Fique Conectado

Economia

CVM proíbe compra de criptomoedas por fundos de investimento

Anunciante

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) proibiu nesta sexta-feira (12) que gestores e administradores de fundos façam aplicações em bitcoin ou qualquer outra criptomoeda.

“No Brasil e em outras jurisdições tem se debatido a natureza jurídica e econômica dessas modalidades de investimento e não se chegou a nenhuma conclusão, em especial no mercado e regulação domésticos”, afirmou o funcionário da CVM Daniel Maeda.

No ofício em que comunica a decisão, a CVM alerta para os “muitos riscos” das criptomoedas como a segurança cibernética e possíveis complicações legais futuras. “Neste sentido, a área técnica da CVM informa aos administradores e gestores de fundos de investimento que as criptomoedas não podem ser qualificadas como ativos financeiros”, determina a CVM.

A discussão sobre moedas digitais causa polêmica e debates entre defensores e críticos. As criptomoedas não estão restritas ao mundo empresarial, contudo. Israel, Reino Unido e Venezuela já anunciaram estudos para a criação de suas próprias moedas digitais.

Oque você acha disso?

br.sputniknews.com
Anunciante

Cazaquistão

Ônibus pega fogo e mais de 50 morrem

Apenas cinco ocupantes do ônibus conseguiram sobreviver à tragédia.

Incêndio em ônibus mata 52 passageiros no Cazaquistão. (Reprodução/Instagram)

Cinquenta e duas pessoas morreram depois que um ônibus com passageiros pegou fogo em uma estrada no oeste do Cazaquistão, nesta quinta-feira (18).

De acordo com a BBC, o acidente aconteceu às 10h30 (no horário local) em Irgiz , no distrito da região de Aktobe.

Apenas cinco ocupantes do ônibus conseguiram sobreviver à tragédia, segundo o porta-voz do Comitê de Situações de Emergências do Cazaquistão, Ruslan Imakoulov.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

europa

Polícia apreende abacaxis com cocaína na Espanha e em Portugal

Carregamento com 745 quilos da droga escondida nas frutas foi encontrado em navios.

Polícia da Espanha e de Portugal apreendeu abacaxis recheados de drogas (Foto: Reprodução/TV Globo)

A polícia de Portugal e da Espanha apreendeu centenas de quilos de cocaína escondidos dentro de abacaxis e prendeu nove membros de uma gangue que havia transportado a droga a partir da América do Sul.

As frutas estavam dentro de containers de navios. Além de apreender os 745 quilos de cocaína, a polícia desmantelou um laboratório onde a droga era processada.

“A organização internacional trouxe repetidamente grandes quantidades de cocaína ao continente europeu”, afirmaram investigadores portugueses em um comunicado.

A droga estava escondida em cilindros dentro da fruta. Os traficantes passaram uma cera amarela em volta do pacote e colocaram dentro da casca do abacaxi.

A Península Ibérica é uma grande porta de entrada para cocaína e outras drogas que chegam à Europa diretamente da América Latina ou via África.

Droga estava escondida em abacaxis (Foto: Reprodução/TV Globo)

Oque você acha disso?

Continue Lendo

canadá

Selfie de amigas ajuda polícia a desvendar crime

Canadense de 21 anos foi condenada a sete anos de prisão por matar a jovem de 18; ela se declarou culpada, e se diz arrependida.

Cheyenne Antoine (à esq.) posa para selfie com cinto usado para matar Brittney Gargol (à dir.) (Foto: Reprodução/Facebook)

Uma foto publicada no Facebook foi a chave para solucionar um crime no Canadá.

Cheyenne Rose Antoine, de 21 anos, foi condenada na segunda-feira a sete anos de prisão por homicídio culposo (sem intenção de matar) pelo assassinato da amiga Brittney Gargol, de 18 anos, ocorrido em março de 2015.

Ela foi identificada como suspeita após publicar, horas antes do crime, uma selfie com Gargol no Facebook. Na imagem, ela usava o cinto que foi encontrado ao lado do corpo da vítima na cena do crime.

Estrangulada até a morte, a jovem foi achada perto de um aterro em Saskatoon, na província de Saskatchewan, com o cinto de Antoine ao lado.

Segundo a polícia, a versão que a amiga da vítima deu inicialmente – de que as duas tinham ido a vários bares antes de Gargol sair com um homem não identificado, e ela ir ver o tio — não batia.

Os policiais usaram então as postagens do Facebook para ajudar a reconstituir a movimentação das amigas na noite do crime.

E perceberam que a publicação de Antoine na linha do tempo de Gargol na manhã seguinte – “Cadê você? Não deu mais notícias. Espero que tenha chegado bem em casa” – era uma tentativa de despistá-los.

Antoine, inicialmente acusada de assassinato em segundo grau, que equivale no Brasil a homicídio doloso (com intenção de matar), se declarou culpada do crime, mas disse que não se lembrava de matar a amiga.

Ela disse que as duas estavam bêbadas e tinham fumado maconha quando começaram uma discussão acalorada.

Em um comunicado, ela se disse arrependida: “Eu nunca me perdoarei. Nada que eu diga ou faça trará ela de volta. Eu lamento muito, muito… Isso não deveria ter acontecido”, afirmou Antoine em nota emitida por meio de seu advogado.

O advogado de Antoine disse sua cliente foi à polícia um mês antes do assassinato para denunciar maus-tratos cometidos pelos pais adotivos, e que ela teria sofrido abusos similares no abrigo para crianças no qual viveu em Saskatchewan.

A família de Gargol se manifestou no julgamento.

“Não conseguimos deixar de pensar em Brittney, no que aconteceu naquela noite, no que ela deve ter sentido lutando por sua vida”, disse Jennifer Gargol, tia dela, no tribunal.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Facebook

Anunciante

MAIS LIDAS DO DIA