Connect with us
Banner Samar Eco

Publicado

em


Deixe sua opinião

ASSISTA

Vídeo mostra despedida de Júlia Maria em turma de leitura da escola

Publicado

em

Um vídeo postado na rede social mostra o último encontro de Maria Júlia com os amigos da turma de leitura da E.E Joubert de Carvalho. Acusado falou muito pouco em entrevista ao Regional Press. ASSISTA

Um vídeo postado em uma rede social mostra o último encontro da jovem Júlia Maria de Lima Barbassa Mendes, 14 anos, que foi morta a facadas pelo vizinho na manhã do último sábado, em sua turma de leitura da escola.

No vídeo ela dá um depoimento afirmando sua timidez, e no final os alunos recebem um elogio da professora, dizendo sobre as qualidades e que todos tem um futuro promissor pela frente.

O acusado, Daniel Gaspar Barbosa, de 33 anos, disse que foi uma “bobeira”, e evitou responder as perguntas ao Regional Press. Assista o vídeo.


Deixe sua opinião

Continue Lendo

COM VÍDEO

ATUALIZADA. Menina de 14 anos é morta a facadas em Araçatuba

Publicado

em

A adolescente Julia Maria de Lima Barbassa Mendes, de apenas 14 anos, foi assassinada a facadas na manhã deste sábado (19), em Araçatuba. O crime ocorreu na rua Cláudio Dionísio Sanches de Souza, no bairro Água Branca, onde a vítima morava.

A garota chegou a ser socorrida por familiares, mas o óbito foi constatado no hospital da Unimed. A casa onde ocorreu o crime está preservada para perícia do IC (Instituto de Criminalística).

O principal suspeito do crime é um vizinho, identificado como Daniel Gaspar Barbosa, 33 anos. Ele é foragido da penitenciária de Bauru. Daniel tem antecedente criminal por furto e homicídio.

Conforme o que foi apurado no local, o suspeito pulou o muro do fundo da casa da adolescente e a surpreendeu no sofá da sala, onde ela dormia. Há indícios de que o agressor tentou estuprar a menina.

Ele desferiu pelo menos cinco facadas na cabeça, pescoço, e abaixo da axila da garota. A polícia também encontrou sinais de estrangulamento.

Após o crime, o agressor fugiu do bairro pulando muros de residências vizinhas. Conforme testemunhas, ele teria entrado em uma mata logo no final da rua. Revoltados, moradores se uniram para procurar pelo autor do crime.

Julia Maria tinha 14 anos

O helicóptero Águia também foi enviado ao local para tentar localizar o criminoso. Até por volta das 12h50, ele não havia sido encontrado. As buscas continuam.

No momento do crime, a mãe estava trabalhando em um salão de beleza que fica na frente da casa. Ela escutou os gritos da filha e chegou a ver o acusado pulando o muro para fugir.

Ao chegar na sala, a mãe encontrou a filha ensanguentada ainda no sofá. A menina foi levada para o hospital da Unimed, onde chegou sem vida.

O corpo da vítima foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para exame necroscópico. O laudo vai apontar a quantidade de facadas e os órgãos atingidos.

Moradores do bairro compartilharam a foto do acusado do crime em grupos de WhatsApp na tentativa de localiza-lo.

De acordo com vizinhos, a menina não tinha nenhuma relação de amizade com o suspeito.

Daniel morava na mesma rua, a cerca menos de 100 metros da casa da adolescente. Logo pela manhã, ele foi visto na rua e chegou o cumprimentar o pai e o irmão da garota quando estes saíram para o trabalho.

Veja vídeo:

 

Denúncia

Quem tiver alguma informação sobre a localização do foragido, pode entrar em contato com a polícia por meio dos telefones 190 e 197. O denunciante não precisa se identificar.

 

Daniel Gaspar Barbosa, foragido da penitenciária e suspeito de matar a adolescente

 

Leia Mais:

Menina Julia Maria foi morta com facada no coração e teve costela fraturada

 


Deixe sua opinião

Continue Lendo

Solidariedade

Menininho de 4 anos que tem câncer envia mensagem otimista para coleguinha que enfrenta a mesma doença

Publicado

em

O pequeno Roger, de quatro aninhos, que mora em Santo Amaro da Imperatriz, Santa Catarina, e faz tratamento contra câncer no sangue e medula óssea, enviou uma mensagem de otimismo e fé ao pequeno Nando, de três anos, de Araçatuba, que segue em busca da cura contra a leucemia no Hospital Amaral Carvalho, em Jaú, desde outubro do ano passado.

A história dos dois se cruzaram por meio de uma amiga em comum, de Araçatuba, que pediu ao pai de Roger, Rodolfo Rogério Hass, que enviasse uma mensagem aos pais de Nando, Edson e Kátia Souza.
“Queremos dizer pra eles que vai dar tudo certo, Deus é maravilhoso”, diz Hass, no primeiro vídeo, postado nas redes sociais na semana passada.

Em seguida, Roger, que é conhecido como Leãozinho por sua garra em enfrentar a doença, repete algumas palavras do pai e manda beijos para a família e para o pequeno Nando.

No segundo vídeo, postado nesta terça-feira, o guerreirinho catarinense diz para Nando não se preocupar com os cabelos que caíram por causa do tratamento. “Fernandinho, não preocupa. Nosso cabelo já tá crescendo”, diz, num linguajar infantil. Em seguida, arremata: “Careca é melhor, não fica tão quente”.

Leãozinho está na etapa do tratamento chamada manutenção, quando as células ruins são zeradas. O garotinho ainda terá de passar por quimioterapia, medicações e idas ao hospital, mas em menor escala.

Nandinho passa por sessões de quimioterapia e tem reagido bem ao tratamento, segundo a mãe, Kátia. Ele acabou de fazer três aninhos e tem recebido muita solidariedade de voluntários que saem em ônibus de Araçatuba rumo a Jaú para doar sangue ao pequeno guerreiro.


Deixe sua opinião

Continue Lendo

VIDEO

ATUALIZADA 16H25. Homem é encontrado morto no bairro São José, em Araçatuba (SP). Assista!

Publicado

em

Foto: Regional Press

O desempregado Klevison de Melo Silva, 26 anos, foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira ao lado de um campo de futebol no bairro São José, em Araçatuba. Ele estava com duas perfurações provocadas por disparo de arma-de-fogo na cabeça e uma no peito.

A reportagem do Regional Press apurou no local que durante a madrugada ele foi visto em um bar próximo a entrada do bairro. Um tio da vítima contou que seu sobrinho usava vários tipos de drogas e era envolvido com más companhias.

Klevison, conhecido como Lagoinha, é natural de Alagoas, e, devido ao vício em drogas e álcool, estava morando sozinho em um barraco próximo ao campo de futebol onde foi encontrado morto. Moradores chegaram a ouvir quatro disparos de arma de fogo durante a madrugada.

Uma tia de Klevison contou que ele foi um rapaz trabalhador. Veio do nordeste em busca de emprego. Em 2015 o pai e mãe morreram em um acidente de carro em Alagoas. Depois deste episódio ele começou a ter problemas com álcool, e acabou sendo abandonado pela esposa, que levou a filha, hoje com quatro anos.

Após a separação ele passou usar drogas e pediu demissão de uma indústria onde trabalhou por cerca de três anos, sem ter qualquer tipo de problema. Já envolvido com drogas começou a dar trabalho e andar com más companhias. A Polícia Civil já está investigando o caso.

Veja o vídeo:


Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS