Connect with us
Banner Samar Eco

mistério

Caso Marielle: um mês após o crime, o que se sabe até agora?

Ainda não foram localizados os autores e os mandantes do crime. Trinta dias depois, perguntas continuam sem respostas. Quem matou Marielle?

Publicado

em

assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes completa um mês neste sábado (14). Eles foram mortos a tiros no dia 14 de março, no centro do Rio. Ainda não foram localizados os autores e os mandantes do crime. Trinta dias depois, perguntas continuam sem respostas. Quem matou Marielle?

Confronto de digitais

Nessa sexta-feira (13), segundo O Globo, a polícia afirmou que evidências encontradas em uma das balas disparadas pelos autores do duplo homicídio serão confrontadas com marcas dos dedos do líder comunitário Carlos Alexandre Pereira Maria, o Alexandre Cabeça, 37, executado a tiros no último domingo (8), e do subtenente reformado da PM Anderson Cláudio da Silva, de 48 anos, assassinado terça-feira (10), no Recreio.

Atirador: ‘Negro e musculoso’

No dia 12, um laudo da Polícia Federal apontou que o atirador seria canhoto. A suspeita é que o bandido teve pontaria para, na diagonal, no banco traseiro de um carro em movimento, acertar quatro tiros na cabeça de Marielle. De acordo com uma testemunha, o suspeito era negro e musculoso.

Armas usadas

A teoria da polícia, conforme o calibre das balas de 9mm e também pela marca dos tiros, é que o assassino tenha utilizado uma pistola Glock com um adaptador para rajadas ou uma submetralhadora. Já foi solicitado à Justiça o rastreamentos de ligações feitas no trajeto feito pela vereadora. Imagens do circuito de câmeras de segurança estão sendo analisadas. Quem comanda as investigações é o delegado Giniton Lages, titular da Delegacia de Homicídios (DH) da Capital.

Vereadores depõem

A quinta-feira (12) na DH foi voltada para os depoimentos de dez vereadores, entre eles Tarcísio Motta (PSOL), que ficou na unidade policial por cerca de três horas depondo. Nenhum dos parlamentares é considerado suspeitos, conforme relatos policiais. Um dos ouvidos contou que existem três linhas de investigação. A primeira delas é o envolvimento da mílicias, além de integrantes do 41º BPM (Irajá) e um possível desentendimento dentro da Câmara Municipal.

Outros depoimentos

Ainda não foram ouvidas pela polícia duas possíveis testemunhas que presenciaram o crime. Elas estariam a 15 metros da cena, mas não tiveram a chance de colaborar com as investigações. As únicas testemunhas oculares ouvidas foram a assessora que sobreviveu ao ataque e uma outra pessoa não identificada.

Veículo encontrado em MG

Até o momento, a polícia relata que dois carros teriam sido utilizados no dia do crime. Um deles foi encontrado em Minas Gerias dias após os assassinatos, mas a hipótese que seria de um dos assassinos foi descartada. O Colbat, que levava o atirador, ainda não foi achado. Testemunhas afirmam que só havia um carro, informação que vai de encontro com as investigações.

Deixe sua opinião

Notícias ao Minuto

flagrante

Jovem é preso pelo GOE com cocaína e mensagens sobre o tráfico do celular, em Araçatuba

Publicado

em

David D’Ávila da Silva voltou para cadeia um mês após ter saído (Fotos: Regional Press)

Um rapaz de 20 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas na manhã desta quarta-feira (16), em Araçatuba. Policiais civis do GOE (Grupo de Operações Especiais) apreenderam um celular onde foram encontraram trocas de mensagens sobre cobrança de dívida de droga e encomenda de entorpecente.

O celular foi vistoriado com autorização judicial durante o cumprimento de mandado de busca na casa do indiciado, na rua Benedito Mariano, bairro Pinheiros.

O GOE investigou denúncias sobre o envolvimento de David D’Ávila da Silva no tráfico praticado na zona leste de Araçatuba. O indiciado já é conhecido nos meios policiais. Ele deixou a cadeia no mês passado, onde cumpria pena por tráfico.

Durante a busca, os investigadores apreenderam 11 pinos de cocaína e dinheiro. Os policiais civis tiveram que arrombar o portão da casa, já que o acusado não queria abri-lo espontaneamente. David ainda tentou jogar a droga e o dinheiro sobre o muro da casa do fundo, sem sucesso.

O celular com mensagens sobre o tráfico (veja abaixo)  será encaminhado para perícia no IC (Instituto de Criminalística).

O laudo será anexado ao inquérito policial. Outras pessoas citadas nas conversas também serão investigadas.

 

Deixe sua opinião

Continue Lendo

POSITIVO

PM divulga balanço da operação na região de Araçatuba

Publicado

em

A Polícia Militar desencadeou nesta terça-feira (15) em todo o Estado de São Paulo a
Operação São Paulo Mais Seguro, visando garantir a continuidade da redução dos indicadores
criminais, especialmente dos delitos com motivação econômica, como os latrocínios, roubos de
carga, roubos de veículos e outros roubos, apostando na presença ostensiva para melhorar a
percepção de segurança das pessoas e inibir a prática de crimes.

Em continuidade a outras operações da Polícia Militar em 2019, a Operação São
Paulo Mais Seguro, que faz parte da estratégia do comando e objetiva ampliar a ação de
presença, foi encerrada em todo o Estado às 04h00min de hoje (16), pelos policiais militares
da Força Tática.

Foram empregadas na área do Comando de Policiamento do Interior – 10 (
Araçatuba e Andradina), 225 policiais militares e 102 viaturas, sendo 87 viaturas 04
(quatro) rodas, 09 viaturas 02 (duas) rodas e 06 viaturas de Força Tática.

Graças às ações do policiamento preventivo e ostensivo, e ao trabalho conjunto com
a comunidade, dentro da filosofia de polícia comunitária, foram realizados 84 pontos de
bloqueios, 182 pontos de visibilidade com presença policial, 918 condutores de veículos
abordados, 31 veículos removidos administrativamente, 172 autos de infração elaborados, 478
pessoas abordadas, 4 pessoas presas em flagrante delito e uma pessoa procurada foi
recapturada, além de 04 menores apreendidos.

A Polícia Militar do Estado de São Paulo atua
diuturnamente na busca incessante da maximização dos resultados operacionais e na
consequente redução dos indicadores criminais, visando aumentar a percepção de segurança
da população.

Em caso de emergência, acione o Policial Militar mais próximo ou ligue no telefone
de emergência 190.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

susto

Veículos pegam fogo em estacionamento de supermercado em Araçatuba

Publicado

em

Foto: Reprodução Whatsapp

Dois veículos ficaram danificados após incêndio na manhã desta quarta-feira no estacionamento de um supermercado localizado na avenida José Ferreira Batista, bairro Ipanema, em Araçatuba.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros com base em depoimento de testemunhas, o incêndio teve princípio em uma picape Fiat Strada, e as chamas se propagaram atingido uma caminhonete L-200 que estava estacionada ao lado. Houve princípio de corre corre e muita fumaça se espalhou pelo local.

O prédio do supermercado não foi atingido pelas chamas e ninguém ficou ferido. O Corpo de Bombeiros atendeu a ocorrência e conseguiu conter as chamas. A Strada ficou com a parte dianteira completamente destruída e a L-200 teve uma pequena parte do paralama dianteiro e parachoque atingidos pelas chamas.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

JUVENTUDE PERDIDA

Jovens de 14 e 17 anos são apreendidos por tráfico no Verde Parque

Publicado

em

Dois adolescentes, um de 14 e outro de 17 anos, foram detidos em flagrante por policiais militares acusados de tráfico de drogas no bairro Verde Parque, em Araçatuba, na tarde desta terça-feira. Foi a segunda prisão de traficantes no mesmo local, no mesmo dia.

Os PMs faziam patrulhamento pelo local quando viram os dois jovens sentados na calçada. Com a aproximação da viatura eles se levantaram e começaram a caminhar um para cada lado. Os jovens foram abordados em durante revista os policiais encontraram com um deles, sete pinos contendo cocaína, e com o outro, seis porções de maconha e R$ 55 em dinheiro.

Próximo aos meninos foi localizada uma sacola com mais 40 pinos contendo cocaína. Eles confirmaram que estavam no local vendendo entorpecentes, ao preço de R$ 10 cada pino com cocaína e R$ 5 a porção de maconha.

Os adolescentes foram encaminhados à delegacia e ficaram apreendidos à disposição da Justiça. De acordo com os policiais, o local onde os garotos estava, na rua Amadeu Vuolo, é conhecido como ponto de venda de entorpecentes.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS