Oi, o que você está procurando?

aspásia

Médicos desconfiam de agressão a bebê e padrasto é preso por estupro

Bebê foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na Santa Casa de Jales. Rapaz é suspeito de agredir também a esposa. Na casa dele foi encontrado um revólver calibre 38.

Um jovem de 24 anos foi preso suspeito de agredir a esposa e o filho dela, de 1 ano e 6 meses. Ele também é suspeito de estuprar o menino, que morreu na Santa Casa de Jales (SP), na manhã desta quarta-feira (24), segundo a polícia. A prisão ocorreu na casa dele, em Aspásia (SP).

Segundo informações da Polícia Civil, o suspeito teria batido na mulher, de 18 anos, e no bebê, na tarde de terça-feira (23), causando muitos ferimentos na criança.

Quando o menino chegou à Santa Casa de Jales, os médicos desconfiaram dos hematomas e acionaram o Conselho Tutelar e a polícia. De acordo com a PM, a mulher acabou confessando as agressões do marido.

Apesar de ter sido levado ao hospital, o bebê não resistiu aos ferimentos. A polícia foi até a casa da família e encontrou um revólver calibre 38. O suspeito foi detido e permanece na central da Polícia Judiciária em Jales (SP).

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!