Fique Conectado

CONSCIENTIZAÇÃO

Creas abre Semana de Combate à Violência Contra a Pessoa Idosa

Publicado

em

Anunciante

A Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) de Araçatuba, através do Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) iniciou, nesta segunda-feira (11), a programação de eventos da Semana de Combate à Violência Contra a Pessoa Idosa.

No dia 15 de junho é comemorado o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa. A data, instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS), visa sensibilizar a sociedade em prol do combate à violência contra idosos e a disseminação do entendimento da violência como violação aos direitos humanos. O objetivo é garantir o envelhecimento de forma protegida e consequentemente de forma saudável, tranquila e com dignidade.

AnuncianteClínica Fornari

O Creas atende, entre outros públicos, pessoas idosas vítimas de violações de direitos. Em 2017 foram atendidos pelo Centro 132 casos de violência contra idosos. O serviço busca, ainda, promover a autonomia e a melhora da qualidade de vida dos idosos e suas famílias, contribuindo para a superação das situações violadoras, bem como colaborar com o acesso a outros serviços, benefícios e políticas públicas do sistema de garantia de direitos.

Estiveram presentes na abertura idosos dos seis Cras (Centro de Referência de Assistência Social), do CCI (Centro de Convivência do Idoso), Asilo São Vicente de Paulo, Abrigo Ismael (União Espírita Paz e Caridade), Lar São João e Lar da Velhice e Assistência Social. Pronunciaram-se a vice-prefeita Edna Flor; o presidente da Câmara, Rivael Papinha; a secretária municipal de Assistência Social e Participação Cidadã, Maria Cristina Domingues e o presidente do Conselho Municipal do Idoso, Celso Pereira dos Santos. Ao final, foi apresentada a peça teatral “Minha avó ficou maluca”, da Companhia Bom Humor Produções, representada pelos atores Eduardo Amaral e Charles Ferlete.

PROGRAMAÇÃO

11/06 – 14h

Capacitação sobre violência contra pessoas idosas (parceria com a Defensoria Pública)

Público: profissionais da rede de atendimento à pessoa idosa do município

Local: Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico – Rua Gonçalves Ledo, 800

12/06 – 18h30

Panfletagem no Colégio Salesiano Dom Lasagna com alunos universitários – Rua Cussy de Almeida, 187

13/06 – 13h

Festa Junina com idosos de projetos sociais e instituições de Araçatuba

Local: Asilo São Vicente

14/06 – 07h

Panfletagem nos semáforos da rua Duque de Caxias e da avenida dos Araçás

15/06 – 8h

Atividade intergeracional com idosos de projetos sociais e instituições de Araçatuba com crianças do Programa Lobato.

Local: Programa Lobato

Deixe sua opinião

Anunciante

requerimento

Vereadores de Araçatuba repudiam a descriminalização do aborto

Publicado

em

A descriminalização do aborto foi tema de debate na Câmara Municipal de Araçatuba durante a 24ª Sessão Ordinária do ano, realizada na segunda-feira (20/08).

Um requerimento de repúdio sobre o assunto, proposto pelos vereadores do PV, Lucas Zanatta e Dr. Alceu, foi discutido e aprovado por unanimidade na fase do Grande Expediente.

AnuncianteClínica Fornari

O documento é contrário à Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 442, que pede a exclusão do Código Penal dos artigos 124 e 128, que definem o aborto como crime.

A ação foi ajuizada pelo Psol (Partido Socialismo e Liberdade) no STF (Supremo Tribunal Federal) sob a alegação de que os dispositivos violam princípios e direitos fundamentais garantidos na Constituição.

Para o vereador Lucas Zanatta, a tese do Psol é absurda. “Usa-se na (petição) inicial ‘a mulher tem o direito’, buscando-se um direito sobre a vida de um terceiro totalmente vulnerável. Nós, cidadãos brasileiros, pela nossa Constituição, temos que prezar pela vida e ali há vida. Com 12, 11 ou 10 semanas (de gestação), há vida. O direito de alguém não pode sobrepor o direito de um terceiro”, exemplifica o parlamentar.

Ausente na sessão, o vereador Dr. Alceu manifestou-se por meio de nota, que foi lida pelo presidente da Mesa Diretora, Rivael Papinha (PSB).

“Entendo que a descriminalização do aborto é um sinal de decadência da sociedade. Aborto é homicídio. O grito silencioso dos inocentes clama por nossa intervenção e a nossa omissão será fatal. Tomemos, portanto, a defesa dessas vidas”, diz trecho da nota.

Os autores do requerimento de repúdio argumentaram ainda que a própria legislação já permite a interrupção da gravidez em determinados casos. “Quando a gravidez representa risco de vida para a mãe, quando resultante de estupro ou quando o feto não tiver cérebro, a mulher pode optar por fazer ou não o aborto”, afirmam.

OPINIÕES 
Outros vereadores também se manifestaram contrários à descriminalização do aborto. “Matar um ser que não tem como se defender é covardia extrema. Que preceito fundamental está sendo descumprido? É a coisa mais absurda que eu já vi, porque esse tipo de ação busca complementar princípios basilares que estão na Constituição e são violentados, mas não têm base expressa”, explicou o vereador Dr. Jaime (PTB).

“Os embriões são seres humanos que começam a existir na concepção. É na concepção que se dá a existência humana”, defendeu o vereador Dr. Almir (PSDB).

Para o vereador Professor Cláudio (PMN), a liberação indiscriminada do aborto é perigosa. “Nós temos que respeitar quem pensa o contrário, mas, na minha concepção, meninas pobres vão morrer fazendo aborto, porque engravidou. É isso que vai acontecer. Agra, liberar como querem liberar, vai virar um caos”, opinou.

A pedido dos autores, cópias do requerimento de repúdio serão encaminhadas para a presidente do STF, ministra Carmem Lúcia, e a relatora da ADPF 442, ministra Rosa Weber.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Urgente

Incêndio destrói cabine de caminhão canavieiro em estrada vicinal de Araçatuba

Publicado

em

Incêndio ocorreu na tarde desta terça-feira (21), na zona rural de Araçatuba (Fotos: Leitor para o Regional Press)

Um caminhão teve a cabine consumida pelo fogo na tarde desta terça-feira (21), em Araçatuba.

O incêndio, de origem ainda desconhecida, ocorreu na estrada vicinal Oswaldo Cintra, perto da ponte do rio Tietê pela rodovia Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463).

AnuncianteClínica Fornari

O Corpo de Bombeiros foi acionado e até por volta das 17h30 ainda estava no local. A cabine do caminhão foi destruída pelo fogo. A carroceria do veículo não chegou a ser atingida.

O caminhão é usado para o transporte de cana entre lavouras da região e usinas.

O veículo deverá ser periciado pelo IC (Instituto de Criminalística). O laudo apontará a causa do incêndio. Segundo a polícia, ninguém se feriu no incidente.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Trânsito

Parte da rua São Paulo terá sentido alterado em Araçatuba

Publicado

em

Imagem Ilustrativa

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (SMMU) de Araçatuba informa que, a partir da próxima quinta-feira (23), um trecho da rua São Paulo sofrerá alteração de trânsito.

A via deixará de ser mão dupla e passará a ter sentido único de circulação a partir da avenida Dos Estados até a rua Quinze de Novembro.

AnuncianteClínica Fornari

De acordo com Reginaldo Frare, assessor executivo da SMMU, a alteração proposta tem potencial para reduzir o número de acidentes, pois proporciona condições de fluxo sem retenções (paradas para conversões à esquerda), diminui o número de pontos de convergência e conflitos da rua (fluxos em sentidos opostos) e facilita a travessia de pedestres e ciclistas.

 

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Abelhas

Araçatuba inicia Programa de Apicultura

Publicado

em

Imagem Ilustrativa

O Senar, em parceria com o Sindicato Rural da Alta Noroeste (Siran), iniciou em Araçatuba um programa de apicultura com um grupo de 16 produtores.

A primeira aula aconteceu no último sábado numa propriedade localizada no Bairro Rural Água Limpa e abordou o tema implantação do apiário.

AnuncianteClínica Fornari

“Eles vão aprender a trabalhar com abelhas Apismelífera, que são abelhas com ferrão, a colher o principal produto, que é o mel, e comercializá-lo. Hoje há uma grande procura por esse produto, então o curso também é uma forma deles agregarem valorem seus orçamentos e aumentarem os rendimentos dentro da propriedade”, explica o instrutor do Senar, Edson Antônio Guarido Ribeiro.

O instrutor também destaca que o mercado é promissor. “Há uma procura muito grande pelo produto no mercado interno e pouca oferta, o produtor aprendendo essa nova profissão, de apicultor, terá condições de colocar seu produto no mercado com um preço muito bom, o que fará com que ele aumente a receita dele”, acredita Ribeiro.

As aulas acontecerão em seis módulos, um por mês, no sítio da família da produtora Cristiane Sakuma, ela conta que começou a se interessar pela apicultura em 2012, quando fez seu primeiro curso sobre o assunto e iniciou uma pequena criação.

“Agora estou fazendo esse novo curso mais para aprimoramento e melhoramento da criação. Eu sou apaixonada pela apicultura, eu acho que é um mercado muito bom, meu apiário é pequeno, mas tudo que é produzido é vendido”, diz a participante.

Mensalmente, o Senar, em parceria com o Siran, realiza diversas capacitações gratuitas na região. Para acompanhar a agenda de eventos, cursos e programas, basta acessar o link “Agenda”no site www.siran.com.br.

 

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS