Fique Conectado

Política

Bolívia quer fornecer energia a estados brasileiros vizinhos

Publicado

em

Anunciante

O governo boliviano destacou hoje (6) seu interesse estratégico nos quatro estados brasileiros que fazem fronteira com a Bolívia, especialmente em relação ao fornecimento de energia. “Eles precisam de energia, eletricidade, gás, ureia, sal…”, destacou aos veículos de imprensa o chanceler boliviano Fernando Huanacuni, após retornar do Brasil, onde acompanhou o presidente da Bolívia, Evo Morales, em sua visita oficial. A informação é da agência EFE.

Além de energia e derivados do gás, os estados do Acre, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul requerem da Bolívia integração rodoviária, pontes e outras infraestruturas, ressaltou Huanacuni.

Ele se referiu também ao interesse mútuo dos dois países de dispor de “uma saída ao Pacífico”, mediante o projeto do Corredor Ferroviário Bioceânico, que atravessaria o Peru, a Bolívia e o Brasil, fazendo uma ligação desde o Oceano Pacífico até o Atlântico.

 

Oque você acha disso?

Agência Brasil
Anunciante

serviço militar

Transgêneros poderão se alistar em janeiro nas Forças Armadas dos EUA

residente Trump é contra, mas tribunais já decidiram a favor do acesso dos transgêneros. Alistamento estará aberto para ele enquanto batalha legal se desenrola.

Publicado

em

O major David Eastburn, um representante do Pentágono, disse à agência Associated Press que as pessoas trans poderão se alistar no serviço militar dos Estados Unidos a partir de 1º de janeiro, apesar da oposição do presidente Donald Trump.

A nova política reflete a crescente pressão legal sobre o assunto e os obstáculos difíceis que o governo federal teria que atravessar para impor a demanda da Trump de proibir indivíduos transgênero de serem militares. Dois tribunais federais já decidiram contra a proibição.

Potenciais recrutas transgêneros terão de apresentar um rigoroso conjunto de condições físicas, médicas e mentais que tornam possível que eles se juntem às forças armadas americanas.

Eastburn diz que o recrutamento de recrutas transgêneros começará em 1º de janeiro e continuará enquanto as batalhas legais se desenrolam.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

argentina

Relatório diz que explosão causou morte repentina em submarino

Documento do Escritório de Inteligência Naval obtido pelo jornal 'La Nación' examinou sinal acústico registrado no dia do último contato do ARA San Juan com a base.

Publicado

em

Submarino militar argentino ARA San Juan é visto deixando o porto de Buenos Aires em imagem de arquivo (Foto: Armada Argentina/Handout via Reuters)

O submarino argentino ARA San Juan, desaparecido em novembro, sofreu uma explosão a 380 metros de profundidade, liberando uma energia similar a 5,7 toneladas de TNT, segundo um relatório militar americano obtido pelo jornal “La Nación”, de Buenos Aires. Os 44 tripulantes teriam morrido imediatamente.

O informe do Escritório de Inteligência Naval, da Marinha dos EUA, analisou o sinal acústico detectado por equipamentos de monitoramento no Atlântico em 15 de novembro, data em que a tripulação do submarino fez seu último contato com a base em terra.

A localização do ruído, a 30 milhas da última localização reportada do ARA San Juan, é compatível com a rota que percorria o submarino.

Em resposta ao “La Nación”, a Marinha argentina disse que o relatório americano representa “um indício a mais” e ainda não descarta nenhuma hipótese nas investigações.

O submarino havia zarpado de Ushuaia no domingo, 11 de novembro, para retornar a Mar del Plata, sua base habitual. Em sua última comunicação, informou que uma entrada de água pelo sistema de ventilação provocou um princípio de incêndio na casa de baterias.

Após semanas de buscas que contaram com o apoio de diversos países, incluindo EUA e Brasil, a Argentina admitiu que não há mais chances de encontrar sobreviventes.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Investigação

Prefeito confirma atentado terrorista em Nova York; suspeito é preso

Segundo o Corpo de Bombeiros de Nova York (FDNY), quatro pessoas ficaram feridas

Publicado

em

Nova York sofreu uma “tentativa de atentado terrorista” na manhã desta segunda-feira (11), declarou o prefeito Bill de Blasio, em coletiva, sobre a explosão sentida, às 7h30 locais (10h30 hora de Brasília), na estação rodoviária de Port Authority, em Manhattan. Segundo o Corpo de Bombeiros de Nova York (FDNY), quatro pessoas ficaram feridas. Nenhuma corre risco de morte.

As autoridades da Big Apple confirmaram que a explosão foi provocada por Akayed Ullah, um morador do Brooklyn, que tem 27 anos. Ullah carregava bombas no próprio corpo e ficou ferido durante a explosão. Encaminhado a um hospital, ele está sob custódia.

De acordo com o Departamento de Polícia de Nova York (NYPD) divulgou no Twitter, o estrondo ocorreu entre a Rua 42 e a 8ª Avenida – região onde ficam localizados a Times Square e o Empire State Building e importantes pontos turísticos da cidade.

O terminal de Port Authority, onde ocorreu a explosão, é considerado o maior dos Estados Unidos, com um fluxo de 65 milhões de passageiros por ano. Abaixo do terminal está localizada a estação Times Square-Rua 42 do metrô.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Facebook

Anunciante Sou Mais Familia

MAIS LIDAS DO DIA