Fique Conectado

Fuga

Soldado norte-coreano é ferido a tiros ao desertar para a Coreia do Sul

Anunciante

Um militar norte-coreano foi ferido a tiros ao desertar para a Coreia do Sul na zona desmilitarizada (DMZ) de Panmunjom, que divide a península, informou nesta segunda-feira (13) a agência sul-coreana “Yonhap”. O episódio ocorreu às 16h no horário local (4h em Brasília).

O soldado passou ao Sul da “zona comum de segurança”, antes de ser levado para um hospital sul-coreano em consequência dos ferimentos provocados por tiros de outro militar norte-coreano, indicou a agência, que citou o Estado-Maior sul-coreano.

Apesar do nome, a DMZ é provavelmente a fronteira mais militarizada do mundo. Esta faixa de terra de 4 quilômetros de largura por 248 km de comprimento, que demarca a fronteira entre os dois Estados, tem cercas elétricas, campos minados e muros antitanques.

Oque você acha disso?

Notícias ao Minuto
Anunciante

TREMOR

Forte terremoto atinge região no sul da Itália

Até o momento, não há registro de vítimas e danos graves

Um forte terremoto de magnitude 4,7 na escala Richter foi sentido nesta quarta-feira (25) em Molise, na região sul da Itália, e causou pânico entre os italianos.

De acordo com informações preliminares divulgadas pelo Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV), o tremor ocorreu por volta das 11h48 (horário local), em Termoli, na província de Campobasso. O epicentro foi registrado em Acquaviva Collecroce a uma profundidade de 31km.

O sismo também atingiu toda a costa da região, além de San Giacomo degli Schiavoni, Abruzzo e Pescara. Diversos italianos precisaram evacuar suas casas.

O presidente da região de Molise, Paolo Frattura, informou à ANSA que até o momento não há registro de vítimas e graves danos. A polícia, bombeiros e a proteção civil estão realizando inspeções na região.

Nesta manhã, às 3h08 local, outro terremoto de magnitude 3,5 foi registrado em Muccia e Pieve Torina, na província de Macerata.

Segundo o INGV, o fenômeno teve epicentro a 7 km de profundidade. (ANSA)

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Tragédia

Motorista de van de ataque em Toronto é acusado de dez homicídios

O motorista que jogou uma van alugada em uma calçada lotada de pedestres em Toronto nessa segunda-feira (23) fez a primeira aparição em uma corte na cidade nesta terça (24).

Alek Minassian, de 25 anos, manteve a cabeça baixa e falou apenas o seu nome quando foi questionado. Ele foi formalmente acusado por 10 homicídios e 13 tentativas de assassinato.

A polícia revelou que, antes de cometer o crime, Minassian deixou uma mensagem nas redes sociais com um elogio a um homem chamado Elliott Rodger, autor de um ataque a tiros que deixou seis mortos em Isla Vista, na Califórnia, Estados Unidos, em 2014.

Ex-colegas contaram à imprensa canadense que o acusado não era violento e parecia ter alguma dificuldade mental ou social. Minassian serviu nas Forças Armadas do Canadá no ano passado, mas pediu baixa depois de apenas 16 dias de treinamento.

O ataque teve características similares a outros executados por seguidores do grupo extremista Estado Islâmico, mas as autoridades ainda investigam a motivação do crime.

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, afirmou que “até este momento, não há razão para suspeitar que haja algum elemento de ameaça à segurança nacional neste ataque”. E completou dizendo que as investigações continuam.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Mundo

Estátuas amanhecem com lenços em defesa do aborto, na Argentina

Aproximadamente 70 estátuas nas cidades argentinas de La Plata, Berisso e Ensenada amanheceram hoje com lenços verdes amarrados, em uma manifestação a favor do aborto legal, gratuito e seguro. Entre os monumentos estão estátuas de Raúl Alfonsín, Juán e Evita Perón. Os lenços verdes são usados, tradicionalmente na Argentina, por movimentos em favor do aborto.

Segundo a Télam, agência pública de notícias da Argentina, o grupo denominado Frente de Mulheres pela Vitória foi responsável pela ação coletiva. As mulheres utilizaram cinco veículos e passaram a madrugada colocando os lenços nos monumentos e estátuas, que não sofreram danos.

Alfonsín, Juán e Evita Perón são figuras públicas emblemáticas da história argentina. O ex-presidente Ricardo Alfonsín (1983-1989) foi um dos principais defensores dos direitos das famílias das vítimas e dos desaparecidos políticos da época da ditadura.

Já o ex-presidente Juan Perón, que governou a Argentina por três vezes, é uma das figuras mais carismáticas da política do país. Atriz e mulher de Perón, Evita é considerada por muitos argentinos como a “mãe” dos pobres e excluídos. O túmulo dela no Cemitério da Recoleta, em Buenos Aires, é ponto turístico para argentinos e estrangeiros.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Facebook

Anunciante

MAIS LIDAS - 24 HRS