Fique Conectado

Alerta

TV flagra ‘leilão’ de africanos como escravos na Líbia

Imigrantes da África Subsaariana são vendidas por mais de R$ 2 mil

Publicado

em

Traficantes de seres humanos foram flagrados fazendo um “leilão” de imigrantes da África Subsaariana na Líbia, principal ponto de partida para as chamadas “viagens da morte” no Mar Mediterrâneo rumo à Itália.

Em uma reportagem da emissora norte-americana “CNN”, criminosos aparecem vendendo prisioneiros por até 1,2 mil dinares, o equivalente a cerca de R$ 2,6 mil. Após ter recebido uma denúncia, a rede conseguiu se infiltrar em um desses leilões com câmeras escondidas e viu o tratamento dado a essas pessoas.

“800, 900, 1 mil, 1,1 mil…”, diz o “leiloeiro” ao vender um nigeriano que aparenta ter cerca de 20 anos e é descrito como membro de um grupo de “garotos grandes e fortes para trabalho na fazenda”. Segundo a “CNN”, que presenciou um leilão em outubro passado perto da capital do país, Trípoli, 12 pessoas foram vendidas em apenas sete minutos.

“Alguém precisa de um escavador? Este é um escavador, um homem grande e forte”, afirma o leiloeiro na gravação feita pela emissora. Ainda de acordo com a rede, seus repórteres conseguiram abordar dois indivíduos que haviam sido leiloados, mas eles estavam tão “traumatizados” e “amedrontados” que não conseguiam ou não queriam falar.

A denúncia chega no momento em que a Itália comemora uma drástica redução no número de migrantes forçados que cruzam o Mediterrâneo Central, resultado obtido em grande parte graças a um acordo com a Líbia.

Em fevereiro passado, os dois países assinaram um pacto, patrocinado pela União Europeia, para Roma treinar e equipar a Guarda Costeira líbia, tornando-a capacitada para fazer operações de busca e resgate no Mediterrâneo.

Dessa forma, pessoas socorridas no mar são levadas de volta para o país africano, e não mais para a Itália, como acontece quando o salvamento é feito por um navio europeu.

Além de reduzir o número de migrantes forçados que desembarcam em solo italiano, o acordo desestimula novas viagens, fazendo com que milhares de pessoas se acumulem na Líbia sob poder de traficantes, que então as leiloam para não perder dinheiro.

“O sofrimento dos migrantes detidos na Líbia é um ultraje à consciência da humanidade”, declarou nesta terça-feira (14) o alto comissário das Nações Unidas (ONU) para os Direitos Humanos, Zeid Ra’ad Al Hussein.

O acordo para reduzir a migração clandestina no Mediterrâneo é contestado por agências humanitárias, que afirmam que a Líbia, um país em constante agitação desde a queda de Muammar Kadafi, não tem condições de garantir os direitos humanos e de acolher corretamente refugiados e migrantes forçados.

Entre 1º de janeiro e 14 de novembro de 2017, 114.606 pessoas fizeram a travessia do Mediterrâneo Central entre Líbia e Itália, número 31,10% menor do que o registrado no mesmo período do ano passado. Com informações da Ansa.

Deixe sua opinião

acidente aéreo

Avião faz pouso de emergência na Sibéria e 282 pessoas ficam retidas

Publicado

em

Um avião da Air France com 282 passageiros, que ia de Paris, na França, a Xangai, na China, fez um pouso de emergência neste domingo (11) em Irkutsk, na Sibéria, na Rússia.

Os passageiros saíram do Boeing-777, que fazia o voo AF116, depois que a tripulação sentiu cheiro de fumaça na cabine. O pouso no aeroporto russo ocorreu às 15h10 (5h10 em Brasília). Ninguém ficou ferido.

A tripulação informou que um técnico faria a vistoria na aeronave e que a viagem seria retomada em duas horas. Trinta minutos depois da mensagem, porém, o comandante pediu que os passageiros deixassem o avião.

No aeroporto de Irkutsk, autoridades russas recolheram o passaporte das pessoas, que ficaram apenas com cópias de seus documentos.

Os passageiros foram encaminhados de ônibus para um hotel no centro da cidade, do qual não podem sair por não terem visto russo. O grupo foi escoltado pela polícia, que também cerca o local onde estão hospedados.

Técnicos da Air France chegariam de Paris para que a viagem prosseguisse às 8h de segunda-feira (12), 22h de domingo em Brasília). Pela manhã, porém, os passageiros foram avisados que não viajariam na hora estipulada.

A previsão era a de que a viagem continuasse na madrugada de terça (13). A maioria é de origem chinesa e francesa. Há uma brasileira entre eles, a jornalista da Folha de S.Paulo Paula Soprana, que viaja a um evento em Xangai.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

CALIFÓRNIA

Homem que matou 12 em bar fez postagem durante ataque em rede social

Publicado

em

© Reprodução

Ian David Long, 28 anos, atirador que matou 12 pessoas em um bar na Califórnia, no último dia 7, fez postagem em uma rede social momentos antes do ataque. O texto falava sobre o estado mental dele, de acordo com as autoridades. O suspeito teria cometido suicídio ao perceber a presença da polícia no local.

“É uma pena que eu não consiga ver todas as razões ilógicas e patéticas que as pessoas vão colocar na minha boca a respeito de por que eu fiz isso. Fato é que eu não tinha razão para fazê-lo, e eu apenas pensei … f *** it, a vida é chata, então, por que não?”, escreveu o jovem.

Na mesma postagem, Long também aborda sentimentos pós-tiroteios. “Eu espero que as pessoas me chamem de louco… não seria apenas uma grande bola de ironia? Sim… eu sou louco, mas a única coisa que as pessoas fazem depois desses tiroteios são ‘esperanças e orações’… ou ‘manter você em meus pensamentos’… toda vez… e me pergunto por que isso continua acontecendo”, questionou o rapaz.

De acordo com informações da SkyNews, a polícia também estão apurando se Long pensava que sua ex-namorada estaria no bar, disse a autoridade entrevistada.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

EUA

Menina de 10 anos é condenada pela morte de bebê de 6 meses

Publicado

em

De acordo com o jornal local The Star Tribune o bebê faleceu no dia 1º de novembro deste ano depois de sofrer agressões em uma creche na região rural da cidade de Wheaton.

Segundo o delegado da cidade, James Kowalczyk, a menina estava segurando o bebê quando o deixou cair. Ao escutá-lo chorando, a criança teria entrado em pânico e pisado na cabeça dele.

O médico-legista constatou que a causa da morte não foi acidental.

Julgamento
Uma lei de Wisconsin determina que quando existe crime de homicídio doloso, o acusado deve ser inicialmente julgado como adulto se tiver 10 anos ou mais. No entanto, o caso deverá ser encaminhado ao tribunal que julga menores de idade (no Brasil, o equivalente a Vara da Infância e da Juventude).

A menina compareceu ao julgamento de algemas. Nos tribunais, ela estava acompanhada dos pais e ficou abraçada à mãe. O juiz responsável pelo caso, James Isaacson, determinou pagamento de fiança no valor de 50 mil dólares, pagos em dinheiro. Com o site Metrópoles.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

INVESTIGAÇÃO

Mulher é detida na Austrália por caso de agulhas em morangos

Publicado

em

Uma mulher de 50 anos foi detida neste domingo (11) na Austrália por suspeita de ligação com os vários casos registrados em setembro de agulhas inseridas em morangos comercializados no país, informou a Polícia de Queensland.

A mulher, que não foi identificada, será ouvida nesta segunda-feira em um tribunal de Brisbane (nordeste), detalhou a polícia, que qualificou a investigação como “complexa” e “extensa” em comunicado.

As autoridades do estado de Queensland, no nordeste da Austrália, emitiram um alerta público no dia 12 de setembro depois que vários casos de morangos vendidos em supermercados que continham agulhas foram detectados.

No total, mais de 100 episódios ocorreram na Austrália em setembro, além de um incidente isolado também na vizinha Nova Zelândia.

Após qualificar o assunto de sabotagem, as autoridades australianas ofereceram uma recompensa de 100 mil dólares australianos (US$ 71.897) para encontrar os responsáveis por um caso que pôs em xeque a indústria do morango no país.

Deixe sua opinião

Continue Lendo

MAIS LIDAS - 24 HRS

error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998