Fique Conectado

Emoções

Como curei minhas feridas emocionais e me libertei

Publicado

em

Como curei minhas feridas emocionais e me libertei

Quando falamos de feridas emocionais, não estamos nos referindo exclusivamente aos danos secundários que alguém possa ter nos causado; nós também somos responsáveis ​​por muitos desses vazios e limitações pessoais.

Há pensamentos que nos ferem; não devemos alimentar o ego ou nos agarrarmos ao passado para vivermos apenas de nostalgia, por exemplo.

Nossa atitude em relação a vida, às vezes, também corrói a nossa alma e a forma como nos relacionamos com o mundo.

Curar e corrigir este tipo de estruturas internas é uma forma de sermos livres emocionalmente. No entanto, devemos primeiro fazer um exercício saudável de reflexão e mostrar uma clara vontade de mudar as coisas, mas a partir do nosso próprio interior.

É aí que reside a verdadeira força emocional.

Todos nós acreditamos ter uma grande sensação de liberdade, mas ela é falsa. Somos controlados por nossas crenças, às vezes limitados por elas, por nossas feridas emocionais que nos aprisionam… Como podemos renascer emocionalmente para sermos verdadeiramente livres?

Em primeiro lugar, devemos ter claro que nem todas as pessoas são iguais e nem têm a mesma “bagagem” de experiências.

No entanto, quando se fala de pensamentos e emoções que limitam o nosso crescimento pessoal e a nossa liberdade, há alguns pontos básicos que vale a pena considerar, ou pelo menos refletir a respeito.

  1. Não tenha medo da dor das feridas emocionais

Dor e sofrimento não podem ser escondidos em um canto secreto de nosso ser. Todas as feridas sangram, toda dor emocional chora, grita ou é sentida em todo o abismo de solidão.

Suas emoções não são suas inimigas e nem o definem. Isto significa, por exemplo, que você pode sentir a dor da decepção em um momento muito específico de sua vida, mas toda a sua existência não será (ou não deveria ser) categorizada por esse sentimento.

A dor se vive no “aqui e agora” e deve ser entendida, compreendida e gerenciada da forma mais saudável possível. Caso contrário, optar por esconder essas emoções, trancando-as por toda a vida, tornará a nossa liberdade pessoal e emocional uma ilusão.

  1. Você deve aprender a ser compreensivo consigo mesmo

Você cometeu um erro? Você passou muito tempo da sua vida com uma pessoa que talvez não merecia o seu tempo? Não se castigue e nem se rotule como “ingênuo” por isso, e muito menos como “fracassado”:

Nenhuma vida que valha a pena é livre de erros. Na verdade, todos os aspectos que você considera como “erros” são realmente experiências de aprendizado que o tornarão mais forte.

Seja compreensivo com você mesmo e entenda que a última coisa que você deve fazer é alimentar qualquer culpa pelo que aconteceu.

A culpa arrasta, afoga e envenena; é uma inimiga clara da liberdade emocional. Mantenha a mente aberta e seja capaz de aceitar todas as experiências, sejam elas boas ou ruins, pois esta é a finalidade desta coisa chamada vida.

Tente acordar todas as manhãs com o seu entusiasmo renovado; abra-se para você mesmo e para os outros sabendo que você merece ser feliz novamente, bloqueie o fluxo de pensamentos negativos que, por vezes, aumentam a nossa própria prisão mental.

Com cada esforço que você fizer, a cada passo que você der para ser feliz novamente, estará se libertando dos erros e da culpa. Não alimente ilusões, evite nutrir decepções.

  1. Você não pode mudar quem lhe fez (ou lhe faz) mal

Se você tem que conviver com uma família, pais ou irmãos que o machucam de alguma forma, você deve ter muito claro que você não pode mudar as pessoas que lhe causam mal. Você não pode mudar a maneira deles entenderem as coisas ou a personalidade dos mesmos.

Entretanto, você pode ser emocionalmente livre e curar a influência deles sobre você. Você é o que importa aqui e agora, você é quem está sofrendo.

Muitas dessas coisas que você internalizou do seu passado “coçam” e até criam uma ferida invisível, e é aí que as prisões interiores se encontram. Liberte-se, entenda que isso não deve mais causar danos a você, tente perdoar mas, ao mesmo tempo coloque limites.

