Fique Conectado

TRAGÉDIA

Terremoto em Taiwan já tem mais de 200 feridos; veja imagens

Pelo menos quatro pessoas morreram e outras 145 estão desaparecidas

Anunciante

Um terremoto de magnitude 6.4 na escala Richter atingiu a costa leste de Taiwan nesta terça-feira (6) e matou ao menos quatro pessoas. Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), o tremor ocorreu no mar, a cerca de 10 quilômetros de profundidade, e foi sentido até na capital Taipei. O saldo, até o momento, é de 225 feridos, 145 desaparecidos e cerca de 40 mil casas sem água, além de estradas e portos fechados.

A cidade mais atingida é Hualien, onde os socorristas trabalham para resgatar dezenas de pessoas soterradas pelos escombros do primeiro andar do Marshal Hotel, que cedeu por causa do sismo. Outros 150 indivíduos já foram resgatados de edifícios residenciais e comerciais danificados no município.

Taiwan fica no ponto de conjunção de duas placas tectônicas, no chamado “Círculo de Fogo do Pacífico”, conhecido pela intensa atividade sísmica e vulcânica. O tremor mais devastador da história de Taiwan ocorreu em 1999 e teve magnitude 7.6, matando cerca de 2,4 mil pessoas. Com informações da Ansa.

NOTICIAS AO MINUTO
Anunciante

Tragédia

Motorista de van de ataque em Toronto é acusado de dez homicídios

O motorista que jogou uma van alugada em uma calçada lotada de pedestres em Toronto nessa segunda-feira (23) fez a primeira aparição em uma corte na cidade nesta terça (24).

Alek Minassian, de 25 anos, manteve a cabeça baixa e falou apenas o seu nome quando foi questionado. Ele foi formalmente acusado por 10 homicídios e 13 tentativas de assassinato.

A polícia revelou que, antes de cometer o crime, Minassian deixou uma mensagem nas redes sociais com um elogio a um homem chamado Elliott Rodger, autor de um ataque a tiros que deixou seis mortos em Isla Vista, na Califórnia, Estados Unidos, em 2014.

Ex-colegas contaram à imprensa canadense que o acusado não era violento e parecia ter alguma dificuldade mental ou social. Minassian serviu nas Forças Armadas do Canadá no ano passado, mas pediu baixa depois de apenas 16 dias de treinamento.

O ataque teve características similares a outros executados por seguidores do grupo extremista Estado Islâmico, mas as autoridades ainda investigam a motivação do crime.

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, afirmou que “até este momento, não há razão para suspeitar que haja algum elemento de ameaça à segurança nacional neste ataque”. E completou dizendo que as investigações continuam.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Mundo

Estátuas amanhecem com lenços em defesa do aborto, na Argentina

Aproximadamente 70 estátuas nas cidades argentinas de La Plata, Berisso e Ensenada amanheceram hoje com lenços verdes amarrados, em uma manifestação a favor do aborto legal, gratuito e seguro. Entre os monumentos estão estátuas de Raúl Alfonsín, Juán e Evita Perón. Os lenços verdes são usados, tradicionalmente na Argentina, por movimentos em favor do aborto.

Segundo a Télam, agência pública de notícias da Argentina, o grupo denominado Frente de Mulheres pela Vitória foi responsável pela ação coletiva. As mulheres utilizaram cinco veículos e passaram a madrugada colocando os lenços nos monumentos e estátuas, que não sofreram danos.

Alfonsín, Juán e Evita Perón são figuras públicas emblemáticas da história argentina. O ex-presidente Ricardo Alfonsín (1983-1989) foi um dos principais defensores dos direitos das famílias das vítimas e dos desaparecidos políticos da época da ditadura.

Já o ex-presidente Juan Perón, que governou a Argentina por três vezes, é uma das figuras mais carismáticas da política do país. Atriz e mulher de Perón, Evita é considerada por muitos argentinos como a “mãe” dos pobres e excluídos. O túmulo dela no Cemitério da Recoleta, em Buenos Aires, é ponto turístico para argentinos e estrangeiros.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Internacional

Filha de Michael Jackson desabafa sobre a família: “Quando foi a última vez que me ligaram?

Paris Jackson, a filha do eterno rei do pop, Michael Jackson, tem deixado a família bem preocupada. Após várias internações e tentativas de suicídio desde os 15 anos de idade, ela vem criando polêmicas, como o pai.

Recentemente, a família resolveu se pronunciar, devido a um vídeo que a garota publicou no stories do Instagram em março, onde apareceu andando no terraço de um prédio com a legenda “eu quase morri”.

Segundo uma declaração da família para o jornal New York Post , eles estão em alerta com as atitudes de Paris, mas por enquanto não há planos de intervenção. “A intervenção não está nos planos, mas todos irão se arrepender disso se ela morrer por aí.”, disse a fonte.

Eles também opinaram sobre a relação dela com a modelo e atriz inglesa, Cara Delevigne: “A avó de Paris, Katherine, não é uma defensora de casais do mesmo sexo, na verdade, ela pode até estar perturbada e acreditar que falhou como guardiã”, afirmou.

A modelo de 20 anos, resolveu se pronunciar sobre a repercussão. Na sua rede social, ela mandou um recado para os parentes e fez um grande desabafo: “Para os meus familiares que estão falando com sites e dizendo que estão preocupados comigo: quando foi a última vez que me ligaram?”, perguntou Paris. “O Prince (irmão mais velho), não está preocupado, nós conversamos o tempo todo e saímos”, contou.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Facebook

Anunciante

MAIS LIDAS - 24 HRS