Oi, o que você está procurando?

Polo da Univesp inicia aulas em fevereiro

Inicialmente serão quatro cursos: engenharia de produção, engenharia da computação, pedagogia e tecnólogo em gestão pública

Na última quinta-feira (27), Penápolis foi confirmada como cidade polo da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo). Em reunião com o diretor administrativo da universidade, Ricardo Alexandre de Almeida Bocalon, o prefeito Célio de Oliveira recebeu a confirmação para o início das aulas em fevereiro de 2018.

Inicialmente serão oferecidos quatro cursos: engenharia de produção, engenharia da computação, pedagogia e tecnólogo em gestão pública, através do sistema EAD (Educação a Distância). A previsão é que o vestibular seja feito em janeiro e o início das aulas em fevereiro de 2018. Segundo o prefeito Célio de Oliveira, esta é uma grande conquista para a cidade.

“Com esse quatro cursos, serão beneficiadas 200 pessoas em um ensino gratuito à distância em uma das principais universidades virtuais do Brasil. No segundo semestre de 2018, este número será ampliado para 400 alunos. A expectativa é que em 2020 a universidade ofereça 1.200 vagas com novos cursos disponíveis”, explicou o prefeito.

Durante a reunião em São Paulo, o diretor administrativo da universidade, Ricardo Alexandre de Almeida Bocalon, agradeceu o prefeito pelo empenho para que o polo seja instalado em Penápolis.

“Agora Penápolis pode comemorar a existência de uma universidade gratuita de qualidade, com professores da USP (Universidade de São Paulo), Unesp (Universidade Estadual Paulista) e Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Ensino totalmente gratuito e com muita qualidade”, afirmou.

Estrutura

Para a instalação do polo, a Prefeitura está adaptando dois laboratórios de informática na Emef  Profª Joana Helena de Castilho Marques, no prédio do antigo Sesi. “No polo, teremos a infraestrutura necessária para que os estudantes possam participar das atividades da Univesp, como provas, discussões em grupo e trabalhos orientados por tutores”, disse Célio.

Nesses locais, também é possível solicitar serviços de secretaria acadêmica, assim como tirar suas dúvidas sobre o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), plataforma digital utilizada pelos estudantes para desenvolver as atividades acadêmicas, que incluem as videoaulas e o acesso ao material didático, bibliografia e sistema para sanar dúvidas com os tutores.

A Universidade Virtual foi criada em 2012 como Fundação e atualmente é uma instituição de Ensino Superior mantida pelo Governo do Estado de São Paulo, e vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, com credenciamento como universidade pelo Conselho Estadual de Educação e pelo MEC.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!