Fique Conectado

Abuso sexual

Gêmeos são presos suspeitos de estuprar crianças durante dez anos em SP

Duas meninas e um menino teriam sido obrigados a manter relação sexual com os suspeitos, que são parentes das vítimas

Publicado

em

Imagem Ilustrativa
Anunciante

Pelo menos três crianças podem ter sido vítimas de abuso sexual cometido por irmãos gêmeos durante um período de dez anos. Os suspeitos, de 29 anos, foram presos nesta terça-feira (15), em Guarujá, no Litoral de São Paulo. As investigações apontam que os menores foram estuprados até a adolescência. A prisão da dupla foi autorizada pela 5ª Vara da Justiça Federal em Santos.

Na fase inicial das investigações, foram apreendidos pela polícia celulares e computadores na casa dos possíveis autores do crime. Ainda havia vestígios de fotos com pornografia infantil, de acordo com informações do G1. Duas meninas e um menino teriam sido obrigados a manter relação sexual com os suspeitos, que são parentes das vítimas.

AnuncianteClínica Fornari

Graças aos depoimentos dos hoje adolescentes, a ordem de prisão foi sustentada e efetuada pela Polícia Federal. Na época, as crianças chegaram a ser obrigadas a assistir vídeos pornográficos.

Os estupros foram cometidos quando os menores tinham idade entre 5 e 13 anos. “Verificamos que quando uma ficava mais velha, eles se voltavam para a mais jovem, de forma sucessiva”, explicou a delegada federal Cassiana Saad de Carvalho.

Os irmãos podem pegar mais de 30 anos de prisão por crimes cibernéticos transnacionais relacionados à pornografia infantil, por envolver a internet para eventual produção, armazenagem e compartilhamento de fotos e vídeos com conteúdo ilícito. Eles passaram por audiência de custódia nesta terça-feira e depois foram levados para o Centro de Detenção provisória.

Deixe sua opinião

Notícias ao Minuto
Anunciante

litoral de sp

Ladrão rouba celular, é agredido e pede desculpas: ‘Me add no Face’

Publicado

em

© Arquivo Pessoal / G1

Um ladrão foi agredido e pediu desculpas à vítima após furtar seu celular em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na noite de quarta-feira (19). O criminoso foi perseguido por familiares da vítima, uma fotógrafa de 28 anos, alcançado, agredido e levado de volta ao local do crime. Ele pediu à vítima que o adicionasse no Facebook para proceder ao pagamento dos danos causados ao aparelho.

“Ele veio com uma mão embaixo da camiseta, indicando que estava armado. Meu tio e minha tia ficaram parados, assim como eu. Ele pediu meu celular, e fui tirando devagar as coisas da bolsa. Quando ele estendeu a mão, percebi que não havia arma”, conta a fotógrafa, que pediu para não ser identificada, em entrevista ao G1.

AnuncianteClínica Fornari

Após gritar, o ladrão saiu correndo do local levando apenas o celular. O tio e primo da fotógrafa, além de dois funcionários da concessionária de energia, saíram atrás do criminoso, que foi capturado. Em meio à perseguição, o ladrão jogou o celular no chão e quebrou a tela do aparelho.

Momentos depois, a jovem ficou surpresa quando viu o tio e o primo voltando com o ladrão, ferido no rosto e bastante assustado. “O cara chegou perto de mim, juntou as mãos e pediu desculpas, perdão. Ele me disse, ainda, que fazia questão que eu o adicionasse no Facebook, para que ele pudesse pagar os danos ao celular”.

Após o pedido de desculpas, o homem foi liberado e saiu andando do local. A orientação das polícias Militar e Civil é que, em casos como esse, as vítimas não reajam e peçam ajuda pelo telefone 190 ou em uma delegacia.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

flagrante

PM recupera moto furtada e prende marceneiro por receptação em Araçatuba

Publicado

em

Policiais militares recuperaram na tarde desta quarta-feira (19) uma motocicleta Honda/Titan com placa de Araçatuba furtada em frente a um shopping no bairro Guanabara.

A PM chegou até o veículo depois de receber informações que nos fundos do bairro Porto Real 2, indivíduos estariam desmontando uma motocicleta.

AnuncianteClínica Fornari

Os policiais Cb Saimon e Cb Tabata (equipe C) com apoio de outras viaturas e do helicóptero Águia, conseguiram localizar os suspeitos.

Policiais que estavam na aeronave cercaram o local e conseguiram abordar 7 pessoas, sendo 6 adolescentes e um adulto identificado como sendo o marceneiro J.M.A.A. de 24 anos.

A prisão aconteceu na tarde desta quarta-feira (19) no bairro Porto Real 2. (Regional Press)

Indagado sobre a motocicleta, J.M. confessou que havia comprado o veículo de um desconhecido pelo valor de R$ 150 e que iria desmontar para vender as peças.

Segundo ele, a motocicleta havia sido furtada em frente ao shopping Praça Nova na tarde de hoje.

Os policiais foram até o shopping e em contato com a proprietária do veículo, a mesma desconhecia o furto.

Policiais do helicóptero Águia cercaram o local e desembarcaram para efetuar a abordagem. (Regional Press)

O acusado recebeu voz de prisão e foi encaminhado ao plantão policial. Os adolescentes foram ouvidos e liberados.

A ocorrência está em andamento e o site Regional Press trará a qualquer momento mais informações.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Atrás das grades

Acusado de assassinar idosa de 84 anos é preso pela DIG em Araçatuba

Publicado

em

Na imagem, Alexandre (de azul) é levado para uma das celas da delegacia. (Regional Press)

Alexandre Rodrigues, de 35 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira (19) acusado de ser o responsável pela morte da aposentada Luíza Cogo, no bairro Vila Mendonça, em Araçatuba.

A vítima de 84 anos morava sozinha e foi encontrada morta por um sobrinho no dia 9 de setembro caída dentro de casa.

AnuncianteClínica Fornari

A idosa apresentava marcas pelo corpo e indícios de violência sexual, que posteriormente foi constatado través de laudo do Instituto de Criminalística (IC), os abusos.

Após tomar ciência do crime, a DIG passou a colher informações e imagens de circuito de câmeras de residências próximas do local do crime que mostraram Alexandre nas imediações.

Crime ocorreu no bairro Vila Mendonça no último dia 9 de setembro. (Fábio Ishizawa/Regional Press)

Diante da suspeita que ele seria o autor do homicídio, a DIG solicitou mandado de busca na casa de uma tia de Alexandre, no bairro Jardim Alvorada, local onde havia informações que ele estaria escondido.

Na residência a moradora reconheceu Alexandre nas imagens, porém informou que não via o sobrinho a alguns dias.

Depois de várias diligências em locais suspeitos, os policiais encontraram Alexandre no cruzamento da Rua Regente Feijó com a Avenida Mário Covas.

Levado ao plantão policial, ele foi interrogado e confessou que teria sido o autor do crime.

Alexandre confessou em interrogatório que teria assassinado idosa. (Imagem/O Liberal Regional)

Ele permanece preso em uma das celas da delegacia aguardando mandado de prisão temporária solicitado pelo delegado.

Ele será transferido para cadeia de Penápolis onde ficará a disposição da justiça.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

resposta rápida da PM

Três são presos por roubo a cartório em Araçatuba; R$ 12 mil são recuperados

Publicado

em

(Thiago Augusto/Regional Press)

Três pessoas foram presas em flagrante acusadas de participar de um assalto em um cartório de Araçatuba. O crime ocorreu na manhã desta quarta-feira (19).

Armado de revólver, o assaltante identificado como W.B.S. de 18 anos entrou no cartório, na rua Carlos Gomes , rendeu funcionários e fugiu com pelo menos R$ 10 mil em dinheiro.

AnuncianteClínica Fornari

Câmeras de segurança flagraram o momento em que o acusado entrou em um carro Fusion preto, ocupado pelo casal L.P.M. de 24 anos, T.S.R. de 22 anos e uma criança de apenas seis meses de idades.

A Polícia Militar passou a procurar pelo veículo, que teve a placa revelada pelas imagens.

(Thiago Augusto/Regional Press)

Durante as buscas, ainda no final da manhã, o veículo foi localizado no cruzamento da avenida Prestes Maia e rua Marcílio Dias, bairro Planalto.

No veículo estava o casal, que foi abordado com o filho no carro. Os policiais apreenderam cerca R$ 1 mil no veículo e uma quantia em dinheiro na casa dos ocupantes. A arma não foi localizada.

W.B.S. é acusado de ter entrado no cartório e de posse de uma arma de fogo efetuado o roubo. (Sílvio Romeiro/Regional Press)

De posse das imagens das câmeras de segurança que flagraram a ação dos marginais, a PM conseguiu localizar W.B.S., o terceiro envolvido no crime no bairro Cecap.

Levados ao plantão policial, os três acusados foram autuados em flagrante e permaneceram presos a disposição da justiça. A criança seria entregue ao Conselho Tutelar.

O valor total recuperado pela Polícia Militar foi de R$ 12.665.

(Thiago Augusto/Regional Press)

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS

error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998