Fique Conectado

Araçatuba

Vereadores revogam taxa de bombeiros e aprovam empréstimo de R$ 13 milhões

Publicado 

em

Foto: Angelo Cardoso/ Assessoria de Imprensa
Anunciante

Por 13 votos favoráveis, os vereadores de Araçatuba revogaram, na noite desta segunda-feira (12), a Lei Complementar nº 211, de 2010, que criou a Taxa de Serviços de Bombeiros no município. A revogação cumpre decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), que julgou a cobrança desse tributo inconstitucional.

Essa propositura, de autoria da Prefeitura, foi um dos sete projetos aprovados na Ordem do Dia da 6ª sessão ordinária do ano. Duas matérias foram analisadas em regime de urgência. Uma delas, de autoria do vereador Márcio Saito (PSDB), modifica a lei municipal que dispõe sobre o uso da madeira de origem legal e certificada na cidade.

Também em regime de urgência e depois de muita discussão foi aprovado, por 12 votos a 1, projeto apresentado pela Prefeitura. Trata-se da autorização para a contratação de empréstimo de R$ 13 milhões com a Agência Desenvolve SP, do governo do Estado.

Os recursos serão aplicados em obras de infraestrutura urbana no prolongamento da avenida Joaquim Pompeu de Toledo, entre a rua Tupinambás e a rodovia Marechal Rondon (SP-300). Apenas o vereador Arlindo Araújo (PPS) votou contrário à proposta.

Filipe Fornari

BANDA
Outros dois projetos enviados pela Prefeitura foram aprovados por unanimidade e sem discussão. Um deles cria a Banda Municipal Bruno Zago e o outro altera a linha perimetral urbana do município.

Os vereadores também foram unânimes na aprovação de homenagens. Por sugestão do vereador Dr. Jaime, a rua 5 do loteamento Residencial Barcelona receberá o nome de Sebastião de Oliveira Sobrinho. E o empresário da construção civil Rafael Damaceno Moreira Ferreira receberá o Título de Cidadão Araçatubense por indicação do vereador Gilberto Batata Mantovani (PR).

RETIRADO
A pedido do vereador Dunga (DEM), foi retirado da pauta o parecer contrário da Comissão de Justiça e Redação ao projeto de lei, de autoria dele, que sugere farmácias e drogarias como locais para recebimento de medicamentos vencidos.

Deixe sua opinião

Fonte:
Imprensa/ Câmara de Araçatuba

Araçatuba

Time do Emprego forma segunda turma de alunos da Fundação Mirim

Trinta alunos da Fundação Mirim de Araçatuba receberam, nesta quarta-feira (20), certificados de conclusão do Time do Emprego, curso promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho (SMDERT), em parceria com a Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho.

O curso tem por objetivo orientar e preparar os participantes na busca de um emprego compatível com seus interesses, habilidades e qualificações profissionais. A referida turma teve início em 4 de junho.

Todos os alunos receberam um kit com apostilas e materiais escolares para acompanhar as aulas. Foram 11 encontros diários com duração de três horas cada. Durante as atividades, os participantes formaram um grupo especial para troca de experiências e procura de emprego.

Foram fornecidas orientações a respeito de elaboração de currículos, dicas de comportamento e de como conquistar lugar no mercado de trabalho com mais facilidade. Também foram tratados temas como comunicação, planejamento financeiro e empreendedorismo.

Filipe Fornari

Um dos destaques da formatura foi a presença do aluno João Vitor Vidovix, participante da primeira turma do Time do Emprego na Fundação Mirim, atualmente empregado.

Ele contou como foi o processo de contratação e suas funções no ambiente de trabalho. À pedido da mãe, Rita Vidovix, foi informado que João tem deficiência cognitiva comportamental e intelectual.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Dados

São Paulo reduz acidentes fatais de trânsito em maio

O número de vítimas em acidentes de trânsito no estado de São Paulo diminuiu 14,1% em maio deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado. Foram registrados 445 óbitos neste mês. No acumulado do ano, a redução é de 7,9%, com 2.087 fatalidades em 2018 contra 2.267 no ano passado.

Os dados foram divulgados hoje (19) pelo Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, programa do governo paulista que visa reduzir pela metade o número de óbitos. Com 28,4 milhões de veículos, o estado tem a maior frota do país, representando 28,9% do total nacional. Somente na cidade de São Paulo são 8,1 milhões.

De acordo com levantamento do Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga SP), nos primeiros cinco meses deste ano 1.157 pessoas foram vítimas de acidentes de trânsito entre 18h e 6h, o que equivale a 55% do total (2.087).
Colisões entre veículos correspondem a 37,5% dos acidentes, enquanto os atropelamentos somam 28,7%. Choques contra objetos fixos equivalem a 15,1% dos casos e outros tipos de acidente somam 12,3%.

Estatísticas

Em maio, os motociclistas lideraram as estatísticas e corresponderam a 35,2% das vítimas (157 fatalidades), seguido por pedestres (27,6%), ocupantes de automóveis (22,9%) e ciclistas (9,6%). A maior parte dos acidentes ocorre à noite, nas madrugadas (54,3%) e nos finais de semana (37,8%). Jovens com idades entre 18 e 29 anos correspondem a 28,3% das vítimas (126 ocorrências) e os homens representam 82,3% dos casos.

“As ações promovidas pelo Movimento Paulista, em parceria com municípios, iniciativa privada e departamentos do governo de São Paulo, buscam conscientizar este público. Um exemplo foi a realização, em maio, da segunda edição do projeto para motociclistas, que une educação e fiscalização, e tem como objetivo mobilizar os municípios a difundir, junto a esse público, a pilotagem defensiva e segura e o espírito de cidadania”, disse o diretor técnico do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, Evandro Vale.

Filipe Fornari

Usuários de moto somaram 157 vítimas em maio, mas com redução de 5,4% na comparação com 2017 (166 casos). Já 123 fatalidades vitimaram pedestres, redução de 14% (143 óbitos), seguido por ocupantes de automóveis, com 102 vítimas (-25,5%, 137 casos). Os ciclistas fazem parte do único grupo que apresentou aumento no mês. Foram 43 fatalidades em maio, contra 32 no ano passado, aumento de 34,4%.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

administração

Desenvolve SP atende empresários de Birigui e Sta Bárbara d’Oeste

Nesta quinta-feira (21), a Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista, realiza o workshop “Uma Solução Para Cada Fase do seu Negócio” para empresários de Birigui e Sta Bárbara d’Oeste, no interior paulista

Em Birigui, o encontro acontece das 8h30 às 16h na Associação Comercial Industrial Birigui (ACIB). Lá, os pequenos e médios empreendedores poderão conhecer as linhas de crédito da instituição e obter orientação sobre como acessar o financiamento ideal para investir em suas empresas de forma sustentável e planejada.

Desde 2009, começo da operação da Desenvolve SP, mais de R$ 7,5 milhões já foram destinados para o financiamento de pequenas e médias empresas na cidade.

Dividido em duas etapas, o workshop começa com palestra da Desenvolve SP que irá apresentar todas as opções de crédito como linhas para projetos de expansão, modernização, inovação, compra de máquinas e equipamentos e capital de giro. Na sequência, os empresários receberão atendimento individual, que deve ser agendado com antecedência, para tirar dúvidas ou apresentar seus projetos de investimento.

Filipe Fornari

“Nossa atuação busca fornecer aos empreendedores a possibilidade de investir com planejamento estruturado, pois cremos que o crédito deva servir para fazer a empresa crescer por meios sustentáveis e gerando empregos para a região”, explica o presidente da Desenvolve SP, Alvaro Sedlacek.

O evento, gratuito, será realizado na Associação Comercial Industrial de Birigui, na Avenida Governador Pedro de Toledo, 262 – Centro e tem o apoio da SIMBI (Sindicato das Indústrias de Calçados e Vestuário de Birigui). Agendamentos pelo link: e mais informações pelo telefone: (18) 3649-4222 ou pelo e-mail [email protected].

Em Santa Bárbara, o evento é gratuito será realizado no CIESP Santa Barbara D’Oeste, das 9h30 às 17h. Mais informações pelo telefone: 19 3463-7461 ou e-mail: [email protected].

