Oi, o que você está procurando?

criminalidade

Turista brasileiro é assassinado em assalto na Venezuela

O amazonense Amaury Castro da Silva foi morto com um tiro disparado por um assaltante venezuelano.

Um turista brasileiro morreu na madrugada deste domingo (14) durante um assalto em uma rodovia próxima a Puerto Ordaz, cidade venezuelana distante cerca de 660 Km de Caracas. O amazonense Amaury Castro da Silva foi assassinado com um tiro no peito disparado por um dos criminosos.

Ele viajava com cerca de 20 pessoas, entre familiares e amigos, em um comboio de nove veículos com destino à Ilha de Margarita, principal destino de turistas brasileiros.

De acordo com a secretária-adjunta de Gestão Internacional de Roraima, Fátima Araújo, que está ajudando os familiares da vítima e intercedendo para trazer o corpo para o Brasil, “eles foram interceptados pelos ladrões quando iam para Puerto Ordaz, faltando 35 quilômetros para chegarem ao destino. Ele [Amaury] foi baleado e morreu”.

Fátima disse ainda que recebeu resposta imediata das Forças Armadas da Venezuela que garantiu apoio aos brasileiros.

“Com o nosso bom relacionamento com as autoridades venezuelanas, foi colocada à disposição dos familiares e amigos da vítima uma comissão para dar suporte a eles”, diz Fátima.

A secretária-adjunta descreveu que os ladrões armaram uma emboscada contra os brasileiros, fechando os veículos que iam na frente do comboio. O carro de Amaury era o quarto e foi interceptado pelos assaltantes que estavam em outro automóvel.

A vítima teria reagido, fechando o carro dos criminosos, impedindo que os ladrões roubassem os familiares que estavam nos outros veículos. Em dado momento, Amaury foi baleado no peito e teve os pertences levados pelos bandidos.

De acordo com Fátima, uma escolta policial vai trazer os parentes da vítima e amigos até Santa Elena de Uairén, cidade venezuelana que faz fronteira com o Brasil.

“Estamos monitorando de perto toda essa situação aqui em Santa Elena e conversando com os generais venezuelanos e com o Governo do Estado de Bolívar. As autoridades foram à pousada onde estão os amigos e familiares da vítima”, detalha a secretária-adjunta.

Ela disse ainda que o governo de Roraima está dando todo apoio para os familiares e amigos. “Após os familiares entrarem em contato comigo, começamos a agir para ajudá-los”, ressalta.

Os parentes da vítima devem chegar à Santa Elena de Uairén na noite deste domingo junto com o corpo de Amaury Castro da Silva.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!