Fique Conectado

Violência

Mulher asfixia gestante, arranca bebê do útero e se passa pela mãe

A acusada teria usado o sangue da vítima espalhado pelo corpo para dar realidade à história que contou aos médicos

Publicado

em

Anunciante

Uma jovem de 18 anos estava grávida de oito meses quando foi morta asfixiada, teve a barriga cortada e o filho arrancado do corpo por uma mulher de 38 anos e pelo marido dela, de 34.

O crime ocorreu em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, na terça-feira (5/11), e a acusada, Aline Roberta Fagundes teria perdido um bebê aos quatro meses de gestação havia pouco tempo.

De acordo com o tenente da Polícia Militar Givanildo Graciano, o casal de criminosos foi denunciado pelo próprio filho, de 14 anos, que acionou a polícia após chegar em casa e notar um colchão com marcas de sangue, usado para enrolar o corpo da vítima, Gabrielle Barcelos.

A perícia, estando no local, constatou que a jovem estaria grávida e teria sido morta asfixiada. Depois de falecer, teve o corpo aberto e o bebê retirado do útero.

No entanto, ao mesmo tempo em que a polícia chegava à casa do casal, a suspeita do crime acionou a emergência do hospital da cidade após dizer que havia dado à luz no meio da rua. Ela foi socorrida por uma ambulância e levada para o hospital com o marido. Segundo o tenente, a criança recém-nascida teve que ser reanimada devido a uma parada cardiorrespiratória.

A mulher, se passando pela mãe da menina, foi atendida, mas os médicos comprovaram que seria impossível ela ter dado à luz na terça-feira (5).

Portanto, a PM foi chamada e, segundo Graciano, a acusada, depois de ser pressionada, confessou o crime, revelando ter usado uma faca para abrir a barriga da gestante, utilizando as mãos para asfixiá-la. A mulher teria espalhado o sangue da vítima pelo corpo para dar realismo à sua história.

O homicídio pode ter sido motivado por causa do interesse da criminosa pelo bebê da jovem, já que, segundo testemunhas, o casal vinha aliciando a gestante, dizendo que a ajudaria com enxovais. Nas redes sociais, um dia antes de morrer, Gabrielle havia postado um texto ansiando pelo nascimento da filha, e disse: “Falta pouco para ver seu rostinho”.

Os acusados foram levados para a delegacia da cidade e a criança requer cuidados especiais, mas seu quadro de saúde é estável. As informações são do “Hoje em Dia”.

Oque você acha disso?

Anunciante

segurança máxima

Após 1 ano, Marcola e outros chefes do PCC deixam regime de isolamento

Transferências foram realizadas nesta segunda-feira (11). Legislação brasileira não permite período superior a 360 dias no sistema mais rígido de prisão.

Publicado

em

Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola (Foto: Reprodução/TV Globo)

O principal chefe da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, saiu nesta segunda-feira (11) do Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), no Centro de Readaptação Penitenciária (CRP) de Presidente Bernardes, e voltou para a Penitenciária Maurício Henrique Guimarães Pereira, a P2, em Presidente Venceslau. O motivo da transferência foi o vencimento do prazo máximo de internação no RDD permitido pela legislação brasileira, que é de 360 dias.

Além de Marcola, outros 12 presos com função de comando na facção criminosa também saíram do RDD e voltaram para a P2 na manhã desta segunda-feira (11), sob escolta da Polícia Militar.

Todos os presos estavam no RDD desde o fim do ano passado em decorrência das investigações realizadas pelo Ministério Público Estadual (MPE) e pela Polícia Civil na Operação Ethos, que apontou um esquema criminoso existente entre a facção e advogados.

O RDD é o regime de prisão mais rígido permitido pela legislação brasileira. Nele, os presos ficam isolados em celas individuais e só têm direito a duas horas de banho de sol por dia. Também não têm acesso a TV, rádio, jornal ou revista, não contam com direito a visita íntima e não podem ter contato físico com os visitantes.

Segundo o promotor de Justiça Lincoln Gakiya, que trabalha no Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual (MPE), a P2 de Presidente Venceslau é considerada uma unidade prisional de segurança máxima.

“É uma das penitenciárias mais seguras do Estado para a contenção de presos de altíssima periculosidade. É reservada aos presos mais perigosos”, afirmou ao G1.

No entanto, diferentemente do que ocorre no RDD, os presos na P2 podem conviver entre si e receber visitas íntimas.

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP), a Penitenciária 2 de Presidente Venceslau conta atualmente com 813 presos, embora tenha capacidade para receber 1.280 detentos.

“Na P2, todos são ligados ao PCC. São presos de altíssima periculosidade”, salientou Gakiya.

Em nota, a SAP informou que os presos transferidos do CRP de Presidente Bernardes chegaram por volta das 10h20 à P2 de Presidente Venceslau.

“O motivo da transferência foi o término do período de cumprimento de internação no Regime Disciplinar Diferenciado”, confirmou a SAP.

Detentos estavam no RDD, em Presidente Bernardes (Foto: Stephanie Fonseca/G1)

Oque você acha disso?

Continue Lendo

ato infracional

Foto de pé de maconha em celular leva PM a apreender menor em Birigui

Publicado

em

Um adolescente de 15 anos foi apreendido por ato infracional de tráfico de drogas, nesta segunda-feira (11), em Birigui. A Polícia Militar chegou ao adolescente após abordar um amigo dele na Vila Bandeirante.

Durante a revista, os policiais militares Cacuri e Aragão encontraram a foto do pé de maconha. Indagado, o rapaz disse que a planta pertenceria a um amigo que mora no bairro Candeias.

Com o endereço, os policiais foram até o local. Assim que a viatura entrou na rua indicada, os PMs notaram que adolescente saiu correndo e jogou algo na casa de uma vizinha.

Ele foi abordado com R$ 56 em dinheiro. Os policiais recuperaram a latinha jogada pelo menor e encontraram 13 porções de maconha.

O menor admitiu o tráfico e disse que vendia casa porção de maconha a R$ 5. Sobre o pé de maconha, o adolescente afirmou não mais possui-lo.

Apresentado na delegacia da Polícia Civil, o menor foi apreendido e seria apresentado à Promotoria da Infância e Juventude de Birigui.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Fatalidade

Homem de 44 anos morre em acidente de moto em Pereira Barreto

Publicado

em

Altemar Hudson Mendes Vieira, 44 anos, morreu em um acidente de moto ocorrido na manhã desta segunda-feira (11), na rodovia Euclides de Oliveira Figueiredo (SP-563), em Pereira Barreto.

A vítima pilotava uma moto Kawasaki e seguia sentido a Andradina, onde morava. De acordo com informações da polícia, a motocicleta foi atingida por um carro dirigido por uma mulher.

Com a batida, o motocicleta perdeu o controle e caiu com a moto.

A vítima chegou a ser socorrida pela equipe de Resgate do Corpo de Bombeiros de Pereira Barreto, mas não resistiu. O corpo de Altemar passaria por exame necroscópico no IML (Instituto Médico Legal) de Andradina.

Com Henrique Neto/ Olho Vivo News

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Facebook

Anunciante Sou Mais Familia

MAIS LIDAS DO DIA