Sobre a Desenvolve SP

A Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista é a instituição do Governo do Estado de São Paulo que financia, por meio de linhas de crédito sustentáveis, o crescimento planejado das pequenas e médias empresas e municípios paulistas. Em 9 anos, são mais de R$ 2,8 bilhões desembolsados em financiamentos em todo o Estado.

Somente para a cidade de Birigui, o montante registrado em empréstimos é de R$ 7,5 milhões. No setor privado, a indústria é a principal tomadora de crédito no município, sendo responsável por demandar 50% dos recursos, seguida pelo o setor de comércio e serviços, com 9%. Já o setor público, por meio das prefeituras, demandou os outros 41% dos financiamentos. Para saber mais sobre a instituição acesse: www.desenvolvesp.com.br.

Serviço

Workshop Desenvolve SP | Birigui
“Uma Solução Para Cada Fase do seu Negócio”
Data: 21/06/2018, quinta-feira
Horário: 8h30 às 16h
Local: Associação Comercial Industrial Birigui
Endereço: Avenida Governador Pedro de Toledo, 262 – Centro
Informações: (18) 3649-4222 ou pelo e-mail [email protected]
Gratuito

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Cidades

Pedágios em estradas estaduais de SP retiram cancela de cobrança eletrônica

Passou a valer nesta terça-feira, 19, uma lei estadual que determina a retirada das cancelas das faixas de pagamento eletrônico de praças de pedágio nas rodovias estaduais de São Paulo.

A justificativa para implementação da lei, de autoria do deputado Edmir Chedid (DEM), foi a de que a medida aumenta a segurança do motorista. Ao parar o veículo na cancela de pagamento eletrônico, haveria o risco de colisões e engavetamento.

Somente usuários com tags ativos, instalados conforme orientação da respectiva operadora e com saldo, devem se dirigir à pista de pagamento eletrônico. Os motoristas que passam sem crédito ou sem tag estarão cometendo evasão de pedágio, infração de trânsito prevista no Artigo 209 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A multa, nestes casos, é de R$ 195,23 e cinco pontos na carteira de habilitação.

Evasão

Filipe Fornari

Segundo a Artesp, de janeiro a maio de 2017 houve o registro de 1.197.415 de evasões nas rodovias paulistas. Em 2018, também de janeiro a maio, houve 627.897 evasões, o que representa uma queda de 47% no número em comparação no mesmo período.

A Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), informou que retirou na noite desta terça-feira as cancelas das pistas automáticas de cobrança de pedágio. Segundo a nota, o horário foi escolhido em razão do menor volume de tráfego.

De acordo com o grupo CCR, as rodovias supervisionadas pela Artesp, que são: CCR AutoBan (Anhanguera e Bandeirantes), CCR Viaoeste (Castelo Branco e Raposo Tavares), CCR Rodoanel (trecho Oeste) e CCR SPVias (Trecho da Anhanguera próximo a Tatuí) estão com 100% das cancelas eletrônicas retiradas de acordo com a legislação vigente.

Em nota, a Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) disse que irá entrar no Tribunal de Justiça de São Paulo com uma ação direta de inconstitucionalidade, já que a lei “invade o campo de atuação próprio da Administração Pública, a quem cabe a execução da política estadual de rodovias, que envolve ações de planejamento, elaboração de projetos, construção, conservação e operação do sistema”. No texto, informou também que registrará junto à agência a extrema preocupação das concessionárias de rodovias em relação ao aumento potencial de acidentes em praças de pedágio que pode ser gerado por essa medida.

Dicas de segurança na passagem pelas cabines automáticas sem cancelas
As pistas são exclusivas para veículos com tag ativo, assim mantenham seu dispositivo instalado de forma correta e verifique seu saldo e a regularidade junto à operadora;

Nas aproximações das praças de pedágio, os usuários deverão atentar para a redução gradativa da velocidade regulamentada, bem como, estabelecer a distância segura dos demais veículos.

Mantenha velocidade constante e dentro dos limites definidos – 40 Km/h;

O semáforo de fiscalização passará do vermelho para o verde indicando a regularidade da passagem;

Caso o semáforo se mantenha no vermelho o usuário deverá parar e aguardar orientação do funcionário da concessionária;

Com a retirada das cancelas das vias automáticas, os usuários deverão atentar ainda mais a sinalização semafórica existente em todas as praças de pedágio.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS