Fique Conectado

INVESTIGAÇÃO

Diplomata brasileiro morre em Roma durante ‘jogo erótico’

Polícia investiga suspeita de asfixia em relação extraconjugal

Anunciante

Um funcionário da embaixada brasileira em Roma foi encontrado morto em sua casa, na capital da Itália, com um cinto de couro em volta do pescoço. A polícia suspeita de homicídio culposo por asfixia erótica, informou a imprensa italiana.

A morte ocorrera na última segunda-feira (9), mas repercutiu somente neste sábado (14). De acordo com o jornal “Il Messaggero”, o homem de 40 anos foi identificado por Alexandre Siqueira Gonçalves, adido cultural do Brasil na “cidade eterna”.

As autoridades locais ainda desconhecem as causas da morte, mas a suposição é de que Gonçalves participava de uma sessão de escravidão sexual. O corpo foi encontrado pela esposa do diplomata, que não havia passado o fim de semana em casa. Segundo o “La Repubblica”, a mulher disse à polícia romana que o marido tinha um relacionamento extraconjugal com um homem.

Uma investigação sobre o crime foi aberta, mas a previsão é que a autópsia só fique disponível em até 60 dias. Com informações da ANSA.

Oque você acha disso?

Notícias ao Minuto
Anunciante

Violência

Três estudantes são mortos e dissolvidos em ácido

Dois homens, ligados a um cartel de drogas do México, já foram detidos e há ordens de prisão para outros quatro suspeitos

Autoridades de Jalisco, estado no oeste do México, afirmam que três estudantes desaparecidos desde o mês passado foram mortos e tiveram seus corpos dissolvidos em ácido. O escritório da Procuradoria-Geral de Justiça diz que dois homens já foram detidos e outros quatro suspeitos estão foragidos.

Os estudantes foram sequestrados em 19 de março nos arredores de Guadalajara, depois de trabalharem em um projeto de cinema para uma escola, numa locação que aparentemente estava sendo vigiada por membros do cartel Nova Geração de Jalisco.

Autoridades disseram que os adolescentes foram levados a outro local e um deles foi espancado até a morte. Os outros dois foram mortos em seguida.

Segundo os promotores, os corpos foram levados a uma terceira localização, onde acreditam que tenham sido dissolvidos em ácido sulfúrico.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

TRAGÉDIA

Kim Jong-un visita hospital chinês após acidente que matou 32 turistas

O veículo caiu de um aponte noite de domingo (22), na província de North Hwanghae

O presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-un, expressou “tristeza amarga” ao se referir ao acidente de ônibus que tirou a vida a 32 turistas chineses e quatro norte-coreanos. A informação foi divulgada esta segunda-feira (24) pela agência oficial de notícias KCNA.

O veículo caiu de um aponte noite de domingo (22), na província de North Hwanghae.

O líder norte-coreano afirmou que “o inesperado acidente trouxe tristeza amarga ao seu coração” e “não conseguiu controlar a sua dor ao pensar nas famílias em luto que perderam os seus parentes”, relata a KCNA.

Kim foi fotografado visitando passageiros feridos no hospital, tendo se inteirado “pessoalmente do tratamento” que estava sendo dado, as informações são do Expresso.

Além disso, Kim visitou a embaixada da China em Pyongyang, onde se encontrou com o embaixador chinês na Coreia do Norte, Li Jinjun, a quem “expressou as suas sinceras condolências”.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Internacional

Chega a 9 número de mortos em atropelamento em Toronto; 16 ficam feridos

Autoridades canadenses informam que 9 pessoas morreram e 16 ficaram feridas após um motorista atropelar pedestres com uma van ao norte de Toronto, nesta segunda-feira, 23. De acordo com a polícia, o motorista foi levado sob custódia.

Não ficou imediatamente claro o que levou o veículo a atingir os pedestres em um cruzamento movimentado na região centro-oeste da cidade. A polícia não identificou imediatamente quem era o motorista. “Neste momento, é muito cedo para dizer o que houve e se houve algum motivo. Também não podemos dizer neste momento a extensão ou o número de pessoas feridas”, disse a porta-voz da polícia de Toronto, Meaghan Gray.

A polícia fechou uma região da cidade após o incidente e a agência de trânsito de Toronto disse que suspendeu o serviço da linha de metrô que atravessa a área.

O incidente ocorreu quando ministros de países integrantes do G-7 se encontravam no Canadá para discutir uma série de questões internacionais antes da reunião do G-7, que ocorre em junho, em uma cidade próxima a Quebec.

Questionado, o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, afirmou que o governo está acompanhando a situação, mas disse que precisa de mais informações sobre o incidente.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Facebook

Anunciante

MAIS LIDAS - 24 HRS