Fique Conectado

paraíba

Babá é presa suspeita de furtar R$ 600 mil em dinheiro e joias

Polícia Civil do Espírito Santo disse que ainda não há previsão para a chegada dela ao estado.

Raquel foi presa com dinheiro e joias dentro de motel (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)
Anunciante

O casal que teve R$ 600 mil em dinheiros e joias furtados aguarda a transferência da suspeita do crime, que foi presa na Paraíba, para o Espírito Santo. Nesta sexta-feira (12), a Polícia Civil informou que ainda não há previsão para a chegada da mulher ao estado.

Raquel Viana dos Santos, de 25 anos, foi presa na noite desta quinta-feira (11) em Mamanguape, na Paraíba. Ela estava sendo procurada desde o dia 11 de novembro de 2017, suspeita de furtar R$ 600 mil em joias e dinheiro de um casal de Vila Velha, para quem trabalhava como babá.

Nas redes sociais, a mulher vítima da babá comemorou a prisão. Quando o furto aconteceu, ainda em novembro, a vítima tinha feito uma postagem relatando o crime e denunciando Raquel.

Nesta sexta-feira, nos comentários, um homem se identificou como policial da Paraíba e comunicou a prisão. Em resposta, a vítima comentou: “Glória a Deus!!! Deus é fiel!!! Muito obrigada”.

A mãe dela também comemorou a prisão: “Minha filha e meu genro passaram os piores dias da vidas deles. Além de vários problemas de saúde na família”.

Câmeras flagraram mulher deixando prédio de casal com mochila e mala (Foto: Reprodução/ TV Cabo Branco)

Prisão

Segundo a polícia da Paraíba, Raquel foi encontrada após comemorar o roubo em um motel da cidade. Ao pagar a conta, ela deixou R$ 100 de gorjeta. Os funcionários desconfiaram e telefonaram para a Polícia Militar, que logo depois abordou o carro onde a suspeita e os amigos estavam.

Dentro do carro, tinham R$ 56 mil, uma pistola e joias. A prisão foi um trabalho integrado entre as polícias da Paraíba e do Espírito Santo.

Imagens da câmera de segurança do prédio onde Raquel trabalhava mostram a mulher saindo do prédio carregando uma mochila com o cofre dentro. Mais tarde, ela é vista na rua com a mesma mochila.

Em depoimento à polícia, Raquel disse que já gastou a maior parte do dinheiro e que comprou um carro, uma moto e um filhote de cachorro.

“Sou uma pessoa que não me arrependo do que faço. Espero pagar (a pena) tranquila. Não tem ‘BO’ para mim não. Fazer o que?”, ironiza Raquel.

Mãe da vítima agradeceu o trabalho da policia no Facebook (Foto: Reprodução/ Facebook)

Oque você acha disso?

g1
Anunciante

PR

TJ decreta prisão preventiva de pastor acusado de abusar da filha

A Promotoria de Justiça do Paraná concluiu existirem indícios suficientes que demonstram ser o pai o autor do crime

Tribunal de Justiça (TJ) decretou a prisão preventiva de um homem acusado de estuprar a filha, que na época tinha oito anos de idade. O crime aconteceu em 2017. A decisão saiu após um recurso apresentado pelo Ministério Público do Paraná (MPPR), por meio da Promotoria de Justiça de Arapoti, nos Campos Gerais.

O pedido de prisão preventiva havia sido indeferido pela primeira instância, mas foi revisto pela 5ª Câmara Criminal do TJ.

De acordo com o Paraná Portal, o homem foi pastor evangélico em Arapoti durante alguns anos, sendo transferido, no final de 2017, para outra cidade.

O MPPR aponta que o acusado foi denunciado no mês passado pela prática do crime de estupro de vulnerável majorado e é considerado foragido da Justiça. As investigações indicam ainda que, no momento do crime, estavam no local, além da vítima e do réu, o irmão da criança, com dez anos de idade, e a mãe.

A criança foi levada a um hospital de Ponta Grossa, onde foi registrado boletim de ocorrência e iniciada investigação pelo Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria).

A Promotoria de Justiça concluiu existirem indícios suficientes que demonstram ser o pai o autor do crime, após terem sido realizadas avaliações psicológicas, colheita de depoimentos, perícias, laudos morfológicos, exame de DNA e interceptações telefônicas.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Acidente

Motorista embriagado invade creche e deixa 7 crianças feridas em SC

Uma caminhonete invadiu uma sala de aula de uma creche em Chapecó, no oeste de Santa Catarina, e deixou ao menos sete crianças feridas – duas delas em estado grave – na tarde desta terça-feira (24). De acordo com a Polícia Militar, o motorista, de 53 anos, estava embriagado e foi preso em flagrante.

O caso aconteceu por volta das 16h40 no Centro de Educação Infantil (CEI) Municipal Pequenos Heróis, que atende crianças de 4 a 6 anos. Segundo a PM, o condutor de um Chevrolet Montana preto colidiu na creche após ter perdido o controle da direção na Rua Quilombo, no bairro Efapi, próximo ao Colégio Municipal Diogo Alves da Silva. O veículo só parou ao bater em uma mureta e no vidro da sala de aula.

Sete crianças feridas foram socorridas e levadas ao Hospital materno-infantil. Dessas sete, duas estavam em estado grave e foram encaminhadas ao Hospital Regional do Oeste pelo helicóptero do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A PM afirmou ainda que outros sete alunos da creche foram conduzidos pelos pais à Unidade de Pronto-Atendimento Efapi e estão bem. O teste do bafômetro constatou embriaguez. O condutor foi detido e levado à Central de Plantão Policial. Com informações do site Notícias ao Minuto

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Polícia

Receita apreende carga de heroína e explosivo no Galeão

Auditores da Receita Federal apreenderam uma carga com heroína e um explosivo utilizado na fabricação de dinamite no Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão. A apreensão aconteceu na manhã desta terça-feira (24), em uma carga vinda da China.

São cerca de 100 quilogramas (kg) de heroína e 50 kg de ácido pícrico, detectados em análises preliminares. Segundo a delegada adjunta da Receita Federal Patricia Miranda, a carga havia sido registrada como produto farmacêutico fluticazona.

Os produtos haviam chegado em setembro do ano passado, vindos de Hong Kong, e estavam aguardando a liberação, pois havia um problema nos documentos.

De acordo com a delegada, o valor estimado da heroína apreendida gira em torno de R$ 30 milhões. A empresa importadora é estabelecida em Porto Velho (RO) e as investigações agora passam à responsabilidade da Polícia Federal (PF).

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Facebook

Anunciante

MAIS LIDAS - 24 HRS