Fique Conectado

VEJA FOTOS

Botijão de gás explode e deixa três pessoas da mesma família com ferimentos graves em Araçatuba

Publicado

em

Anunciante

Três pessoas da mesma família ficaram gravemente feridas na manhã desta quarta-feira depois que um botijão de gás explodiu na residência da família, localizada na rua João dos santos Lima, no conjunto habitacional Águas Claras. A aposentada Antônia de Moraes, 79 anos, o marido dela, servente de pedreiro José Carlos Batista dos Santos, 57 e o filho do casal, João Carlos Batista dos Santos, 40, que é portador de necessidades especiais, foram socorridos no pronto-socorro da Santa Casa e aguardam transferência para um hospital especializado em queimaduras.

A reportagem do Regional Press apurou que a família tentava conter um vazamento de gás quando ocorreu a explosão, que destruiu parte da residência da família, conquistada recentemente pelo programa Minha Casa Minha Vida. Parte do telhado foi desintegrado e o forro veio ao chão. A defesa civil foi acionada para avaliar se a estrutura da casa foi comprometida.

AnuncianteCirco Mágico

Uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros e uma ambulância do Samu foram acionados para socorrer as vítimas. O casal estava na calçada e foi levado pelos bombeiros e o cadeirante, que ainda estava no interior da casa, foi socorrido pelo Samu. Ele é cadeirante e deficiente auditivo.

De acordo com assessoria de imprensa da santa Casa, as vítimas tiveram em média 80% do corpo queimado e aguardam transferência.

A Polícia Militar foi acionada e isolou o local até a chegada da perícia técnica. A Defesa Civil também foi acionada para verificar as condições da residência após a explosão.

Deixe sua opinião

Anunciante

DISCUSSÃO

Mulher que desmaiou com paulada em briga de vizinhos diz que defendia crianças: ‘Sobrou para mim’

Publicado

em

A manicure de 39 anos que desmaiou após ser atingida por uma paulada na cabeça durante uma discussão entre vizinhos diz que foi agredida ao tentar defender uma criança.

O caso aconteceu no domingo (14), no bairro Pérola, em Birigui (SP). Um vizinho registrou com um celular a confusão e o momento em que Ana Cláudia Botao de Souza é atingida com a paulada na cabeça.

AnuncianteCirco Mágico

“Vi que o vizinho da frente saiu com um pedaço de pau batendo em algumas crianças que estavam ali na rua. Foi quando eu falei pra ele não bater nos meninos. Só sei que no fim das contas sobrou para mim também”, conta.

Ana Cláudia se recupera em Promissão (SP), cidade onde mora com a família. “Que Deus perdoe ele [o agressor] porque uma hora dessa era para eu estar no cemitério”, afirma em entrevista ao G1. Veja o vídeo:

Segundo informações da Polícia Militar, a briga teria começado por causa do som alto de uma das casas.

“Desmaiei e não vi mais nada. Meu marido me socorreu. Ele [o agressor] também jogou um facão no meu marido. Levei cinco pontos na cabeça. Meu marido levou quatro no braço”, lembra Ana Cláudia, que após a agressão foi levada ao pronto-socorro da cidade para atendimento médico e liberada em seguida.

A mulher afirma que depois da paulada os vizinhos também brigaram com o homem, mas ele fugiu e não foi localizado pela polícia.

“Não tenho raiva dele. Deus que vai cobrar por mim o que deve ser cobrado”, finaliza.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Violência

Mulher leva paulada durante briga entre vizinhos em Birigui; veja vídeo

Publicado

em

Uma briga entre vizinhos quase terminou em tragédia, no último domingo(14), em Birigui. A briga foi registrada em vídeo por uma testemunha da confusão.

Pela imagem é possível ver o momento em que uma mulher de 39 anos é violentamente atingida por uma paulada na cabeça. Ela passou por atendimento médico e se recupera em casa. Outros moradores ficaram feridos, mas sem gravidade.

AnuncianteCirco Mágico

A confusão ocorreu no bairro Portal da Pérola. Segundo informações da Polícia Militar de Birigui, a discussão ocorreu em razão de som alto em uma das residências. Os vizinhos discutiram e se agrediram.

Enquanto ocorria a briga, outro morador gravou o vídeo. Aparentemente, a mulher atingida com a paulada na cabeça tentava separar a briga envolvendo dois homens. Na sequência, outros envolvidos tentam se agredir com pedaços de pau.

Conforme a PM, o acusado da agressão contra a mulher fugiu do local e não tinha sido localizado até a tarde desta quarta-feira (17). A Polícia Civil apura o caso.

Assista o vídeo (não recomendado para pessoas sensíveis)

Deixe sua opinião

Continue Lendo

BARBÁRIE

Casal é suspeito de enforcar, matar e retirar bebê de dentro da barriga de grávida em Minas Gerais

Publicado

em

Foto: Reprodução/Facebook

A Polícia Civil investiga o caso de uma jovem grávida que foi amarrada em um tronco, enforcada e, posteriormente, teve o bebê retirado da barriga e roubado. O crime bárbaro ocorreu na cidade de João Pinheiro, Região Noroeste de Minas Gerais.

Segundo a Polícia Militar, Mara Cristina Ribeiro da Silva estava desaparecida desde segunda-feira e seu corpo foi encontrado na tarde de ontem por pessoas que passavam em um matagal próximo ao km 143 da BR-040, perto de um antigo posto da Polícia Rodoviária Federal.

AnuncianteCirco Mágico

Uma mulher identificada como Angelina Ferreira Rodrigues, de 40 anos, que no dia anterior tinha ido a um hospital com uma recém-nascida e terminou confessando que a criança não era sua foi presa. O marido da suspeita também está detido.

A recém-nascida foi atendida no Hospital Municipal de João Pinheiro e transferida para o Hospital São Lucas, em Patos de Minas, no Alto Paranaíba. Até o fechamento desta edição não havia detalhes sobre seu estado de saúde.

A criança foi transferida para o Hospital São Lucas, em Patos de Minas (Alto Paranaíba), onde se recupera de um corte na cabeça sofrido durante as agressões da mãe. O corpo da vitima foi necropsiado na noite desta terça e foi sepultado na manhã desta quarta, em Joao Pinheiro.

*Com informações do jornal Estado de Minas

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Importunação Sexual

Homem é preso após se esfregar e passar a mão em duas mulheres em Araçatuba

Publicado

em

Acusado foi preso pela Guarda Civil Municipal e reconhecido pelas duas vítimas (Fotos: Silvio Romeiro/ Regional Press)

Um homem de 56 anos foi preso em Araçatuba com base na lei da importunação sexual, sancionada recentemente no Brasil após casos ocorridos no transporte público em São Paulo.

Preso por guardas municipais, o acusado foi transferido para a cadeia de Penápolis na manhã desta quarta-feira (17), após passar por audiência de custódia no Fórum de Araçatuba.

AnuncianteCirco Mágico

A prisão ocorreu na tarde desta terça-feira (16) no bairro Vila Mendonça. O indiciado, identificado pelas iniciais L.C.J., foi detido por uma equipe da GCM logo após cometer os crimes.

De acordo com registro policial, ele abordou a primeira vítima na frente da Emeb Victor Ribeiro Mazzei. A mulher estava varrendo a calçada quando o indiciado parou como se quisesse cumprimentá-la.

Ele pegou a mão da vítima e esfregou em seu órgão genital. A vítima gritou e o acusado saiu do local, mas logo abordou a outra mulher, na frente da Secretaria Municipal de Educação, na rua São Paulo.

Lá, o indiciado aproveitou que a mulher estava apanhando objetos em seu carro e passou a mão nas nádegas dela, fugindo em seguida.

Por meio das características passadas pelas vítimas uma equipe da Guarda Municipal localizou o acusado na rua José Bonifácio.

De acordo com a GCM, o preso registra antecedente por furto e roubo. Apresentado no plantão policial, ele foi autuado em flagrante por importunação sexual, crime sancionado em setembro deste ano.

O que é importunação sexual?

Conforme o texto, é considerado importunação sexual praticar contra alguém, e sem a autorização, ato libidinoso a fim de satisfazer desejo próprio ou de terceiro.

A importunação sexual, que até antes de setembro era contravenção, ou seja, só pagava multa, agora a pena é de um a cinco anos de cadeia.

Com isso, a lei tornou crime casos de homens que se masturbaram e ejacularam em mulheres em ônibus. Um dos episódios de maior repercussão ocorreu em São Paulo, em fevereiro deste ano.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS

error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998