Fique Conectado

rússia 2018

Fifa cria concurso para frase em ônibus de seleções; veja o prêmio

Cadastro é feito pelo site da entidade

Anunciante

Fifa fechou uma parceria com as seleções e um patrocinador da Copa da Rússia 2018 e fará um concurso para a escolha da frase que será estampada nos ônibus de cada país.

O concurso está aberto até 28 de fevereiro, 7h de Brasília, e o cadastro deve ser feito por este link.

O anúncio dos vencedores será feito dia 14 de maio e o prêmio para cada ganhador é um pacote de viagem para assistir ao Mundial, 32 no total.

Em 2014, na Copa do Brasil, o slogan da seleção brasileira era  “Preparem-se, o hexa está chegando!”.

Oque você acha disso?

notícia ao minuto
Anunciante

Instagram

Neymar posta mensagem e fala sobre ‘momentos difícies’

PSG do brasileiro perdeu na última quarta e se complicou na Champions

Neymar usou seu Instagram para postar uma mensagem de motivação para a equipe do PSG, derrotada por 3 a 1 para o Real Madrid na última quarta, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões:

“Obrigado meu Deus por todos os momentos que tenho no futebol, principalmente os mais difíceis! ‘Nunca te disse que a caminhada seria fácil, mas sim que valeria a pena'”, disse o atleta.

Kimpembe acompanhou a mensagem do companheiro:

“Desapontado, mas ainda em pé. Pronto para a guerra. Obrigado a todos os torcedores pelo enorme apoio. Juntos, nós somos um. Vemos vocês no Parque [dos Príncipes] no dia 6 de março”, escreveu Kimpembe.

A postagem aconteceu horas após seu pai se referir aos críticos do filho, sem citar nomes, como “abutres”.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Esporte

Goleiro do Corinthians é assaltado após derrota para o São Bento

Caíque França foi abordado por seis homens após deixar sua namorada em casa na madrugada desta quinta-feira: ‘O importante é que não aconteceu nada comigo’

O vgoleiro reserva do Corinthians, Caíque França, foi assaltado na madrugada desta quinta-feira, após a derrota do Timão para o São Bento, na Arena em Itaquera. Ele foi abordado por seis homens depois de deixar sua namorada em casa.

Caíque falou sobre o crime nesta quinta-feira, à Corinthians TV, durante o intervalo do jogo-treino contra o Atlético-PR. Ele lamentou o ocorrido, mas se diz aliviado por ter perdido só os bens materiais.

– Infelizmente acontece no Brasil. Foi voltando da casa da minha namorada, levaram meu celular, iPad, minha bolsa de viagem. O importante é que não aconteceu nada comigo, bem material é o de menos – afirmou Caíque.

Apesar do ocorrido, o goleiro foi titular do Corinthians no jogo-treino contra o Atlético-PR e fez boas defesas. O Timão, porém, perdeu por 1 a 0.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Ação

Justiça condena Corinthians a devolver R$ 400 milhões à Caixa por estádio

Uma ação popular ajuizada em 2013, no Rio Grande do Sul, questionando o financiamento da Arena Corinthians, teve seu resultado divulgado nesta quinta-feira.

E a Justiça Federal do Rio Grande do Sul, em sentença proferida pela 3ª Vara Federal de Porto Alegre, condenou o Corinthians, a construtora Odebrecht, responsável pelo estádio, a Arena Itaquera e o ex-presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Fontes Hereda a devolver R$ 400 milhões.

A juíza federal Maria Isabel Pezzi Klein foi a responsável pela publicação e determinou o ressarcimento da empresa SPE Arena Itaquera S/A, captados junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)

Em nota publicada em seu site, a Justiça Federal do Rio Grande do Sul resume a sentença desta forma: “Um repasse milionário de dinheiro público, captado por uma empresa privada especialmente criada para este fim e com capital social no valor de R$ 1 mil, embasado em garantias incertas e que beneficiou, além de um time de futebol, uma construtora contratada sem licitação”.

Ainda segundo o tribunal gaúcho, “teria sido criada, em 2009, uma linha de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no valor total de R$ 4,8 bilhões para a construção e reforma de estádios da Copa de 2014. Os repasses seriam realizados por meio do Banco do Brasil. Onze projetos teriam sido aprovados, com exceção do que envolvia a Arena Itaquera. A negativa teria ocorrido em razão da ausência das garantias exigidas”.

“A Caixa, entretanto, teria aceitado financiar o projeto do estádio corintiano, assumindo os riscos da contratação como agente financeiro repassador. Para o advogado que ingressou com a ação, o negócio fechado em 2013 – quase três anos após o fim do prazo inicialmente previsto para as contratações – seria lesivo ao patrimônio público. Sob a sua ótica, a decisão do banco público teria sido tomada sob influência política, já que teria ocorrido fora do prazo previsto, por agente financeiro que não era o inicialmente autorizado e sem a exigência de sólidas garantias de que o empréstimo seria pago”, continua o texto.

A Caixa, o Corinthians, Odebrecht e Hereda defenderam a regularidade da transação, segundo o texto publicado e afirmam ter garantias suficientes à satisfação do crédito e que a dívida de R$ 475 milhões estaria sendo renegociada com base em receitas futuras.

Em relação ao caso específico da Arena Itaquera, a magistrada chamou atenção para o empréstimo de R$ 400 milhões ter sido concedido a uma empresa, a SPE Arena Itaquera, cujo capital social estimado na época era de R$ 1 mil.

O projeto do estádio, inicialmente orçado em R$ 899 milhões ultrapassou R$ 1,2 bilhão.

O prazo fixado foi de 10 dias após a certificação do trânsito em julgado da ação. Cabe recurso ao TRF-4.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Facebook

Anunciante

MAIS LIDAS - 24 HRS