Cure as palavras ditas e as engolidas, cure a dor da decepção ou do desprezo, deixe os fardos irem de vez, levante a sua voz para declarar que você vai deixar de ser uma vítima. Você está curado, você renasceu e você está emocionalmente livre.

  1. Cure as suas raízes

O que queremos dizer com curar as suas raízes? É sem dúvida uma questão complexa que envolve muitas áreas pessoais, muitas experiências e construções psicológicas. No entanto, considere essas dimensões.

Reflita sobre isto:

– Desative o ego do seu dia a dia, permita-se ter uma visão mais ampla e livre das coisas.

– Não se submeta às circunstâncias nem lute contra elas fomentando o ódio ou o rancor. Evite os extremos porque as duas dimensões irão aprisioná-lo e arrastá-lo. Mantenha o seu equilíbrio, a paz interior e priorize a sua liberdade emocional acima de tudo.

– Não se proteja sob um positivismo pouco objetivo. Não finja sorrisos quando você não os sente; isso é tristeza, porque dessa forma o que você faz é enfeitar sua árvore com folhas, quando as suas raízes estão doentes.

– Sinta suas emoções e administre-as corretamente, pois caso contrário você irá mascarar o seu crescimento pessoal. Você precisa ser corajoso e honesto consigo mesmo.

Fugir do medo é temer. Lutar contra a dor é doloroso. Tentar ser corajoso é estar assustado.

– Alan Watts (filósofo britânico 1915-1973) –

Deixe sua opinião

Fonte: amenteemaravilhosa.com.br

DECLARAÇÃO

Após escândalo, João de Deus posta vídeo com filha negando abuso

Publicado

em

REPRODUÇÃO/FACEBOOK

Após ser acusado por centenas de mulheres de abuso sexual, o médium João de Deus divulgou um vídeo em que aparece ao lado da filha. Em pouco mais de um minuto e meio, a mulher desmente a informação de que ela teria movido um processo contra o pai, por estupro.

“Quero declarar a todos que essa pessoa que está aqui do meu lado nunca me abusou sexualmente, nunca me deixou passar falta de nada, nem eu nem meus filhos, e todos meus irmãos”, comentou. “O que estão fazendo com ele é injustiça. Tudo é por causa de dinheiro”, completou ela, que se diz “envergonhada pela atitude dos filhos”.

Segundo o portal O Antagonista, os filhos da mulher já teriam processado João de Deus anteriormente pelo caso, que terminou em acordo. Agora o portal de notícias diz que a própria filha do médium move uma ação contra ele, pedindo indenização de R$ 50 milhões.

No vídeo, João de Deus fala por poucos segundos. “Eu quero que Deus te olha, te protege. Do jeito que eu olhei você, eu olhei todos”, disse o médium ao comentar sobre a formação de seus filhos e netos.

Segundo O Antagonista, em ação de reparação de danos morais, a herdeira do médium pede R$ 50 milhões pela causa. O pedido tramita em segredo de Justiça e, nos autos, consta que “por trás dessa figura aparentemente dócil, amável e caridosa, se esconde um homem bruto, cruel, violento”, conforme pontua a defesa da filha.

Ao portal, o advogado autor do processo, Marcos Eduardo Cordeiro Bocchini, recusou-se a se manifestar pelo fato de a ação correr em sigilo. De acordo com a apuração do site, “uma fonte do MP de Goiás informou que a vítima teria sido violentada quando ainda era menor de idade, o que configuraria estupro de vulnerável”.

O pedido tramita em segredo de Justiça e, nos autos, consta que “por trás dessa figura aparentemente dócil, amável e caridosa, se esconde um homem bruto, cruel, violento”, conforme pontua a defesa da filha.

Ao portal, o advogado autor do processo, Marcos Eduardo Cordeiro Bocchini, recusou-se a se manifestar pelo fato de a ação correr em sigilo. De acordo com a apuração do site, “uma fonte do MP de Goiás informou que a vítima teria sido violentada quando ainda era menor de idade, o que configuraria estupro de vulnerável”.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

SEXTORSÃO

Novo golpe usa sites pornô para chantagear usuários

Publicado

em

Pixabay

Um novo golpe que está sendo utilizado na Web usa o sistema que ficou conhecido como sextorsão para chantagear os usuários.

No golpe o criminoso envia um e-mail afirmando que hackeou o computador da vítima e registrou vídeos, ou fotos, de quando o usuário acessava sites pornográficos.

A partir disso, os criminosos começam a chantagear as vítimas. A demanda mais comum exigida, segundo o Techtudo é exigir que a vítima envie bitcoins ao criminoso ou o suposto conteúdo será compartilhado para a sua lista de contatos.

A empresa de cibersegurança ProofPoint detectou que em alguns casos, os cibercriminosos, ao invés do pagamento, pedem para que as vítimas baixem um arquivo .ZIP, sem saber que estão instalando um Trojan no PC e perdendo todos os dados do computador.

Segundo a ProofPoint vale destacar que o golpe se trata de uma fraude, quando o usuários recebe o e-mail de ameaça na verdade não existe ataque hacker nenhum, nem vídeo comprometedor.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

gastronomia

Como não engordar na época do Natal, de acordo com a ciência

Publicado

em

O consumo de álcool e de alimentos gordurosos costuma aumentar durante as festas (Foto: Getty Images / BBC News Brasil)

Engordar entre o Natal e o Ano Novo não é inevitável – embora exija algum esforço. Um estudo feito pela Universidade de Birmingham em parceria com a Universidade de Loughborough, ambas no Reino Unido, indicou que prestar atenção a algumas dicas simples para não exagerar ao beber e comer pode evitar que as pessoas ganhem peso no fim do ano – mesmo frequentando dezenas de eventos com comida em abundância.

Os voluntários do estudo que conseguiram escapar do ganho de peso receberam uma lista de dez dicas para controle de peso e outra com quanta atividade física é necessária para queimar certos pratos e bebidas muito populares no Natal.

Por exemplo, seria preciso cerca de 25 minutos andando de bicicleta para queimar as calorias de uma fatia de 100g de tender (132 kcal). As dicas que eles receberam foram tiradas de um artigo publicado em 2008 no International Journal of Obesity 32.

As regras

As dicas passadas para os voluntários do estudo são medidas simples, nada parecidas com as dietas mirabolantes que costumam circular por aí nessa época do ano:

1. Tente manter sua rotina alimentar → Mantenha os mesmos horários de alimentação que tem em sua rotina normal, ou ao menos tente manter os horários o mais próximo possível disso.

2. Evite alimentos gordurosos → Prefira as carnes magras (como o peru), fuja dos molhos de saladas mais gordurosos, evite os patês prontos

3. Caminhe → Você pode usar um aplicativo no celular que conte os seus passos ao longo do dia, e vá aumentando o número de passos progressivamente. Pequenas mudanças na rotina, pelo menos durante o período de festas, podem ajudar: subir a escada em vez de pegar o elevador, fazer a pé pequenos percursos, etc.

4. Escolha petiscos saudáveis → Se você gosta de petiscar, compre ou prepare opções saudáveis, como frutas, iogurtes de baixas calorias etc.

5. Leia o rótulo → Cuidado com a propaganda, principalmente em produtos light e diet (nem sempre eles têm menos calorias). Estar ciente de quanto açúcar, sódio e gordura vai nos alimentos industrializados ajuda a tornar a alimentação mais saudável.

6. Cuidado com as porções → Não encha o prato de comida (a não ser que a comida seja legumes e verduras). E pense duas vezes antes de repetir, principalmente se você costuma comer rápido: dê um tempo para seu cérebro perceber que você está saciado.

7. Fique de pé → Evite ficar muito tempo sem se levantar. Para cada hora sentado, levante por dez minutos. Essa é uma dica útil de ter na cabeça durante viagens, que são muito comuns no fim do ano. Em voos, ande no corredor. Se estiver viajando de carro, faça paradas em estabelecimentos ao longo da estrada para esticar as pernas.

8. Pense no que vai beber → Prefira água ou refrescos sem açúcar. Até mesmo suco de fruta tem o açúcar natural da planta, então limite a quantidade a um copo de suco por dia. O álcool também é bem calórico, então tente compensar evitando repetir a refeição nos dias em que for beber mais.

9. Foque na comida → Aproveite o feriado para diminuir o ritmo. Não coma na frente da TV ou fazendo outras atividades; coma na mesa se possível. Curta sua refeição.

10. Não esqueça a regra dos 5 → Coma ao menos cinco porções de fruta, legumes ou verduras por dia (400g no total).

Como foi feito o estudo

O estudo, chamado “Winter Weight Watch Study” (Estudo de Observação de Peso no Inverno, em inglês) envolveu 272 voluntários, que foram divididos aleatoriamente em dois grupos: um grupo de controle e um grupo de intervenção.

Os voluntários no grupo de intervenção foram orientados a se pesar todo dia, ou, no mínimo duas vezes por semana.

Eles receberam dez dicas (acima) sobre como evitar ganho de peso, uma lista de atividades físicas com quantas calorias elas queimam, e o que essas calorias correspondem em alimentos comuns no fim do ano.

O grupo de controle recebeu apenas um panfleto com informações breves sobre ter um estilo de vida saudável, sem nenhuma dica alimentar.

O resultados mostraram que, na média, os participantes do grupo de controle ganharam peso durante a época do Natal, mas os do grupo de intervenção mantiveram o peso.

O estudo foi publicado nesta segunda (10) no periódico científico britânico The BMJ (antigo British Medical Journal). A pesquisa foi conduzida entre 2016 e 2018, com os pacientes sendo medidos e pesados em novembro e dezembro de 2016 e 2017, e novamente em janeiro e fevereiro dos anos seguintes.

“Os feriados de fim de ano coincidem com folgas coletivas em muitos países, oferecendo oportunidade para consumo excessivo de comida e comportamento sedentário por um tempo prolongado”, afirma a nutricionista Frances Mason, pesquisadora da Universidade de Birmingham e uma das autoras do estudo.

“Só no dia de Natal as pessoas chegam a consumir 6 mil calorias – três vezes o recomendado”, diz ela, em um comunicado da universidade sobre a pesquisa.

“Intervenções leves como as feitas no estudo Winter Weight Watch poderiam ser levadas em consideração por quem faz políticas públicas para evitar ganho de peso da população em épocas mais sensíveis, como as férias”, afirma Mason.

A professora Amanda Daley, co-autora do estudo, afirma que o peso adquirido durante as festas não costuma ser acompanhado por perda de peso no início do ano.

“Embora sejam ganhos pequenos, ao longo de dez anos podem significar um aumento considerável no peso”, explica.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

Fora do Armário

Alexandre Frota abre o jogo e admite gostar de homens: “Sou resolvido”

Publicado

em

Embora muitos fãs não se surpreendam com uma confissão feita por Alexandre Frota durante o programa de Cátia Fonseca, na Band, o ex-ator tornou a admitir que já sentiu atração por pessoas do mesmo sexo. Na edição desta terça-feira (11/12) do programa, Frota ainda falou sobre seu relacionamento com os filhos.

Logo de início, ele confirmou seus desejos sexuais por homens. “Se eu falar que não, é mentira minha. Mas sou um cara bem resolvido com isso e tenho a cabeça muito aberta com essas questões todas. Mas sou apaixonado por minha mulher e sei exatamente como penso e como vivo”, declarou.

Durante das eleições deste ano, Frota recebeu várias acusações do filho biológico, Mayã Frota. Em meio às afirmações, o rapaz alegou que o pai chegou a planejar um aborto enquanto ele ainda estava no ventre de sua mãe. Diante disso, Frota negou as palavras do herdeiro.

“Sou completamente contra o aborto”, disparou Frota no programa. “A mãe dele ficou grávida e desde o primeiro momento eu falei que era contra o aborto. Só que deixei claro que não seria marido nem namorado. Assumi o filho na época que trabalhava em novela, fazia na Globo, tudo certinho”, relembrou.

Por fim, o político — filiado ao PSL, mesmo partido do presidente eleito, Jair Bolsonaro —, respondeu aos rumores de que prefere o filho adotivo que Mayã. “Sou muito apegado a meu filho adotivo e tive esse problema com o biológico. Fui obrigado a responder essa declaração e não guardo rancor”, concluiu.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS