Fique Conectado

assista vídeo

Aumenta a taxa de sobrevida de prematuros atendidos na Santa Casa de Araçatuba

Causas do aumento de nascimentos de prematuros e a estrutura utilizada para elevar a recuperação desses bebês, serão discutidos em evento da data mundialmente comemorada em 17 de novembro

Publicado

em

Anunciante

Diante de uma incidência altíssima de prematuridade extrema, a Santa Casa de Araçatuba, que é referência do SUS (Sistema Único de Saúde) em neonatologia de alto risco para 40 municípios da região, tem conseguido obter índices satisfatórios em relação à sobrevida dos prematuros. ASSISTA:

O neonatologista intensivista e pediátrico  Anderson Dutra, coordenador técnico do Serviço de Neonatologia da Santa Casa de Araçatuba, núcleo que compreende duas UTIs Neonatal, uma Unidade de Terapia Semi-Intensiva, e Pediatria, ressalta que a taxa de sobrevida dos prematuros atendidos no hospital é comparável aos melhores serviços do mundo.

“Hoje, 90% dos bebês que nascem acima de 28 semanas sobrevivem e estão tendo uma ótima recuperação, sendo que as taxas nacionais giram em torno de 90% acima de 30 semanas”, informa.

O coordenador do Serviço de Neonatalogia  explica que  tão importante quanto elevar as taxas de sobrevida  é conseguir melhorar a taxa de sobrevida sem sequelas  e com excelente qualidade de vida dos bebês pós-internação. “ A gente vê a cada dia um número maior de bebês que nasceram muito pequenos e com baixa idade gestacional  mas que estão atingindo as várias fases da infância com  desenvolvimento normal,  com bom rendimento na vida escolar, enfim, sem nenhuma sequela da prematuridade”

Foto: RegionalPress

Dutra credita os bons resultados a um conjunto de fatores: “apoio da gestão da Santa Casa, que sempre considerou essa área um desafio a ser enfrentado, principalmente pelos déficits orçamentários; e a equipe de profissionais que atua dentro das UTIs, composta de pessoas dedicadas e que valorizam o trabalho em grupo”.

A qualidade no atendimento que  nivelou  a taxa de sobrevida registrada na Santa Casa de Araçatuba no mesmo patamar dos índices nacionais, também inclui o respaldo de uma rede hospitalar que oferece serviços adjacentes como cirurgia pediátrica, neurologia, fisioterapia, diagnóstico clínico e por imagem, fonoaudiologia, entre outros.

Estas estatísticas ratificam a importância do Serviço de Neonatologia para outra alta complexidade da Santa Casa de Araçatuba: os partos de alto risco (quando mãe ou bebê correm riscos de morte), que só podem ser realizados com a garantia do leito de neonatal.

O Serviço de Neonatologia dispõe de 22 leitos  de  Terapia Intensiva Neonatal e 12 leitos de Terapia Semi-Intensiva Neonatal. Contudo, ainda há muito que avançar, na opinião de Dutra. Por conta da alta demanda, que ocupa 90% dos leitos das UTIs Neonatal diariamente, o coordenador afirma ser necessário criar uma rede de atenção envolvendo todos os municípios da região. “Poderíamos ter mais apoio de todos os segmentos envolvidos para que o atendimento regional fosse fomentado”, ressaltou.

Segundo o Dutra, a rede seria importante para atuar na conscientização da população em relação à gravidez na adolescência e ao pré-natal das gestantes, por exemplo. Essa atuação pode contribuir com o planejamento familiar e acompanhamento da gestação com, no mínimo, seis consultas com o ginecologista e obstetra.

Dia Mundial da Prematuridade

Por conta de tudo isso, o Serviço de Neonatologia da Santa Casa promove nesta quinta-feira, dia 16, um evento para comemorar o Dia Mundial da Prematuridade, celebrado no dia 17. Com início às 9h, no Anfiteatro, o evento abordará pontos importantes a serem discutidos dentro do assunto. Haverá também um encontro de prematuros atendidos pelo hospital.

O Dia Mundial da Prematuridade foi criado para chamar atenção de um problema que atinge 15 milhões de crianças todos os anos ao redor do mundo. No Brasil, mais de 12% dos nascimentos acontecem antes da gestação completar 37 semanas. Isso significa que 340 mil bebês nascem prematuros todo ano, o equivalente a 931 por dia.

Essa data também é conhecida como o Dia Internacional da Sensibilização para a Prematuridade, criada em 2009, sendo seguida no Canadá, EUA, Austrália e Portugal. Hoje em dia já é celebrada em mais de 50 países, com o intuito de se pensar em estratégias para diminuir a taxa de prematuridade.

Oque você acha disso?

Fiscalização

IPEM reprova 4,8% dos produtos típicos das ceias de final de ano

Operações foram realizadas na capital paulista e nas cidades de Bauru, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto

Publicado

em

Entre os itens avaliados estavam panetones, frutas secas da época, biscoitos e chocolates em embalagens natalinas

Especialistas do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (IPEM-SP), órgão delegado do Inmetro e vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, realizaram a operação “Boas Festas” nos dias 6 e 7 de dezembro, nos laboratórios da capital, Bauru, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto. O objetivo foi verificar os produtos típicos das ceias de Natal e Ano Novo. Ao todo, na capital e interior, foram verificados 62 produtos, sendo 3 reprovados por diferença entre o peso real e o indicado na embalagem, o que corresponde a 4,8% dos produtos vistoriados.

Entre os itens avaliados estavam panetones, frutas secas da época, biscoitos e chocolates em embalagens natalinas, enfeites natalinos, entre eles, papel de presente, guardanapo, cordões e fitas decorativas.

No laboratório da capital, foram examinados 24 produtos, sendo um deles (4,2%) reprovado por diferença entre o peso real e o indicado na embalagem.

Em Bauru, foram examinados 14 produtos, sendo reprovado um (7,1%), por diferença entre o peso real e o indicado na embalagem.

Em Ribeirão Preto, foram examinados 12 produtos, sendo reprovado um (8,3%), por diferença entre o peso real e o indicado na embalagem.
Em São José do Rio Preto, foram examinados 12 produtos, sem nenhuma reprovação.

Os produtos foram coletados previamente pelos fiscais em pontos de venda de pequeno, médio e grande porte em todo o Estado para serem avaliados nos laboratórios do IPEM-SP.

O objetivo foi verificar a fidelidade das indicações de quantidade nas embalagens dos produtos, a fim de coibir a comercialização de itens que tragam em suas embalagens informações em desacordo com a legislação vigente.
As empresas autuadas têm dez dias para apresentar defesa ao órgão. As multas podem variar de R$ 100 a R$ 1,5 milhão, dobrando na reincidência.

Confira a tabela com as irregularidades, acesse https://goo.gl/ypaFkK

Orientação para o consumo

O IPEM-SP disponibiliza para download o Guia Prático de Consumo, que traz dicas ao consumidor sobre o que observar na hora da compra de produtos embalados, têxteis, eletrodomésticos, itens que devem trazer o selo do Inmetro e também a utilização de balanças disponíveis em supermercados, padarias, açougues e outros tipos de comércio. Para o download do guia acesse http://goo.gl/jYpCEk, aproveite e conheça outras publicações do IPEM-SP no link: http://goo.gl/Waw0P1.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Selo Verde

Comarca de General Salgado é vencedora do TJ Sustentável

As cidades de Palmital e Presidente Venceslau terminam em segundo e terceiro, respectivamente

Publicado

em

Após sete meses de monitoramento do consumo de água, energia e papel sulfite, a unidade apresentou melhores resultados de economia

A Comarca de General Salgado é a vencedora do projeto TJ Sustentável 2017. Após sete meses de monitoramento do consumo de água, energia e papel sulfite, a unidade apresentou melhores resultados de economia. “Ficamos em segundo lugar na competição do ano passado, mas sabíamos que era possível fazer mais. Percorremos os cartórios, conscientizamos os servidores e magistrados e, com a ajuda de todos, conseguimos economizar e garantir a vitória”, conta Fátima Leandro, supervisora da Administração do Fórum de General Salgado.

A Comarca de Palmital ficou em segundo lugar. Presidente Venceslau terminou na terceira posição. Os prêmios conferidos aos três primeiros colocados serão entregues e sorteados entre os servidores das unidades na próxima sexta-feira (15).

– 1º lugar: General Salgado (926 pontos) – vale-viagem de R$ 6 mil + 7 bicicletas + 10 cestas natalinas + Selo Verde 2017

– 2º lugar: Palmital (818 pontos) – vale-viagem de R$ 3 mil + 5 bicicletas + 6 cestas natalinas

– 3º lugar: Presidente Venceslau (774 pontos) – vale-viagem de R$ 3 mil + 3 bicicletas + 4 cestas natalinas

Os prêmios foram conferidos por instituições que apoiam a sustentabilidade. As viagens foram disponibilizadas pela empresa Softplan e as bicicletas foram doadas pela Associação dos Advogados Criminalistas do Estado de São Paulo (Acrimesp) e pelo 1º Tabelião de Notas e Protestos de Barueri.

Resultados

O jogo contou com a participação de 353 unidades, entre fóruns da Capital e comarcas, prédios administrativos e de Segundo Grau. De acordo com os dados inseridos pelas unidades no sistema do jogo, estima-se que o Judiciário paulista tenha economizado em 2017 cerca de:

– 29,4 mil de kWh de energia;

– 25 mil m³ de água;

– 59.314 resmas de papel sulfite.

Para o cálculo, foi utilizada como base a média de consumo de cada unidade no ano de 2016.

Além da redução no consumo, a edição de 2017 também prestigiou as comarcas que se empenham na coleta seletiva. Os participantes responderam questionário sobre implantação e/ou melhorias em seu(s) edifício(s). A cada resposta “sim”, foram conferidos 20 pontos extras. As unidades precisaram comprovar as informações prestadas no relatório, com fotos e cópia de documentos quando possível.

TJ Sustentável

O objetivo do programa é a economia de recursos naturais e bens públicos, estimulando o consumo consciente entre magistrados e servidores. A primeira edição ocorreu em 2015, com a participação de 12 prédios. Em 2016, houve a expansão para 339 unidades.

O jogo funciona da seguinte forma: de abril a outubro de 2017, os dados de consumo dos prédios foram inseridos pelos administradores no hotsite (www.tjsp.jus.br/tjsustentavel), que mostrava o desempenho de cada unidade e o ranking de classificação. Cada uma tinha sua “árvore virtual”, que ficava mais seca ou mais frondosa de acordo com os resultados de economia alcançados, transformados em pontos.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

fernandópolis

Mecânico morre ao ser ‘sugado’ por esteira de moagem de cana-de-açúcar

Polícia e Ministério do Trabalho irão investigar o caso em Fernandópolis (SP), registrado como morte suspeita e acidente de trabalho.

Publicado

em

Homem morreu em usina de Fernandópolis (SP) (Foto: Reprodução/TV TEM)

Um mecânico morreu depois que foi “sugado” por uma esteira de moagem de cana-de-açúcar, em uma usina de açúcar e álcool de Fernandópolis (SP), nesta segunda-feira (11).

De acordo com informações da polícia, testemunhas do acidente contaram que a vítima Renato Antônio da Silva, de 40 anos, pediu para que a esteira de moagem fosse desligada porque o equipamento estaria travado. Depois de arrumada, a máquina foi religada e puxou o trabalhador.

Um operador de máquinas, de 23 anos, também ficou ferido ao tentar salvar o trabalhador. Ele foi socorrido e transferido para a Santa Casa da cidade com ferimentos leves, recebeu atendimento médico e foi liberado.

O caso foi registrado no 1º Distrito Policial como morte suspeita e acidente de trabalho. A polícia e o Ministério do Trabalho vão investigar o caso. A usina não quis se pronunciar sobre a morte do funcionário.

O corpo de Renato Antônio da Silva será levado, ainda nesta segunda-feira, para Pitangueiras (SP), na região de Ribeirão Preto, cidade onde a vítima morava. O sepultamento está marcado para terça-feira (12), no cemitério municipal.

Mecânico morreu depois de ser puxado por esteira de máquina de moer cana (Foto: Reprodução/TV TEM)

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Facebook

Anunciante Sou Mais Familia

MAIS LIDAS DO DIA