Fique Conectado

TRAGÉDIA

Terremoto em Taiwan já tem mais de 200 feridos; veja imagens

Pelo menos quatro pessoas morreram e outras 145 estão desaparecidas

Anunciante

Um terremoto de magnitude 6.4 na escala Richter atingiu a costa leste de Taiwan nesta terça-feira (6) e matou ao menos quatro pessoas. Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), o tremor ocorreu no mar, a cerca de 10 quilômetros de profundidade, e foi sentido até na capital Taipei. O saldo, até o momento, é de 225 feridos, 145 desaparecidos e cerca de 40 mil casas sem água, além de estradas e portos fechados.

A cidade mais atingida é Hualien, onde os socorristas trabalham para resgatar dezenas de pessoas soterradas pelos escombros do primeiro andar do Marshal Hotel, que cedeu por causa do sismo. Outros 150 indivíduos já foram resgatados de edifícios residenciais e comerciais danificados no município.

Taiwan fica no ponto de conjunção de duas placas tectônicas, no chamado “Círculo de Fogo do Pacífico”, conhecido pela intensa atividade sísmica e vulcânica. O tremor mais devastador da história de Taiwan ocorreu em 1999 e teve magnitude 7.6, matando cerca de 2,4 mil pessoas. Com informações da Ansa.

NOTICIAS AO MINUTO
Anunciante

Internacional

Papa diz que sociedade ‘tolera’ e ‘encoraja’ tráfico sexual

O papa Francisco, em reunião no Vaticano com o “Santa Marta Group”, associação que luta contra o tráfico de seres humanos, disse que é preciso “examinar seriamente as diversas formas de cumplicidade que a sociedade tolera e encoraja”.

Como exemplo, o líder católico citou o “tráfico para fins sexuais e a exploração de homens, mulheres, crianças e vulneráveis”. O “Santa Marta Group” foi criado pelo Pontífice em 2014, e o encontro deste ano visa a trazer uma perspectiva mundial sobre o ser humano e suas “modernas formas de escravidão”.

Assim, o Papa, no seu “concreto objetivo de acabar com a rede criminal”, disse que a sociedade deve se atentar aos “mais vastos setores”, como “o uso da tecnologia e meios de comunicação”, e até mesmo às “implicações éticas dos modelos de crescimento econômico que privilegiam a exploração das pessoas”.

“Esperançoso” com o futuro, Francisco ainda alertou para a complexidade da situação. “A experiência mostra que as formas modernas de escravidão são bem mais confusas do que se imagina, mesmo – para nossa vergonha e escândalo – dentro das associações mais próximas da nossa sociedade”, disse.

Por outro lado, Jorge Bergoglio pareceu seguro quanto aos resultados futuros. “Estou confiante que as discussões desses dias nos ajudarão a incrementar a conscientização da crescente necessidade de ajudar as vítimas destes crimes.” Para ele, as pessoas afetadas devem ser acompanhadas “em um caminho de reintegração na sociedade e de restabelecimento de suas dignidades”. O papa Francisco, em reunião no Vaticano com o “Santa Marta Group”, associação que luta contra o tráfico de seres humanos, disse que é preciso “examinar seriamente as diversas formas de cumplicidade que a sociedade tolera e encoraja”.

Como exemplo, o líder católico citou o “tráfico para fins sexuais e a exploração de homens, mulheres, crianças e vulneráveis”. O “Santa Marta Group” foi criado pelo Pontífice em 2014, e o encontro deste ano visa a trazer uma perspectiva mundial sobre o ser humano e suas “modernas formas de escravidão”.

Assim, o Papa, no seu “concreto objetivo de acabar com a rede criminal”, disse que a sociedade deve se atentar aos “mais vastos setores”, como “o uso da tecnologia e meios de comunicação”, e até mesmo às “implicações éticas dos modelos de crescimento econômico que privilegiam a exploração das pessoas”.

“Esperançoso” com o futuro, Francisco ainda alertou para a complexidade da situação. “A experiência mostra que as formas modernas de escravidão são bem mais confusas do que se imagina, mesmo – para nossa vergonha e escândalo – dentro das associações mais próximas da nossa sociedade”, disse.

Por outro lado, Jorge Bergoglio pareceu seguro quanto aos resultados futuros. “Estou confiante que as discussões desses dias nos ajudarão a incrementar a conscientização da crescente necessidade de ajudar as vítimas destes crimes.” Para ele, as pessoas afetadas devem ser acompanhadas “em um caminho de reintegração na sociedade e de restabelecimento de suas dignidades”.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

estados unidos

Mulher joga hamster em sanitário após ele ser barrado em voo

Imagem retirada de vídeo fornecido por Belen Aldecosea mostra o hamster Pebbles, que foi jogado em sanitário após ser barrado em voo nos EUA (Foto: Belen Aldecosea via AP)

A jovem Belen Aldecosea, de 21 anos, jogou seu hamster de estimação em um sanitário no aeroporto de Baltimore, nos Estados Unidos, após dizerem a ela que não poderia levar o bicho no voo que embarcaria para Florida.

Aldecosea, de Miami Beach, alega que um representante da Spirit Airlines no aeroporto foi quem sugeriu este destino para o hamster Pebbles, uma acusação que a companhia aérea nega terminantemente.

A jovem diz que afirma que ligou duas vezes para a Spirit Airlines para saber se Pebbles, que tido como um animal de “apoio emocional”, poderia viajar com ela. Segundo Aldecosesa, a companhia aérea disse que não haveria problema. Mas, ao chegar no aeroporto, a empresa não permitiu que ela embarcasse com o hamster.

A Spirit reconheceu que havia declarado erroneamente a Aldecosea que Pebbles poderia acompanhá-la no voo de 21 de novembro, mas negou que alguém da companhia aérea tenha sugerido dar descarga em Pebbles.

Em pânico e tendo que voltar à Flórida para resolver um problema médico, a jovem não podia alugar um carro.

“Ela estava assustada. Eu estava assustada. Foi horrível tentar colocá-la no banheiro”, afirmou Aldecosea ao jornal “Miami Herald”, que nesta semana revelou a assustadora história do animal de “apoio emocional”.

“Eu estava emocionada, chorando. Fiquei sentada lá por 10 minutos chorando na cabine”, declarou a estudante ao jornal.

As diretrizes federais permitem que passageiros com deficiência viajem com alguns tipos de animais denominados de assistência ou apoio emocional, mas as companhias aéreas podem negar o embarque de alguns animais de estimação exóticos ou considerados “incomuns”.

“Após investigarmos este incidente, podemos dizer com confiança que, em nenhum momento, nenhum de nossos agentes sugeriu que esta cliente (ou qualquer outro envolvido) tivesse que eliminar ou ferir de outra forma um animal”, disse o porta-voz da Spirit, Derek Dombrowski, em comunicado.

“É incrivelmente desanimador ouvir que essa cliente decidiu acabar com a vida de seu próprio animal de estimação”, assinalou o porta-voz.

“Infelizmente nosso representante de reservas deu uma informação errada à cliente de que o hamster poderia voar como um animal de apoio emocional na Spirit”, continuou.

“Quando a cliente apareceu com o hamster no aeroporto, nossos agentes ofereceram e a cliente aceitou fazer um voo posterior, então ela teve tempo de encontrar outras acomodações para o animal”, disse.

A notícia da morte de Pebbles veio à tona pouco mais de uma semana depois de Dexter, um pavão que também é tido como um animal de apoio emocional, ter sido recusado pela United Arlines no aeroporto Newark, em Nova Jersey.

A United anunciou na semana passada que estava restringindo seu regulamento sobre esses animais.

“As regras do Departamento de Transportes relativas aos animais de apoio emocional não estão funcionando como se pensava, e precisamos mudar nossa abordagem para garantir uma experiência de viagem segura e agradável para todos os nossos clientes”, declarou a companhia em um comunicado.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

inverno

Neve fecha a Torre Eiffel em Paris

Monumento deve ficar fechado também no sábado.

Pedestres caminha no Campo de Marte, em Paris, aos pés da Torre Eiffel, que está fechada por causa da neve' (Foto: AP/Michel Euler)

A Torre Eiffel irá permanecer fechada nesta sexta-feira (9) e também no sábado devido à neve e à chuva que atingem a França. As autoridades disseram aos motoristas na região de Paris que ficassem em casa por segurança.

A empresa que administra o monumento mais visitado da França disse que a Torre Eiffel fica fechada “para garantir a segurança dos visitantes”.

Enquanto isso, trabalhadores munidos de pás de mão limpam cuidadosamente a neve da intrincada estrutura do monumento construído no século 19. A empresa que administra a torre disse que não pode usar sal porque poderia corroer o metal e danificar seus elevadores.

Muitas nevascas no início desta semana deixaram centenas de motoristas presos em seus carros e causaram grandes engarrafamentos na região da capital francesa.

Mais previsão de neve é prevista sexta-feira e as autoridades alertam sobre condições perigosas em cerca de um quarto do país.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Facebook

Anunciante

MAIS LIDAS - 24 HRS