o primeiro país a ter uma filial do ballet Bolshoi. A escola fica em Joinville e foi fundada em 2000. Até hoje recebe professores russos.

– Os russos gostam muito dos brasileiros e nos acham um povo alegre, principalmente por causa do carnaval do Rio de Janeiro, considerado “luxuoso e libertário”.

– Os imigrantes russos chegaram ao Brasil em diferentes momentos, particularmente durante as revoluções e as guerras, em 1905, 1917, 1949 e 1965. Para os Estados de Goiás, Paraná e Rio Grande do Sul seguiram imigrantes interessados na agricultura. São Paulo e Rio de Janeiro foram escolhidos por russos intelectualizados devido às universidades e grandes orquestras. Quando cientistas, pesquisadores e intelectuais saem da Rússia, eles dão a esse fenômeno o nome de “fuga de cérebros”.

Deixe sua opinião

Portal SP

tratamento

Beto Barbosa vai retirar bexiga e próstata em cirurgia de 10h

Publicado

em

Após anunciar o sucesso de seu tratamento contra um câncer na bexiga e na próstata, o cantor Beto Barbosa, 63, vai passar por uma nova cirurgia nesta quinta-feira (17), no hospital Beneficência Portuguesa em São Paulo.

A cirurgia é necessária e complementar ao tratamento contra o câncer, que o cantor vem se submetendo desde o ano passado, segundo informou a coluna de Ricardo Feltrin, do UOL. Ele vai retirar a bexiga, a próstata e, talvez, parte da uretra. A cirurgia pode demorar mais de dez horas.

Ao longo de cinco meses, o cantor passou por internações e sessões de quimioterapia. Em dezembro, ele anunciou a sua volta aos palcos com um show em Fortaleza. “Hoje posso dizer que o susto passou e que estou com 99% de cura. Agradeço a Deus as orações dos fãs, imprensa, amigos e a equipe do Dr. Fernando Maluf”, afirmou em vídeo divulgado na época.

Beto Barbosa, considerado o rei da lambada nos anos 1980 e 1990, é autor de “Adocica”, disse que começou a sentir os sintomas no fim de 2017 e procurou, imediatamente, ajuda médica em Fortaleza, onde mora.

Antes de descobrir o câncer, um outro médico errou o diagnóstico e o tratava como uma simples infecção urinária. Sem sucesso no tratamento, decidiu vir a São Paulo, onde passou pro exames no hospital Albert Einstein e foi diagnosticado com os tumores.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Famosos

Victoria Beckham diz que usa creme feito com seu próprio sangue

Publicado

em

Victoria Beckham, 44, disse que um dos cremes que usa para manter a pele hidratada tem na fórmula seu próprio sangue.

Em seu InstaStories, a ex-Spice Girl e mulher do jogador David Beckham revelou alguns detalhes de sua rotina de beleza. Além de máscaras e outros procedimentos, ela adotou uma das fórmulas da doutora Barbara Sturm.

“A Dr. Barbara Sturm pegou meu sangue e criou fatores de cura a partir das minhas próprias células que são altamente anti-inflamatórias e regenerativas”, explicou a cantora. O preparo feito pela dermatologista alemã, que tem uma linha de produtos com seu nome, custa 1.200 libras (cerca de R$ 5 mil).

Em seu site, Sturm é apresentada como uma especialista que desenvolveu tratamentos antienvelhecimento não cirúrgicos “reconhecidos mundialmente”.

Uma de suas técnicas é a “incubação, centrifugação e reintrodução das proteínas do sangue do próprio paciente. Quando o sangue é combinado com ácido hialurônico e injetado, esse tratamento tem efeito anti-inflamatório e altamente regenerativo no nível celular, que retorna o brilho jovem e combate, efetivamente, algumas das principais causas do envelhecimento da pele”.

Quando o produto é usado com regularidade, pode reduzir a inflamação da pele e estimular a formação de colágeno, informa o site da especialista.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Saúde

A dieta do jejum intermitente funciona?

Publicado

em

Badalada como uma das dietas do momento, o jejum intermitente funciona como método de emagrecimento pois faz o corpo utilizar seus estoques de gordura.

Os dois modelos mais difundidos são 5 por 2 – ou seja, cinco dias de alimentação normal e dois em semijejum – e agora também o de 16 por 8. O que significa que os pacientes podem comer normalmente durante um período de 8 horas e realizar um jejum de 16 horas seguidas.

Nesse formato, o paciente normalmente come entre 10h e 18h e durante o horário do jejum ele não pode comer nada, só ingerir água ou alguma bebida não calórica. A vantagem é que a parcela maior de horas do jejum coincide com o momento em que o paciente está dormindo.

Um estudo científico da Universidade Johns Hopkins (EUA) aponta que esse padrão de alimentação pode ajudar na perda de peso moderada por ser mais sustentável para alguns pacientes do que outras dietas mais restritivas. Entretanto, os estudos sobre o tema ainda estão em andamento para que todos os seus benefícios sejam comprovados.

Nutricionistas afirmam que o emagrecimento dependerá da adaptação da pessoa a médio e longo prazo. Mesmo com uma dieta intermitente, o paciente deve sempre incluir alimentos saudáveis na alimentação. O acompanhamento de um profissional da área é essencial para garantir o sucesso da dieta e a manutenção da saúde.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Perigo

Ator Caio Junqueira sofre grave acidente no Rio

Publicado

em

O ator Caio Junqueira sofreu um grave acidente na tarde de hoje, no Aterro do Flamengo, em frente ao Museu de Arte Moderna, na Glória.

De acordo com as primeiras informações, o artista estava sozinho no veículo e ficou preso às ferragens, mas foi retirado e encaminhado ao Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea. Ele não corre risco de vida.

De acordo com policiais do Aterro Presente, que inicialmente assumiram a ocorrência, o quadro de saúde de Caio é grave. O último trabalho de Caio foi na TV Globo, na série ‘O Mecanismo’.

 

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS