Connect with us

COSMOS

Conheça algumas curiosidades sobre o planeta Netuno

Confira a galeria de fotos e saiba um pouco mais sobre o oitavo planeta do sistema solar!
Fabricio Oliveira

Publicado

em



Sabia que este planeta é o mais frio de todo o sistema solar? Netuno é composto principalmente por hindrogênio e hélio, e o seu nome vem da mitologia romana.

Para descobrir mais curiosidades como estas, veja as imagens abaixo.

Fonte:
  • O verão neste planeta dura cerca de 40 anos! Mas não se entusiasme, a temperatura é de -200ºC.

  • O planeta contém os ventos mais fortes de todo o sistema solar, atingindo velocidades de 2100 km/h.

  • Netuno foi descoberto ao ser observado pela primeira vez em 1846 por Urbain Le Verrier, no entanto já teria sido especulado matematicamente a existência de outro planeta com base na órbita de Urano.

  • Netuno tem 14 luas, mas é um dos planetas do sistema solar com menos, sendo que Júpiter tem 67 e Saturno 62.

  • De acordo com a NASA, Netuno emite mais luz do que aquela que recebe do sol.

  • Netuno é um dos gigantes gasosos e o seu tamanho é apenas ligeiramente menor do que Urano com uma massa equivalente a 17 Terras.

  • A atmosfera deste planeta é composta por hidrogênio, hélio, e algum metano.

  • O planeta tem uma tempestade chamada Great Dark Spot, semelhante àquela que acontece em Júpiter, mas não é uma tempestade comum… A tempestade regular de Netuno tem o tamanho da Terra.

  • Apenas uma nave passou perto de Netuno. A Voyager 2 enviou para a Terra as primeiras imagens do planeta tiradas de perto.

  • O nome Netuno deriva do Deus romano dos Mares, o equivalente na mitologia grega a Poseidon.

  • A maior Lua de Netuno, Triton, foi descoberta 17 dias depois do planeta ter sido descoberto.

  • Apesar de não parecer, Netuno também tem anéis que circundam o planeta. É especulado que os anéis sejam feitos de pó e partículas de gelo.

  • A temperatura normal do planeta é de -214ºC.

  • Essa temperatura torna Netuno o planeta mais frio de todo o sistema solar.

Anunciante

BASTIDORES

Participante do ‘Troca de Esposas’ detona Record: ‘Tremenda arapuca

Nana Indigo acabou criticando a direção do programa
Fabio Shiz

Publicado

em

estaque na estreia do reality show Troca de Esposas, da RecordTV, Nana Indigo, que trocou de família com a chef Aritana Matoni, decidiu fazer um desabafo sobre sua participação no programa e detonou a atração da emissora religiosa.

Em seu perfil no Facebook, ela expôs os bastidores do reality e disparou: “É a coisa mais nefasta que eu inventei de fazer na minha vida foi essa desgraça… Mas vocês não têm ideia do tamanho da merda que foi e o tormento que minha vida virou. É uma tremenda arapuca, tudo encenado pra gerar audiência, cortam as falas da gente, retiram tudo de contexto, estereotipam a gente”.

“Os dias de gravação são exaustivos, o tempo todo induzindo a gente a dizer o que eles querem que a gente diga pra depois fazer edição ferrando a gente. O cachê é um lixo para nós anônimos… O cachê da subcelebridade é 8 vezes maior”, detonou.

Nana Indigo continuou e revelou que passou a receber mensagens de ódio através das redes sociais: “Quando o programa é exibido você tem a sensação de que foi usada, feita de idiota e traída até os ossos. Sai hater até das catacumbas do inferno fazendo um verdadeiro linchamento em você e sua família, falando coisas absurdas, te xingando e acusando de tudo o que você puder imaginar”.

A participante também reclamou dos fã-clubes dos famosos que participam do programa: “Fazem perfis fake, te ameaçam, ameaçam seus filhos, seus animais, descobrem seu endereço, atiram coisas no seu quintal, te acusam de coisas inimagináveis”, escreveu e ainda fez um alerta: “Conselho? Nunca aceitem um convite para participar de uma merda de reality na sua vida!”.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Saúde

Veja opções saudáveis para montar a lancheira da crianças

Brasil tem média de 33,5% de crianças acima do peso e 14,3% com obesidade, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS)
Alex Mesmer

Publicado

em

Apesar de parecer uma tarefa fácil, preparar a lancheira das crianças requer tempo. É preciso pensar no que é saudável e não apenas no gosto dos pequenos. Na fase escolar, a alimentação deve ser cuidadosa para evitar problemas como diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares no futuro.

“As pessoas costumam achar que o lanche não tem tanta importância. Mas as crianças que ficam na escola em período integral, por exemplo, levam dois lanches de casa: o da manhã e o da tarde. E, como qualquer refeição intermediária, esse lanche é importante na alimentação dessa criança”, explica Milene Raimundo, nutricionista e diretora do Centro de Segurança Nutricional e Alimentar Sustentável (Cesans).

Ao montar a lancheira, prefira opções mais saudáveis e coloridas. Em relação às porções, a quantidade deve ser a mesma que a criança come em casa, para que não fique sobrecarregada e tenha energia para se concentrar nas tarefas.

Segundo a médica Elisabete Almeida, um bom lanche entre as refeições, principalmente no intervalo entre as aulas, garante o um bom funcionamento do metabolismo, digestão e absorção dos nutrientes. “É importante também incluir uma garrafa de água para que a criança possa consumir durante a aula, garantindo a necessária hidratação”, diz.

A vendedora Luciana Nunes conta que montar a lancheira da filha não é simples, pois a falta de tempo muitas vezes impede de fazer escolhas saudáveis. “Eu sempre mando frutas e um lanche com salada, pão integral e uma proteína para que ela coma o melhor possível. Tento evitar os industrializados, mas na falta de tempo, às vezes acabo mandando”, explica.

De acordo com Sizele Rodrigues, nutricionista da Codeagro, o Brasil tem uma média de 33,5% de crianças acima do peso e 14,3% com obesidade, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), sendo um dos problemas de saúde pública mais graves no mundo. “Então a alimentação da criança, nesta fase escolar, deve ser bem cuidadosa para que problemas como diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares sejam evitados no futuro”, finaliza.

Confira 15 dicas de como montar uma lancheira saudável e deliciosa:

1. Substitua alimentos industrializados por alimentos integrais e com menos teor de sal e açúcar;

2. No lugar do néctar de fruta opte por iogurte com geleia;

3. No lugar de bolacha recheada escolha cookies integrais;

4. Para fazer sucos naturais escolha frutas com maior tempo de oxidação: manga, abacaxi, goiaba, maracujá e acerola;

5. Faça o suco no horário mais próximo de a criança ir para a escola;

6. Misture frutas doces com cítricas para que não precise colocar açúcar;

7. Se não der para fazer o suco natural, escolha líquidos como: chás, sucos de caixinha sem açúcar ou conservantes, água de coco e até mesmo água comum;

8. Na hora de colocar frutas na lancheira, diversifique com melancia, melão, manga, uva etc;

9. Lave bem as frutas antes de colocar na lancheira;

10. Para que não oxide muito rápido, corte a fruta em gomos e envolva-os em plástico filme;

11. Sempre varie no corte das frutas para que a criança se interesse em comer;

12. Coloque uma fonte de carboidrato: pão, biscoito, torta, bolo etc (optar por integrais e caseiros);

13. Coloque uma fonte de proteína: queijo, iogurte, atum ou frango (como recheio para tortas e lanches);

14. Cuidado com os industrializados, olhe a rotulagem antes de comprar e evite os que tenham como primeiro ingrediente sal, açúcar e gordura;

15. Em vez de comprar batata frita ou bolacha recheada, prefira cookies integrais e mix de castanhas, que são mais saudáveis.

A Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, criou o livro “Alimentação Escolar – promovendo a saúde do futuro”, gratuito para download, com receitas saborosas e diversificadas.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Saúde

Comer carne processada aumenta risco de doença respiratória

Alex Mesmer

Publicado

em

Imagem Ilustrativa

Um novo estudo, que teve como base mil indivíduos na França e foi publicado no periódico científico Thorax, revela que consumir mais de quatro porções por semana de carne processada é um risco para a saúde.

Os investigadores crêem que um conservante de nome nitrito, usado em carnes como salsichas, salame e presunto, possa ser o responsável por piorar as condições das vias respiratórias.

Ainda assim, os cientistas salientam: “Mais do que se preocuparem apenas com um tipo especifico de comida, os indivíduos devem manter uma dieta saudável e equilibrada”. O consumo de carne processada já foi associado à incidência de vários tipos de câncer.

Especialistas afirmam que não é recomendável comer mais do que 70 gramas por dia de carne vermelha e processada – o que equivale a uma salsicha e mais uma fatia de bacon por dia, por exemplo.

Estudo

Para o estudo, voluntários responderam a uma pesquisa sobre alimentação e saúde durante dez anos, de 2003 a 2013.

Metade dos participantes tinha asma. O restante – o chamado grupo de controle – não tinha qualquer histórico da doença.

A pesquisa analisou os sintomas da asma – falta de ar, chiado e sensação de aperto no peito – e o consumo de carne processada: uma porção simples foi classificada como duas fatias de presunto, uma salsicha ou duas fatias de salame.

Entre os asmáticos, um maior consumo de carne foi associado a um agravamento dos sintomas pulmonares.

Pessoas que admitiram ingerir mais de quatro porções por semana – oito fatias de presunto ou quatro salsichas, por exemplo – registraram um agravamento superior da sua condição asmática no final do estudo.

Os pesquisadores destacam que esta experiência não prova a 100% que a causa do agravamento seja a dieta, já que vários fatores na vida de uma pessoa podem agravar um quadro de asma.

“Embora certos alimentos possam desencadear alergias em algumas pessoas, não há uma recomendação específica de dieta para lidar com sintomas da asma de modo geral”, afirma Erika Kennington, chefe de pesquisa no centro Asthma UK.

Para a maioria dos pacientes, segundo ela, ter uma alimentação saudável “funciona da mesma maneira do que para o restante das pessoas: ter uma dieta equilibrada que inclua muitos alimentos frescos e não processados, com baixo teor de açúcar, sal e gorduras saturadas, como uma dieta de estilo mediterrânico”.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

transtorno

Conhece a paralisia do sono? Saiba tudo sobre esta estranha sensação

Episódios assim acontecem quando o cérebro demora para devolver o movimento do corpo quando se está acordando ou tentando dormir
Fabricio Oliveira

Publicado

em

ANGKRITTH/ISTOCK

A paralisia do sono é um transtorno que ocorre logo após acordar ou quando se está tentando adormecer, e impede o corpo de se mexer, mesmo quando a mente está desperta. É a encarnação de um dos piores pesadelos possíveis, pois a pessoa está acordada, mas não consegue se movimentar, se levantar. o que causa angústia, medo e terror.

Enquanto dormimos, o cérebro relaxa todos os músculos do corpo e o mantém imóvel para conservar energia e evitar movimentos bruscos durante os sonhos. No entanto, quando acontece um problema de comunicação entre o cérebro e o corpo, o cérebro pode demorar para devolver o movimento ao corpo, originando um episódio de paralisia do sono.

Normalmente, o paciente tem algumas alucinações, como ver alguém ao lado da cama ou ouvir barulhos estranhos, mas isso acontece devido ao excesso de ansiedade e medo provocados pela falta de controle do próprio corpo. Além disso, os sons podem ser justificados pelo movimento dos músculos do ouvido, que continuam funcionais mesmo quando todo o corpo está paralisado.

Embora a paralisia do sono possa acontecer em qualquer idade, é mais frequente em adolescentes e jovens adultos com idade entre os 20 e os 30 anos, estando relacionada com maus hábitos de sono e excesso de estresse.

O que fazer para sair

A paralisia do sono é um problema pouco conhecido que desaparece sozinho após alguns segundos ou minutos. No entanto, é possível sair mais rapidamente desse estado de paralisia quando alguém toca na pessoa que está tendo o episódio ou quando se pensa de forma lógica e o paciente foca toda sua energia em tentar movimentar os músculos.

Como evitar

A paralisia do sono tem sido mais frequente em pessoas com maus hábitos de sono e, por isso, para evitar que os episódios aconteçam, é recomendado melhorar a qualidade do sono, através de estratégias como:

  • Dormir entre 6 a 8 horas por noite;
  • Ir para a cama sempre na mesma hora;
  • Acordar todos os dias na mesma hora;
  • Evitar bebidas energéticas antes de dormir, como café ou refrigerantes.

Na maior parte dos casos, a paralisia do sono surge apenas uma ou duas vezes durante toda a vida. Mas, quando ela acontece mais de uma vez por mês, por exemplo, é aconselhado consultar um neurologista ou um médico especialista em distúrbios do sono. O tratamento pode incluir o uso de remédios antidepressivos.

Os sintomas da paralisia do sono, que podem ajudar a identificar este problema são:

  • Não conseguir mover o corpo apesar de estar acordado;
  • Sensação de falta de ar;
  • Sensação de angústia e medo;
  • Sensação de estar caindo ou flutuando sobre o corpo;
  • Alucinações auditivas como ouvir vozes e sons não característicos do local;
  • Sensação de afogamento.

Embora possam surgir sintomas preocupantes, como falta de ar ou sensação de estar flutuando, a paralisia do sono não é perigosa, nem coloca a vida em risco. Durante os episódios, os músculos da respiração e todos os órgãos vitais continuam funcionando normalmente.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS