Fique Conectado

PEDOFILIA

Aposentado de 70 anos é preso em flagrante por estupro em Araçatuba

Autor confessou abuso a duas crianças de cinco e sete anos em duas ocasiões

Anunciante

Um aposentado de 70 anos foi preso em flagrante acusado de estupro, em Araçatuba, neste fim de semana.

Segundo informações da polícia, os casos aconteceram no bairro Jardim Novo Paraíso, neste domingo (12). Duas crianças do sexo feminino, uma de cinco e outra de sete anos, foram abusadas pelo aposentado pelo menos duas vezes.

O primeiro abuso aconteceu na quarta-feira (8) e o outro no domingo. Elas foram obrigadas a passar a mão no órgão genital do criminoso.

A mãe das vítimas contou à polícia que o autor é amigo da família e morava na mesma casa com as vítimas. Ele ajudava, inclusive, a cuidar das meninas e teria se aproveitado da amizade para cometer o crime.

As vítimas passaram por exame necroscópico no IML (Instituto Médico Legal) para saber se houve penetração, mas o resultado ainda não foi divulgado. Após ser questionado, o aposentado confessou o crime.

O delegado plantonista deu voz de prisão em flagrante contra o autor após as provas coletadas. Se condenado, o idoso pode pegar e oito a 15 anos de prisão. As crianças passam bem.

Com informações do SBT Interior

Oque você acha disso?

SBT INTERIOR

Urgente

PM apreende 69 quilos de maconha em carro na Rondon, em Birigui

A Polícia Militar apreendeu 69 quilos de maconha em uma ação ocorrida na tarde desta sexta-feira (19) na rodovia Marechal Rondon (SP-300), entre Birigui e Araçatuba. Três homens foram detidos em dois carros.

A ocorrência contou com a participação de policiais militares de Birigui, com apoio de equipes de Araçatuba e do helicóptero Águia.

A ação está em andamento na delegacia da Polícia Civil. A pena para o crime de tráfico de drogas varia de 5 a 15 anos de prisão.

O Regional Press acompanha o caso e outras informações e imagens poderão ser publicadas a qualquer momento.

 

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Assista o vídeo

Advogado é preso com armas e munições em Araçatuba

Prisão foi feita pelo GOE, nesta quinta-feira (18), no bairro Vila Mendonça

O advogado Alberto Sakon Ishikizo foi preso em flagrante por posse ilegal de armas e munições, algumas de uso restrito. O pequeno arsenal foi encontrado por policiais civis do GOE (Grupo de Operações Especiais) na casa do advogado, na rua Almirante Barroso, bairro Vila Mendonça, em Araçatuba.

O GOE passou a investigar o caso a partir de uma denúncia de que o advogado estaria ameaçando a ex-mulher. A informação também era de que ele tinha armas e munições escondidas em casa.

Por meio de mandado de busca, os investigadores revistaram a casa do acusado na noite desta quinta-feira. Foram apreendidos duas pistolas, dois revólveres, espingarda, carregadores e dezenas de munições, entre as quais, de fuzil 7.62, que é de uso proibido. Segundo a polícia, as armas de uso legalizado não possuem documentação.

As armas foram encontradas escondidas em fundo falso de gavetas, dentro de uma lista telefônica com o interior cortado e adaptado e em outros esconderijos na residência.

Alberto Sakon foi autuado em flagrante no plantão policial de Araçatuba pelo delegado Flávio Barbieri Brassioli, que representou por sua prisão preventiva.

Encaminhado para audiência de custódia na Justiça Estadual na manhã desta sexta-feira (19), o juiz converteu o flagrante em prisão preventiva e o advogado foi encaminhado à cadeia de Penápolis. Durante depoimento, ele disse para à polícia que já foi atirador esportivo, mas que estava com a licença vencida.

A Polícia Civil vai continuar investigando o caso por meio de inquérito policial. As armas apreendidas serão encaminhadas para perícia no IC (Instituto de Criminalística) de Araçatuba.

Veja o momento em que o GOE encontra as armas durante as buscas:

Oque você acha disso?

Continue Lendo

atitude suspeita

PM recupera aparelho de celular em abordagem no bairro Alvorada, em Araçatuba

A abordagem ocorreu no final da manhã desta sexta-feira na Rua Ramos de Azevedo.

No detalhe o aparelho Samsung recuperado na manhã de hoje (19) no bairro Alvorada. (Regional Press)

A Polícia Militar recuperou na manhã desta sexta-feira (19) um aparelho de celular da marca Samsung extraviado em janeiro de 2016 na cidade de Osasco, na grande São Paulo.

Os policiais Marcos Roberto e Nayara realizavam patrulhamento pelo bairro Alvorada quando abordaram P.R.J.S. (vulgo Robinho) de 22 anos na Rua Ramos de Azevedo em atitude suspeita.

Em revista pessoal, os policiais encontraram o aparelho de celular no bolso de sua bermuda.

Ao consultar através do COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar) o código IMEI do aparelho, foi constatado que se tratava de um produto extraviado no dia 28/02/2016 na estação de trem da cidade de Osasco.

R.P. já esteve preso por 4 anos cumprindo pena de roubo em regime fechado. Quando menor, registrou passagem pela Fundação Casa por tráfico de drogas. (Regional Press)

Questionado sobre o aparelho, o abordado alegou que havia comprado de um desconhecido pelo valor de R$100.

P.R. já cumpriu pena de 4 anos em regime fechado pelo crime de roubo. Quando menor teve passagem pela Fundação Casa por tráfico de drogas.

Com apoio do policiais Ortega e Paulo Sérgio, o rapaz foi encaminhado ao plantão policial. Após ser ouvido pelo delegado plantonista, ele foi liberado.

O aparelho foi apreendido e será devolvido para vítima.

Oque você acha disso?

Continue Lendo

Facebook

Anunciante

MAIS LIDAS - 24 HRS