Fique Conectado

Mundo

Rússia lança nave de carga para a ISS

Anunciante

 

A Rússia lançou com sucesso nesta terça-feira (13) uma nave de carga Progress a partir do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, para reabastecer a Estação Espacial Internacional (ISS), um lançamento previsto para o sábado, mas cancelado no último momento.

A Rússia lançou com sucesso nesta terça-feira (13) uma nave de carga Progress a partir do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, para reabastecer a Estação Espacial Internacional (ISS), um lançamento previsto para o sábado, mas cancelado no último momento.

Nesta terça, o foguete Soyuz 2.1 colocou a nave de carga em órbita oito minutos após a decolagem, às 14h13 (06h13 de Brasília), de acordo com imagens da agência espacial russa Roskosmos.

A Progress MS-07 carrega mais de 2.000 kg de material, incluindo combustível, mas também cerca de 50 kg de oxigênio e mais de 400 kg de água. A atracagem na estação orbital internacional está programada para quinta-feira às 10h43 GMT (8h43 de Brasília), mais de 48 horas após seu lançamento.

As conexões em 3 horas e meia são permitidas por um novo sistema de navegação por satélite, mas a nave Progress continua dependente, para alcançar a ISS, da posição da estação orbital em relação à Terra no momento do lançamento, o que a força a executar um número maior ou menor de órbitas antes de poder se encaixar.

No sábado, faltando alguns segundos para o final da contagem regressiva, um “comando automático de desligamento do motor” foi inicializado, segundo indicou Roskosmos em um comunicado, uma situação semelhante à falha no início de outubro de 2017.

As causas desse incidente ainda não foram divulgados pela Agência Espacial russa, que abriu uma investigação.

De acordo com agências de notícias russas, citando fontes na indústria aeroespacial, os computadores de bordo do foguete Soyuz tiveram que ser substituídos.

Atualmente, seis astronautas estão em órbita a 400 quilômetros acima da Terra na estação orbital. O capitão é o cosmonauta russo Alexander Missourkin. Ele é acompanhado por um compatriota, Anton Chkaplerov, por três americanos (Joe Acaba, Vande Hei Mark, Scott Tingle) e um japonês, Norishige Kanai.

Oque você acha disso?

istoe.com.br
Anunciante

Moscou

Vídeo mostra momento que avião com 71 pessoas a bordo cai na Rússia

A bordo do AN-148 da Saratov Airlines estavam 71 pessoas, sendo 65 passageiros e seis tripulantes. Ninguém sobreviveu à queda, que aconteceu no último domingo (11)

Imagens feitas por uma câmera de segurança mostram o momento em que o avião da companhia Saratov com 71 pessoas a bordo caiu na Rússia, no último domingo (11), perto de Moscou. É possível ver no vídeo que a aeronave já pegava fogo quando se chocou com o chão. Ninguém sobreviveu.

Inicialmente, um canal russo chamado Mash divulgou as primeiras imagens do episódio. O local estava coberto de neve. A temperatura estava em torno de -5º.

O avião desapareceu próximo à localidade de Argunovo, dois minutos após decolar. Conforme a Sky News, a bordo do AN-148 da Saratov Airlines estavam 71 pessoas, sendo 65 passageiros e seis tripulantes. Entre eles, uma criança de 5 anos.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Filipinas

Presidente ordena que soldados atirem em ‘vaginas’ de militantes

Declaração de Rodrigo Duterte causa revolta em movimentos feministas

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, teria ordenado aos soldados do país para atacarem mulheres militantes com tiros nas vaginas. A declaração provocou críticas severas entre movimentos feministas e organizações de direitos humanos.

“Diga aos soldados. Há uma nova ordem que vem do prefeito. Nós não vamos matá-las, vamos atirar em suas vagina”, ele disse durante seu discurso no Hall dos Heróis do Museu Presidencial em Quezon City na semana passada.

“Se não houver vagina, seria inútil”, acrescentou, implicando que as mulheres não seriam úteis sem a sua genitália. De acordo com Duterte, os soldados devem agir assim para combater a ameaça da oposição feminina.

O texto completo do discurso, traduzido para o inglês, foi publicado no site de relações públicas do presidente. No entanto, a palavra referente aos órgãos genitais femininos não foi explicitamente mencionada no texto oficial e substituída por asteriscos. Com informações da Sputnik News Brasil.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Internacional

Justiça alemã obriga Facebook a reforçar privacidade de seus usuários

Um tribunal de Berlim condenou o Facebook a modificar uma parte das suas condições de uso para fortalecer a privacidade dos dados de seus usuários, indicou nesta segunda-feira uma associação de consumidores.

Em uma decisão de 16 de janeiro, consultada pela AFP, o tribunal regional de Berlim aponta para várias das opções e cláusulas que a rede social impõe aos seus usuários.

O caso foi levado à justiça pela Federação Alemã de Organizações de Consumidores (VZBV). Em particular, a Justiça cita a geolocalização nas comunicações privadas através do aplicativo móvel ou o fato de que as contas do Facebook aparecem nos mecanismos de busca, o que facilita o acesso de qualquer pessoa a informações pessoais.

Os juízes também censuraram oito cláusulas das condições gerais.

A corte obriga o Facebook a aplicar essas mudanças sob ameaça de uma multa de até 250.000 euros por cada violação encontrada.

O Facebook anunciou sua intenção de apelar da decisão e disse que seus produtos e condições “mudaram muito desde o início do processo” judicial em 2015, de acordo com um porta-voz à AFP.

A rede social tem cerca de 30 milhões de usuários na Alemanha, 23 dos quais usam diariamente.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Facebook

Anunciante

MAIS LIDAS - 24 HRS