Fique Conectado

VEJA FOTOS

Botijão de gás explode e deixa três pessoas da mesma família com ferimentos graves em Araçatuba

Publicado

em

Anunciante

Três pessoas da mesma família ficaram gravemente feridas na manhã desta quarta-feira depois que um botijão de gás explodiu na residência da família, localizada na rua João dos santos Lima, no conjunto habitacional Águas Claras. A aposentada Antônia de Moraes, 79 anos, o marido dela, servente de pedreiro José Carlos Batista dos Santos, 57 e o filho do casal, João Carlos Batista dos Santos, 40, que é portador de necessidades especiais, foram socorridos no pronto-socorro da Santa Casa e aguardam transferência para um hospital especializado em queimaduras.

A reportagem do Regional Press apurou que a família tentava conter um vazamento de gás quando ocorreu a explosão, que destruiu parte da residência da família, conquistada recentemente pelo programa Minha Casa Minha Vida. Parte do telhado foi desintegrado e o forro veio ao chão. A defesa civil foi acionada para avaliar se a estrutura da casa foi comprometida.

AnuncianteClínica Fornari

Uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros e uma ambulância do Samu foram acionados para socorrer as vítimas. O casal estava na calçada e foi levado pelos bombeiros e o cadeirante, que ainda estava no interior da casa, foi socorrido pelo Samu. Ele é cadeirante e deficiente auditivo.

De acordo com assessoria de imprensa da santa Casa, as vítimas tiveram em média 80% do corpo queimado e aguardam transferência.

A Polícia Militar foi acionada e isolou o local até a chegada da perícia técnica. A Defesa Civil também foi acionada para verificar as condições da residência após a explosão.

Deixe sua opinião

Anunciante

domingo violento

Quatro presos são encontrados mortos na Penitenciária de Alcaçuz

Publicado

em

Ao menos 26 detentos foram mortos durante rebelião na Penitenciária de Alcaçuz em janeiro (Arquivo/Agência Brasil)

Quatro presos do regime fechado foram encontrados mortos na madrugada de hoje (19) na Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga, em Nísia Floresta, no Rio Grande do Norte.

Iuri Yorran Dantas Azevedo (24), Rodrigo Alexandre Farias Araujo (26), Thiago Lucas Oliveira Silva (24) e Ytalo Nunes de Sousa (25) foram encontrados mortos pelos agentes penitenciários de plantão, de acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc).

AnuncianteClínica Fornari

Por meio de nota, a Sejuc informou que o governo do Rio Grande do Norte segue firme no trabalho de aperfeiçoamento do sistema prisional, mantendo os detentos presos e longe do convívio com a sociedade, sem fugas e sem acesso a celulares. “As facções criminosas não se comunicam mais com o exterior da cadeia, o que tem provocado brigas internas”, diz a nota.

A nota diz ainda que a direção do presídio acionou a Delegacia Especializada em Homicídios e o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). As circunstâncias das mortes serão investigadas pela Polícia Civil e só o laudo do Itep poderá determinar a real causa das mortes.

Em janeiro do ano passado aconteceu na Penitenciária de Alcaçuz, como é conhecido o presídio, um massacre que deixou 26 mortos, depois de 14 dias seguidos de rebelião, resultando na destruição quase completa da unidade. Após o final da rebelião, o governo dividiu a penitenciária em duas partes com um muro de concreto para separar as facções rivais.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

embriagado

Homem armado com faca investe contra policial, é baleado e morre na Santa Casa de Tupã

Publicado

em

Na noite deste sábado um desentendimento, a principio familiar, culminou na tentativa de agressão contra um policial militar e com o agressor morto. Segundo informações obtidas junto a Polícia Militar, Marcos Roberto Fortunato teria se desentendido com familiares, e estava sob influência de álcool, quando teria se apoderado de uma faca e se dirigido até um bar em busca do sogro.

Ao chegar no bar, Marcos iniciou uma discussão com o sogro, quando seus familiares acionaram a Polícia Militar. Os policiais de serviço em Iacri foram até o local, quando Marcos com a faca em punho investiu contra um dos policiais, que se afastou, o quanto pode, até ficar encurralado, entre o agressor e um carro, e neste momento como Marcos não obedecia as ordens para soltar a faca e tentava atingir o policial, o mesmo efetuou um disparo contra o agressor, que baleado caiu ao solo.

AnuncianteClínica Fornari

Rapidamente os policiais providenciaram o socorro do agressor, que foi levado para o pronto atendimento de Iacri, onde recebeu os primeiros socorros, e foi transferido para a Santa Casa de Tupã, onde acabou indo a óbito. O caso foi registrado pela Polícia Civil, e diversas testemunhas confirmaram a versão apresentada pelos policiais. Com informações: maistupa.com)

Deixe sua opinião

Continue Lendo

guarulhos

Cinco jovens morrem após carro bater em caminhão na grande SP

Publicado

em

(Foto: Reprodução/TV Globo )

Cinco pessoas morreram na madrugada deste sábado (18) após o carro onde estavam bater num caminhão em Guarulhos, na Grande São Paulo. O acidente foi gravado por câmeras de segurança.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública (SSP), a colisão ocorreu por volta das 4h30 na Avenida Otávio Braga de Mesquita.

AnuncianteClínica Fornari

A pasta da Segurança informou que as vítimas são: o motorista do Ford Fiesta, Gustavo Dantas Urbano, de 18 anos; e os passageiros Ariadne da Silva, de 16; João Victor Borges Gomes e João Victor Gomes Alves, ambos de 17 anos; e Cauã Samuel de Almeida, 18.

Segundo a pasta da Segurança, o condutor do carro perdeu o controle do veículo e bateu num caminhão-trator. O motorista do caminhão falou que “quando percebeu que o carro vinha desgovernado, freou o caminhão para amenizar o impacto”.

Carro de jovens ficou totalmente destruído em acidente neste sábado (18), em Guarulhos (Foto: Aldieres Batista/Arquivo Pessoal)

A ocorrência foi atendida pela 4ª Companhia (Cia) do 15º Batalhão da Polícia Militar (BPM). O caso foi registrado como “homicídio culposo na direção de veículo automotor” no 1º Distrito Policial (DP) de Guarulhos.

A Polícia Civil irá investigar as causas e eventuais responsabilidades pelo acidente de trânsito com mortes. Informações preliminares da Polícia Militar são de que o carro havia entrado na contramão da via para fugir de um radar que mede a velocidade dos veículos.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

rio preto

Justiça solta suspeito de envolvimento na morte da jovem após carona combinada pelo WhatsApp

Publicado

em

Kelly Cadamuro foi morta após oferecer carona por WhatsApp (Foto: Reprodução/Facebook/Kelly Cadamuro)

A Justiça determinou a soltura de um dos homens presos suspeitos no envolvimento do assassinato da jovem Kelly Cadamuro, em novembro do ano passado.

A vítima foi morta após oferecer carona, de São José do Rio Preto (SP), cidade onde morava, até Itapagipe (MG), em grupo de WhatsApp para o criminoso.

AnuncianteClínica Fornari

Wander Luís Cunha foi preso em São José do Rio Preto dias depois do crime. Ele é acusado de receptar os pertences roubados de Kelly. O suspeito de matar a jovem, Jonathan Pereira Prado, continua preso, assim como Daniel Teodoro da Silva, acusado também de receptação.

A soltura do suspeito foi determinada na segunda-feira (13), mas divulgada apenas nesta sexta-feira (17). Ele estava preso na cadeia de Andradina (SP) e a liberdade foi concedida por ter passado o tempo da prisão preventiva. O defesa do suspeito entrou com pedido de soltura no dia 9 de agosto.

Jonathan Pereira Prado é acusado de ter matado a jovem; ele confessou crime, segundo a polícia (Foto: Foto: Samir Alouan/Rádio 97 FM/Pontal Online)

“Foi solto por excesso de prazo, o período da pena dele já fazia jus de responder em liberdade provisória. Está preso há 10 meses e ele responde por receptação. A pena máxima é de seis anos, como ele não deverá pegar a pena máxima, como passou um sexto da pena, ele foi solto”, afirma o advogado da família de Kelly Cadamuro, Jorge Argemiro, em entrevista ao G1.

A Justiça realizou uma audiência em junho, quando ouviu o principal suspeito. O prazo para sair a sentença seria de 30 dias, mas ainda não foi definida. No começo deste mês, outras testemunhas foram ouvidas no fórum de Rio Preto.

Kelly Cadamuro era estudante de radiologia e desapareceu no dia 1º de novembro do ano passado depois de sair de Rio Preto com destino a Itapagipe, para encontrar com o namorado, de 28 anos.

Os familiares da vítima relataram que ela participava de um grupo de carona e tinha combinado de levar um casal para a cidade mineira. Mas, no momento da viagem, o suspeito Jonathan disse que a namorada desistiu e iria apenas ele.

O circuito de segurança de uma praça de pedágio registrou imagens da jovem passando pelo local dirigindo. Mais tarde, o carro retorna, mas é o homem quem aparece ao volante.

A polícia encontrou o carro da jovem abandonado e sem as quatro rodas, o rádio e o estepe em uma estrada rural entre São José do Rio Preto e Mirassol (SP).

Em depoimento à polícia, Jonathan admitiu ter feito uso do aplicativo para armar o crime e que esperou chegar até um trecho sem movimento da rodovia para pedir que a motorista parasse o carro para ele urinar. A vítima estacionou e ele começou a dar socos no rosto dela.

Conversa entre Kelly Cristina Cadamuro e o namorado Macos Antônio da Silva (Foto: Marcos Antônio da Silva/Reprodução/Arquivo pessoal)

O corpo da jovem foi encontrado em um córrego entre Itapagipe e Frutal (MG), sem a calça e com a cabeça mergulhada na água. A declaração de óbito apontou que ela foi vítima de asfixia e estrangulamento.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS